Noticias em eLiteracias

🔒
❌ Sobre o FreshRSS
Há novos artigos disponíveis, clique para atualizar a página.
Antes de ontemInformação & Informação

Editorial

Por Luciane de Fátima Beckman Cavalcante
  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Análise sobre a Epistemologia e sua aplicação à Ciência da Informação

Por Daniel Abraão Pando

Objetivo: O presente artigo tem como objetivo, a partir de uma perspectiva mais verticalizada, fazer uma síntese de algumas concepções do discurso sobre a epistemologia em sua historicidade que se elabora mediante reflexões epistemológicas e filosóficas e, de forma mais horizontalizada, identificar sua aplicabilidade e importância no campo da Ciência da Informação. Metodologia: Para tanto adotamos como metodologia o emprego de um estudo eminentemente teórico a partir de uma revisão bibliográfica de autores fundamentalmente ligados ao campo da Epistemologia sem uma delimitação cronológica específica. Resultados: Constatou-se que, em uma concepção lato sensu, a epistemologia pode ser compreendida como uma área (ciência) cujo objetivo é a qualidade do conhecimento científico interessando-se, de forma preponderante, pelo problema do crescimento dos conhecimentos científicos, portanto, para atingir seu objetivo deve ser útil à ciência e não ser aplicada de forma apenas superficial. Outro ponto a ser destacado é que os estudos sobre questões epistemológicas no campo da Ciência da Informação tornam-se fundamentais pois além de um alto grau de complexidade, a mesma ainda não tem claramente definido seu estatuto científico e metodológico e dessa forma atua de forma sistematicamente recursiva para abordar seu polêmico objeto de estudo, a saber a informação. Conclusão: Nesse contexto, a epistemologia toma por objeto a ciência como processo, buscando conhecer seu devir e analisar sua gênese, formação e estruturação progressiva.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Os Museus do Poder Judiciário Federal: diagnóstico da Gestão, Infraestrutura, acessibilidade, acervo, conservação e comunicação

Por Ana Lúcia de Abreu Gomes

Objetivo: identificar e analisar em que medida os museus do Judiciário Federal seguem as normativas estabelecidas pelo Ibram e suas particularidades. Metodologia: Realizamos a pesquisa nos cinco museus do Poder Judiciário Federal quais sejam: Gerência de Memória Institucional, Museu do Superior Tribunal de Justiça, Museu da Justiça Militar da União, Memorial Geraldo Montedônio Bezerra dee Museu do Voto. Para tanto, contextualizamos esses museus e as instituições de que fazem parte; analisamos como se dá a gestão desses espaços; e discutimos sobre a forma por meio da qual esses museus lidam com a memória institucional. A metodologia consistiu na abordagem mista e a coleta de dados foi realizada por meio questionário aplicado presencialmente, além da própria observação in loco. Resultados: Observamos que os museus estudados ou estão condizentes com a legislação em vigor ou estão em franco processo de adequação. As questões mais sensíveis, entretanto, dizem respeito à profissão e a comunicação com a sociedade: nenhum dos museus apresenta museólogos em seus quadros. Igualmente, as exposições não contemplam os aspectos da relação da instituição com a sociedade. Conclusões: Observamos que o fato de serem museus institucionais não é um fator determinante para a sua operacionalidade em termos dos processos museais empreendidos pelas instituições pesquisadas.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

A biblioterapia como auxiliar no desenvolvimento de crianças com Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Por Natasha Coutinho Revoredo Ribeiro

Objetivo: Verificar a percepção de pais e profissionais sobre os benefícios do uso da biblioterapia como recurso auxiliar no desenvolvimento de crianças com TEA. Metodologia: Fundamentada na pesquisa bibliográfica, a parte teórica inicia com visão de vários autores sobre o TEA para depois apresentar a biblioterapia, e em especial o seu uso como recurso auxiliar no tratamento de crianças com o transtorno. Na parte empírica, realizou-se um estudo de campo de abordagem qualitativa, cujos dados foram obtidos por meio de entrevistas semiestruturadas. Foram entrevistadas 26 pessoas, entre pais, pedagogos, professores, psicólogos, fonoaudiólogos, entre outros. Resultados: A partir da análise das entrevistas foi possível observar os benefícios que a biblioterapia pode fornecer no tratamento dos principais déficits do transtorno e do efeito positivo no processo de desenvolvimento de crianças com TEA. Além disso, pôde-se perceber que é possível trabalhar a leitura com as crianças que possuam o TEA em graus leve e moderado, embora não tenha sido conclusiva a questão do uso da leitura com crianças de grau severo. Conclusões: O presente estudo apresentou evidências sobre os benefícios da biblioterapia em crianças com TEA. Apesar de resultados animadores, sente-se a necessidade de estudos mais amplos do impacto que essa terapia alternativa pode ter na vida dessas crianças.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Organização do conhecimento baseada em ontologias: um estudo de caso sobre os desafios da conceitualização do domínio da energia elétrica

Por Jeanne Louize Emygdio

Objetivo: O presente artigo objetiva descrever um estudo de caso de conceitualização no setor elétrico, em que cerca de 1.200 termos técnicos de engenharia foram extraídos para uma ontologia. Metodologia: Para tal, delimita-se o arcabouço teórico, apresenta-se o contexto do projeto, apresentam-se fragmentos do conjunto de termos candidatos, descreve-se a aquisição de conhecimento, bem como técnicas para definir termos e derivar categorias. Resultados: A pesquisa resultou no registro de técnicas aplicadas aos termos candidatos, no entendimento das peculiaridades do domínio e, à medida do possível em um estudo de caso, na obtenção de experiência e boas práticas para uso em domínios similares em áreas estratégicas da sociedade. Conclusões: evidencia-se a necessidade de uma metodologia de construção de ontologias voltada aos profissionais da Ciência da Informação, o que inclui a fase de conceitualização.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Responsabilidade social do arquivista

Por Anna Carollyna de Bulhões Moreira Silva

Objetivo: Refletir sobre a responsabilidade social dos arquivistas frente às práticas de gestão documental, diante das modificações estruturais do contexto sócio/cultural da sociedade. Metodologia: Realiza levantamento bibliográfico sobre as práticas arquivísticas, associando-as à responsabilidade social do profissional ao prover o acesso e o uso aos usuários, considerando as mudanças paradigmáticas advindas das tecnologias da informação e comunicação. Resultados: Percebe-se que os arquivistas desempenham importante função social à sociedade ao conseguir articular as técnicas da área, com elementos sociais de suma importância para a sociedade. Conclusões: Há que se pensar em mudanças e/ou adequações na formação acadêmico-profissional que contemplem disciplinas para auxiliar no desenvolvimento da responsabilidade ética e social unidas às práticas teóricas/metodológicas nos arquivos, necessárias e importantes à sociedade.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Serviços para bibliotecas móveis em ambiente computacional nas nuvens

Por Charles Rodrigues

Objetivo: Este estudo objetiva identificar os serviços para dispositivos móveis em bibliotecas, conhecidos como biblioteca móvel, em ambiente computacional nas nuvens, com base em uma revisão de literatura. Metodologia: Quanto aos aspectos metodológicos trata-se de uma pesquisa bibliográfica e exploratória de abordagem qualitativa. Resultados: Os resultados estão divididos em: revisão de literatura, em que reflete os fundamentos conceituais envolvidos na abordagem, onde, a computação em nuvem é o ambiente em que as relações entre usuários e bibliotecas são estabelecidas por meio de dispositivos móveis, proporcionando o desenvolvimento da biblioteca móvel. E ainda nos resultados são identificados os serviços de bibliotecas que podem ser oferecidos por meio de aplicativos para dispositivos móveis. Conclusão: Assim conclui-se que a adoção da biblioteca móvel é complexa e desafiadora e expressa uma série de ações, habilidades e requisitos orientados para o serviço ao usuário móvel. A implementação de estratégias e o desenvolvimento de aplicativos representariam apenas uma parte dessas ações. Também seria necessário envolver funcionários de todas as áreas, criar e desenvolver políticas de aquisição de conteúdo, melhorar serviços, capacitar usuários no uso de conteúdos e aplicativos de informação e integrar o gerenciamento de plataformas tecnológicas. Observou-se a necessidade criação de conteúdo, uma vez que os modernos dispositivos móveis inteligentes oferecem recursos sofisticados de mídia útil para aplicativos, como por exemplo, e-books.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Integração e reuso de dados para o povoamento semiautomático de dissertações e teses no Repositório Institucional da UTFPR

Por Emanuelle Torino

Objetivo: Descreve o processo utilizado para integração e reuso de dados para o povoamento semiautomático de dissertações e teses no Repositório Institucional da UTFPR (RIUT), a partir dos Sistemas Corporativos da UTFPR. Metodologia: Realizou-se um estudo de caso na Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), e a observação participante como método de investigação qualitativa para análise dos dados disponíveis nos sistemas de informação corporativos a serem integrados. Resultados: Apresenta, com base na Arquitetura da Informação, a estruturação do fluxo de entrega de dissertações e teses e o estudo da camada de dados dos Sistemas Corporativos da UTFPR, bem como a compatibilização e a conversão para o perfil de aplicação do RIUT, visando ao povoamento semiautomático de dissertações e teses em repositório institucional. Tais resultados possibilitaram desenvolver o processo de integração e reuso de dados entre os Sistemas Corporativos da UTFPR e o Repositório Institucional. Conclusões: O reuso de dados já existentes nos Sistemas Corporativos para o povoamento semiautomático de dissertações e teses no Repositório Institucional gera benefícios múltiplos, dentre os quais destacam-se: agilidade e precisão, veracidade dos dados, desoneração do aluno e dos bibliotecários, preservação da memória e ampliação da visibilidade da produção acadêmica, científica e tecnológica, com vistas a fomentar o impacto e inserção social desses resultados, além de reduzir os esforços humanos anteriormente despendidos para a atividade.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Implantação da gestão da informação e do conhecimento no orçamento participativo de João Pessoa/PB: uma proposta de diretrizes

Por Márcia Maria de Medeiros Travassos Saeger

Objetivo: Analisar a contribuição que as ações de Gestão da Informação e do Conhecimento podem trazer à gestão do Orçamento Participativo de João Pessoa/PB. Metodologia: A pesquisa é classificada como exploratória e descritiva, com abordagem qualitativa. A coleta de dados se deu por meio de entrevistas semiestruturadas, grupos focais, observação participante e análise documental. Utilizou-se a análise de conteúdo, adotando-se o método de categorização sugerido pelo modelo de Gestão da Informação e do Conhecimento que embasou a pesquisa. Resultados: O Orçamento Participativo de João Pessoa desenvolve algumas ações isoladas de GIC, contudo, não há um planejamento específico que oriente tais ações, o que acaba por comprometer o amplo acesso e uso da informação pelos atores que fazem parte do Programa. Some-se a isso a ausência de um protagonismo social comprometido com a cidadania entre os membros das comunidades de João Pessoa, o que também se põe como um entrave ao desenvolvimento dos fluxos informacionais do OPJP. Tais achados resultaram na elaboração de diretrizes capazes de contribuírem com a implantação da GIC no OPJP. Conclusões: Conclui-se, a partir das diretrizes propostas nesta pesquisa, que sua adoção poderá estimular uma participação mais ativa dos cidadãos de João Pessoa no OPJP, além de proporcionar a melhoria da gestão dos fluxos informacionais do Programa.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Documentos audiovisuais e iconográficos em arquivos nos séculos xx e xxi: análise dos instrumentos teóricos

Por Luiz Antonio Santana da Silva
Objetivo: O artigo visa apresentar o percurso das abordagens dos documentos audiovisuais e iconográficos no campo da Arquivologia, apresentando os marcos teóricos, no que tange às diretrizes e publicações, partindo do cenário internacional e no Brasil. Metodologia: O trabalho caracteriza-se como uma abordagem metodológica bibliográfica, qualitativa de cunho teórico e reflexivo que analisou as proposições internacionais e as possíveis influências que tiveram nas propostas da Câmara Técnica de Documentos Audiovisuais, Iconográficos, Sonoros e Musicais (CTDAISM), vinculada ao Conselho Nacional de Arquivos (CONARQ), já que esses órgãos são os responsáveis por apontar os procedimentos arquivísticos. Resultados: Desse modo, foi possível constatar que os órgãos nacionais responsáveis pelas políticas arquivísticas, no que diz respeito a documentos audiovisuais e iconográficos, sofreram influências que convergiram e, também divergiram nas questões iniciais a respeito de procedimentos teórico metodológicos, desdobrando-se nas primeiras iniciativas para a organização e tratamento documental desses documentos no Brasil. Conclusões: constatou-se que as primeiras publicações e diretrizes internacionais auxiliaram nas propostas nacionais, favorecendo a compreensão dos registros audiovisuais e iconográficos, mas em primeiro lugar destacando o caráter histórico e a necessidade de preservação desses documentos. Também há uma ausência na abordagem teórica e metodológica. Ressalta-se que é imprescindível que os órgãos responsáveis formulem políticas nacionais para a gestão desses documentos e políticas protecionistas que garantam a gestão efetiva dos documentos.
  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Cultura material como documento: as informações constantes nos artefatos religiosos da Jurema

Por Carla Maria de Almeida

Objetivo: Considerando a cultura material como fonte potencial de representação da informação, buscamos refletir sobre a cultura material no contexto religioso da Jurema, reconhecendo nela não apenas seu caráter simbólico, mas com função no contexto ritualístico e papel mnemônico, contribuindo para a construção identitária da religião. Metodologia: Compreendemos a religião enquanto sistema simbólico, no qual os objetos (artefatos) constituem signos dotados de significados e simbologias no contexto desse sistema. Para tanto, consultamos as referências bibliográficas sobre o tema, de modo a perceber as nuances e significados que as informações contidas nesses objetos fornecem sobre a Jurema, em diálogo com os dados recolhidos em pesquisa de campo, a partir da metodologia observação participante. Resultados: Os objetos litúrgicos que mais expressaram informação durante a pesquisa foram o cachimbo, as imagens de santos e santas católicos/as e a tronqueira de Jurema, observados em um terreiro de Umbanda e Jurema na cidade de Santa Rita (Paraíba). Conclusões: Percebemos vitalidade da cultura material e enquanto documento cujas informações retidas expressam a memória da Jurema, qual revela aspectos históricos, sagrados e identitários da religião.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Sistema de informação de controle de internações psiquiátricas no Estado do Paraná: PROTEGE

Por Suéllyn Mattos de Aragão
Objetivo: apresentar um estudo de caso do sistema PROTEGE, software desenvolvido pelo Ministério Público do Estado do Paraná, cuja finalidade é a de acompanhar e fiscalizar as internações psiquiátricas ocorridas no Estado, fomentando boas práticas e coibindo abusos. Metodologia: qualitativa, via estudo de caso. Resultados: no trabalho, foram apresentadas as principais características do sistema PROTEGE, suas funcionalidades, benefícios e limitações. Conclusões: da análise, infere-se que a ferramenta possui potencial para prevenir e minimizar excessos na prestação do cuidado a pacientes psiquiátricos, constituindo-se em adequado exemplo da utilização da ciência da informação em favor da resolução de demandas do setor de saúde
  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Dos silos de dados à Web dos dados: bibliotecas e o linked data

Por Liliana Giusti Serra

Objetivo: mostrar como os catálogos atualmente são opacos, sem elementos semânticos, e como podem ser enriquecidos com datasets presentes na Web para que passem a ser semânticos e proporcionem outras possibilidades de descoberta aos usuários. Metodologia: foi utilizada a técnica de análise conceitual, buscando constatar a partir de estudos o quanto o catálogo é de fato um silo de dados e como esta situação pode ser alterada por meio do linked data. Resultados: por meio de exemplos de registros bibliográficos foi possível incluir relacionamentos entre os dados presentes no catálogo, assim como de páginas da Web, proporcionando contexto aos usuários e enriquecendo as informações recuperadas em pesquisas realizadas no catálogo. Conclusões: os catálogos das bibliotecas podem ser fontes confiáveis de dados e contribuir com a Web dos dados, além de proporcionarem mais possibilidades de descobertas aos usuários.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Museu histórico de Itajaí: lugar de educação e memória

Por Carlos Eduardo Ignácio

Objetivo: o estudo pesquisou o público que vivenciou este lugar de educação e memória, nos últimos três anos, por meio da coleta de dados do livro de visitantes como fonte de pesquisa e reportagens disponibilizadas no site oficial da prefeitura de Itajaí. Metodologia: o estudo guiou-se pelos pressupostos da abordagem qualiquantitativa cunhada por Creswell e Clark (2013), para pesquisar o público que vivenciou este lugar de educação e memória. Consideramos a fundamentação teórica de D’Ávila (2018) e Konder (2012) para compreender a história de Itajaí; Le Goff (2013) e Nora (1993) ancoram as reflexões de história e memória; Carvalho (2016) que aborda a temática do museu como referencial na formação cultural da sociedade. Resultado: o livro de visitas do museu contém o registro de mais de cinquenta mil pessoas que visitaram o museu entre os anos de 2017 a 2019. Muitos dos visitantes registraram, no livro de visitas, suas memórias vividas naquele lugar. Conclusão: o estudo realça um recorte da realidade da população que visita museus e de escolas que acreditam neste lugar como propulsor de sentidos, um arcabouço de histórias, memórias e informações.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Design da informação nos repositórios institucionais das universidades estaduais de São Paulo: um estudo de aplicabilidade

Por Simão Marcos Apocalypse

Objetivo: O presente artigo objetiva identificar, verificar e descrever a presença de elementos de Design, a partir dos princípios de Design da Informação, aplicados nas interfaces dos Repositórios Institucionais das Universidades Estaduais de São Paulo.  Metodologia: Desenvolveu-se um estudo qualitativo, dividido em duas etapas. A primeira etapa, bibliográfica, constituiu-se na busca, análise e sistematização dos principais conceitos do Design da Informação e um breve histórico dos Repositórios Institucionais. A segunda etapa consistiu na análise das interfaces e descrição dos elementos e estruturas de Design.  Resultados: Verificou-se que a seleção dos princípios de Design da Informação para a análise e construção de repositórios é eficiente e adequada para a otimização desses ambientes. Constatou-se que os Repositórios analisados não atendem satisfatoriamente aos princípios de Design selecionados, demonstrando a relevância do estudo. Conclusões: O Design da Informação e seus elementos estruturados apropriadamente na interface contribuem para o aperfeiçoamento dos Repositórios Institucionais. Portanto, trata-se de recurso aplicável para analisar e otimizar a eficácia de Repositórios Institucionais e Sistemas de Informação.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Modelo de maturidade em gestão da informação: uma visão diacrônica

Por Renato Plácido Mathias Machado

Objetivo: Apresentar modelos de maturidade propostos em gestão da informação e identificar o que mais se alinha aos modelos consagrados de gestão da informação. Especificamente, identificar os principais modelos de maturidade em gestão da informação e a partir de critérios pré-selecionados, apresentar aquele que oferece mais robustez e alinhamento com os modelos de GI apresentados. Metodologia: Adotou-se a pesquisa exploratória qualitativa, baseada em revisão de literatura científica objetivando identificar Modelos de Gestão da Informação (MGI) e Modelos de Maturidade em Gestão da informação (MMGI), realizou-se  avaliação quantitativa dos MMGI baseada em atributos de robustez do modelo para aferir o potencial de alinhamento entre os MGI consagrados e os MMGI apresentados. Resultados: Como resultado, emergiu o modelo de maturidade em gestão da informação ECM3 como o mais robusto e fortemente alinhado aos modelos de gestão da informação apresentados. Conclusões: Confirmou que a representação da maturidade na gestão da informação como uma série de estágios lineares unidimensionais pode ser uma estratégia para uma aplicação prática de uso descritivo, prescritivo ou comparativo para a implantação da gestão da informação nas organizações.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

A percepção do uso do método de casos para a gestão do conhecimento: experiência do Ministério Público de Minas Gerais

Por Alessandra de Souza Santos

Objetivo: O presente artigo objetivou verificar a percepção do uso do Método de Casos como potencial ferramenta de Gestão do Conhecimento, no âmbito do Ministério Público de Minas Gerais, podendo servir de base para outros órgãos da administração pública. Metodologia: Trata-se de pesquisa de campo de caráter qualitativo, cuja coleta de dados se deu por meio de pesquisa documental, observação participante e entrevistas semiestruturadas. A análise dos dados se deu por análise de conteúdo, utilizando-se o software Iramuteq. As análises do corpus foram comparadas ao modelo SECI de conversão do conhecimento, conforme o protocolo proposto para a pesquisa. Resultados: Os resultados demonstram que o Método de Casos cumpre todas as etapas do modelo SECI, o que sugere um potencial uso do Método de Casos como ferramenta de Gestão de Conhecimento. Conclusões: Verificou-se a relevância do Método de Casos para a Gestão do Conhecimento ao correlacionar o Método de Casos a um modelo de Gestão do Conhecimento amplamente reconhecido, por meio da triangulação de dados e a aplicação da teoria à prática.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

O projeto de reconfiguração da seção de memória e arquivo do Museu Nacional na perspectiva da informação e da memória

Por Cássia Costa Rocha Daniel de Deus

Objetivos: Identificar os elementos do sistema Colheita e refletir sobre questões técnicas e teóricas que o ancoram. Abordar a relação entre memória, informação e arquivos, além de demonstrar a interdependência das ações do homem com a informação e a memória.
Metodologia: A pesquisa se caracteriza como descritiva e qualitativa, com discussão centrada em autores da área de Ciência da Informação e da Memória Social.
Resultados: As reflexões teóricas suscitam questionamentos acerca do projeto de reconfiguração e implantação do sistema Colheita e, sobretudo, embasam a constatação de que ambos são construções coletivas da memória.
Conclusões: Ao considerar que um dos objetivos da Semear é salvaguardar a documentação institucional sobre a memória do Museu Nacional, aponta que as memórias pós-catástrofe devem ser contempladas no projeto de reconfiguração e, consequentemente, inseridas no Colheita.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Tainacan e omeka: proposta de análise comparativa de softwares para gestão de coleções digitais a partir do esforço tecnológico para uso e implantação

Por Dalton Lopes Martins

Objetivo: apresentar um estudo comparativo entre softwares para gestão de coleções digitais à luz do esforço tecnológico para uso e implantação. Metodologia: utilizou-se de pesquisa bibliográfica e documental, de natureza teórica e aplicada, qualiquantitativa, e de cunho exploratório e descritivo, envolvendo soluções tecnológicas livres e de código aberto endereçadas à organização e à gestão de coleções digitais. Para a realização do estudo comparativo, foi utilizado o Guia do Usuário do Omeka que orientou a definição de critérios funcionais e dimensões analíticas fundamentais ao procedimento de coleta, organização e análise dos dados. Resultados: a partir do somatório da pontuação dada a cada critério organizado em dimensões analíticas, foi possível aferir que o software Omeka exige do usuário 25% de esforço a mais de conhecimento de tecnologia em comparação com o software Tainacan. Conclusões: a proposta de análise comparativa mostrou a sua relevância para estudos de viabilidade que buscam um software para gestão de coleções digitais que exija menos esforço tecnológico por parte dos usuários e que seja mais acessível à realidade das instituições de cultura brasileiras.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Metodologias ativas no ensino da disciplina Metodologia do Trabalho Científico

Por Joana Ferreira de Araújo

Objetivo: O relato de pesquisa analisa as metodologias de ensino utilizadas por professores do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba na disciplina MTC, ofertada para os cursos do Centro de Ciências Sociais Aplicadas nos períodos letivos 2018.2 e 2019.1. Metodologia: Metodologicamente, caracteriza-se como pesquisa de natureza exploratória e de campo, com abordagem quantiqualitativa. Resultados: Os resultados apontam para o desenvolvimento de métodos dinâmicos. Dentre as práticas empenhadas pelos docentes, identificaram-se: gincanas e games; aprendizagem baseada em projetos e problemas; aprendizagem entre pares ou times; estudos de caso; o método gallery walk, entre outros. Ressalta-se os principais benefícios do uso de metodologias ativas, a exemplo do aumento de interatividade, melhora da comunicação interpessoal, proatividade, motivação, incentivo a autonomia na aprendizagem, ampliação da relação aluno-professor e, despertar do perfil pesquisador. Conclusões: Conclui-se que as metodologias ativas, aliadas ao ensino da disciplina MTC, vem colaborando para despertar a participação ativa e consciente do aluno em seu processo de ensino-aprendizagem.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Métricas alternativas para avaliação da produção científica latino-americana: um estudo da Rede SciELO

Por Ana Carolina Spatti

Objetivo: Buscando explorar o potencial da altmetria e considerando que poucos estudos abordam o impacto alternativo da produção científica da América Latina, o objetivo deste trabalho é qualificar a atenção online recebida por periódicos e artigos latino-americanos. Metodologia: A partir de uma abordagem analítico-descritiva, são analisados, via Altmetric.com, os dados altmétricos de 1211 periódicos e 18.737 artigos da Rede SciELO (Scientific Electronic Library Online) em termos de fontes da menção, área de conhecimento, país e idioma. Conclusões: A penetração da altmetria na América Latina é caracterizada por 58% dos periódicos e por 13% dos artigos. As menções predominam em periódicos de Ciências da Saúde e Biológicas e em artigos publicados em inglês, sendo o Twitter o destaque dentre as fontes de menção. Com base em indicadores de inserção, penetração e internacionalização, foi possível identificar grupos de países com perfis diferenciados.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

A frente de pesquisa em meditação na web of science: foco nos Estados Unidos e Inglaterra

Por Jane Guirado

Objetivo: Analisar a frente de pesquisa dos dois (02) países líderes sobre o tema meditação referente aos artigos indexados na base de dados Web of Science, no período de 2009 a 2018. Metodologia: Trata-se de um estudo cientométrico, descritivo, de abordagem quantitativa. Neste estudo adota-se o modelo desenvolvido por Alvarado (2009) que permite identificar e explicar as variáveis que influenciam na composição das frentes de pesquisa de um campo do conhecimento. Resultados: Como resultado, identificam-se as frentes de pesquisa ativa dos Estados Unidos e Inglaterra sobre a temática meditação. O estudo apresenta a existência de covariação entre a frequência de citações e o nível de produtividade dos autores e concluiu que ambas as variáveis são dependentes. Assim, quanto maior a produtividade de um autor maior são as chances de esse autor receber citações, prevalecendo também o sentido inverso. Conclusões: Acredita-se que a contribuição deste estudo para a Ciência da Informação está no fato de expor a qualificação que o autor deve apresentar para compor a frente de pesquisa de uma área do conhecimento.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Operação acolhida: mapeamento informacional de fluxos de acolhimento dos imigrantes venezuelanos no Brasil

Por Willam Albuquerque de Oliveira

Objetivo: Mapear os fluxos migratórios da Polícia Federal do Brasil no acolhimento de imigrantes por meio da construção de fluxogramas dos processos realizados. Metodologia: Utiliza como técnica a pesquisa bibliográfica e documental, com abordagem qualitativa e quantitativa, com o auxílio de coleta de dados estatísticos, para análise descritiva e explicativa, orientada para descrever as etapas do procedimento de acolhimento migratório e o mapeamento dos processos realizados pelos atores envolvidos. Resultados: Apresenta os fluxogramas elaborados para a atividade de acolhimento, demonstrando os procedimentos adotados conforme a natureza e a necessidade na atuação da Força-Tarefa da Polícia Federa. Conclusões: apresenta a fotografia do status quo da realidade migratória na fronteira com a Venezuela e a geração da informação sobre os fluxos migratórios venezuelanos elaborados, considerando a legislação e normas que tratam da situação jurídica do migrante no Brasil e normas infralegais que regulamentam a matéria, considerando a realidade na atividade de controle migratório realizada pela Polícia Federal na fronteira com a Venezuela.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Explorando conceitos e métricas de inovação no contexto das universidades

Por Robson Lopes de Almeida

Objetivo: Compreender os conceitos das múltiplas dimensões da inovação no âmbito das universidades e identificar as métricas adequadas para a definição de suas políticas. Metodologia: O presente trabalho, de caráter exploratório, foi estruturado a partir de uma ampla revisão bibliográfica e empírica de estudos recentes sobre a inovação no contexto das universidades e seus possíveis indicadores. Resultados: O artigo traz um panorama da literatura científica que conceitua a inovação para além do paradigma econômico e aplicada às universidades, seguido de uma análise das experiências de utilização de indicadores e rankings propostos para mensurar as atividades inovativas no âmbito da academia. Conclusões: Com base na sistematização dessas métricas, percebe-se que os indicadores relacionados aos ativos de proteção e transferência de tecnologia ainda são majoritariamente considerados quando se pensa em inovação na academia. No entanto, esse conceito tem sido cada vez mais ampliado para que se possa abranger a vasta gama de manifestações da inovação universitária. Assim, nota-se a existência de um cenário favorável para a construção de indicadores mais adequados e específicos para o entendimento deste fenômeno em particular.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00

Menções Web: em busca de estudos webométricos na perspectiva qualitativa

Por Eduardo Silveira

Objetivo: Identificar na literatura os estudos das menções web e seus tipos de conexões, no viés qualitativo, com a finalidade de verificar, como as menções web estão sendo analisadas por meio dos atributos propostos. Metodologia: Bibliográfica e descritiva com abordagem qualitativa. A coleta de dados foi realizada em nove bases de dados, sendo elas, nacionais e internacionais, compreendidas de bases de dados de periódicos científicos e base de dados de teses e dissertações. Resultados: O estudo apresentou 19 trabalhos que estavam de acordo com os critérios estabelecidos, publicados em sua maioria, em base de dados de periódicos científicos internacionais. Revelou também, que as conexões para analisar as menções web são diversificadas, bem como os as características investigativas de cada menção web. Conclusões: Os estudos de menções web, apesar de serem ainda pouco estudados no campo da webometria, têm muito a contribuir para a área, por terem a possibilidade de pesquisa em diversos tipos de conexões e análise de características.

  • 8 de Julho de 2021, 00:00
❌