Noticias em eLiteracias

🔒
✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Windows 11 já tem 8 meses e ainda não está na maior parte dos PCs

Por André Fogaça — 30 de Junho de 2022, 20:55

Um levantamento feito pela empresa AdDuplex mostra que o Windows 11 vem crescendo em número de usuários, mas ainda está longe de ultrapassar o sistema operacional anterior, lançado em 2015. O relatório aponta que o Windows 10 ainda está presente em mais de 71% dos computadores.

Com a chegada do Windows 11, a Microsoft modificou alguns pontos do novo sistema operacional e assim tornou muito computador incompatível com a novidade – basicamente todos os PCs lançados antes de 2017. Junte isso com o receio natural das pessoas quando alguma alteração visual aparece em algo que já estão acostumadas, para encontrar motivo para a baixa penetração de mercado para este software.

Leia também

Foi o que constatou a empresa AdDuplex em seu mais recente relatório sobre o uso de sistemas operacionais da Microsoft. Segundo o documento, o Windows 11 ainda ocupa a terceira colocação em uma lista com oito versões, onde todas as outras posições contemplam alguma variante do Windows 10 – pois cada grande update é considerado uma nova versão e eles são liberados semestralmente.

Windows 10 tem mais de 75% do mercado

A lista fica assim:

  • Windows 10 (21H2): 38,2%
  • Windows 10 (21H1): 23,9%
  • Windows 11: 23,1%
  • Windows 10 (2004): 5,2%
  • Windows 10 (20H2): 3,8%
  • Windows 10 (1909): 2%
  • Windows 10 (O18U ou mais velho): 2%
  • Windows 10 (1903): 1%
  • Windows 11 (Insiders, ou beta): 0,8%

O levantamento feito nesta pesquisa utiliza como base apenas usuários que rodam o Windows 11 ou 10, sem considerar qualquer outra versão anterior do sistema operacional da Microsoft, também deixando de lado quem tem o software feito para servidores, Linux, macOS, Chrome OS ou outro.

Windows 11 cresceu 19,07% em um mês

O crescimento do Windows 11 parece lento (foi de aproximadamente 19,07%), mas ele está longe de ser isso. Não sei você, mas eu atualizei para o novo sistema operacional assim que ele foi lançado e no relatório anterior, liberado pela AdDuplex em abril deste ano, este software estava em 19,4% dos computadores.

A pesquisa não leva em conta o que fez as pessoas atualizarem o sistema operacional, mas eu acredito que a venda de novos computadores com o Windows 11 instalado de fábrica pode ter contribuído para o crescimento.

Via: XDA-Developers.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Windows 11 já tem 8 meses e ainda não está na maior parte dos PCs apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Google dá dez razões para trocar o iPhone por Android

Por Marina Schnoor — 29 de Junho de 2022, 20:15

O Google lançou o “Mudar para Android” para iOS em abril, um app que facilita fazer a migração dos dados de um iPhone para um smartphone Android, inicialmente para o Pixel. Agora essa função está chegando para todos os dispositivos com Android 12, e o Google aproveitou a deixa para dar dez motivos para usuários de iPhone deixarem a Apple para trás e embarcar na experiência Android.

A lista de “10 razões para mudar para o Android” foi postada no blog do Google. Veja um resumo desses motivos abaixo:

  1. “Expresse-se de novas maneiras”: o Google afirma que é muito mais fácil e prático mandar mensagens com o Messages, o Gboard (que permite misturar emojis) e RCS
  2. “Converse por vídeo com qualquer pessoa, em qualquer lugar”: através do Google Meet, WhatsApp e FaceTime na “versão mais recente do Chrome”
  3. “Sintonize sua música favorita”: o Google aponta que “suas músicas serão transferidas para o seu celular Android, desde que sejam livres de gerenciamento de direitos digitais (DRM). Suas compras e conteúdos baixados da Apple Music ainda estarão acessíveis em seu dispositivo Android pelo app Apple Music”
  4. “Seus aplicativos favoritos e muito mais”: usuários de iPhone encontram os apps que já usam no Google Google Play e na plataforma é mais fácil encontrar novos apps
  5. “Privacidade em primeiro lugar”: “O Android combate apps ruins, malware, phishing e spams e te mantém um passo à frente das ameaças. O Messages protege os usuários contra 1,5 bilhão de mensagens de spam por mês. O Android também fornece recomendações oportunas, como solicitar que você selecione suas preferências de compartilhamento de local ao abrir um app, para ajudá-lo a tomar as melhores decisões para sua privacidade”
  6. “Mais dispositivos que funcionam melhor juntos”: como Chromebooks, smartwatches com Wear OS, Google TVs e fones de ouvido com suporte para Fast Pair. O Google também lembra que é possível emparelhar AirPods dispositivos Android
  7. “Faça mais com os apps e serviços do Google”: como o Google Tradutor e o Google Docs
  8. “Compartilhe músicas, fotos e muito mais entre dispositivos”: com a função Compartilhar nas proximidades entre o Android e o Chrome OS, assim como com o Google Fotos
  9. “Personalize sua tela inicial com widgets Android”: O Google em breve vai oferecer 35 widgets ao Android, com opções úteis como acesso rápido ao Maps
  10. “Tecnologia útil para todos”: Aqui o Google menciona seus recursos de acessibilidade, como o leitor de tela TalkBack para pessoas com deficiências visuais, e a função de transcrição em tempo real para mais de 80 idiomas

Leia mais:

O Google também mencionou a variedade de hardware que rodam Android, diferente das opções para iOS, como celulares dobráveis, por exemplo. Isso e seus lançamentos de recursos de três em três meses entre as “grandes atualizações anuais”. Agora só o tempo dirá se esses dez motivos do Google vão realmente convencer os usuários de iPhone (que geralmente são muito fiéis à Apple) a trocar seus celulares por um smartphone Android.

Via 9to5Google

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Google dá dez razões para trocar o iPhone por Android apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

O Apple Watch 8 pode vir com um processador de 2020

Por Marina Schnoor — 29 de Junho de 2022, 18:51

Rumores sobre o Apple Watch Series 8 já vêm circulando desde o ano passado. As últimas informações falam sobre um novo modo que deixa o smartwatch ligado, mas com baixo consumo de bateria, e novos recursos de saúde. Mas em um aspecto bem importante, o relógio inteligente da Apple não deve trazer novidades. Um relatório da indústria indica que o Apple Watch 8 terá um processador de 2020, o mesmo usado nas séries 6 e 7.

A informação vem de Mark Gurman, especialista em produtos da Apple da Bloomberg. Segundo ele, a companhia deve utilizar o chip introduzido no Watch 6 e reutilizado na Série 7. O especialista diz que a Apple só deve passar para um SoC mais rápido com o Watch 9. 

Gurman também espera que a Apple descontinue as vendas do Watch Series 3, smartwatch que não conta com suporte para watchOS 9. Ele ainda reiterou que o iPhone 14 Pro contará com suporte de always-on display, não terá notch na tela e que as câmeras devem receber melhorias. 

Leia mais:

O Apple Watch 8 deve ser apresentado no próximo evento de lançamentos da Apple, que acontece no final de setembro.

Via XDA Developers

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post O Apple Watch 8 pode vir com um processador de 2020 apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Infinix mostra teaser de sistema de carregamento rápido 180W

Por Marina Schnoor — 28 de Junho de 2022, 20:20

No ano passado, a Infinix apresentou um conceito de celular com sistema de carregamento rápido de 160W. Agora, Benjamin Jiang, o CEO da companhia, postou um vídeo teaser no Facebook mostrando um sistema ainda mais potente de 180W.

O novo sistema de carregamento se chama “Thunder Charge” e, como é possível ver nas imagens, oferece uma potência de pico de 180W. O vídeo é curto, mas o indicador de bateria do celular sobe quase um ponto percentual em apenas 10 segundos de filmagem.

Quão rápido o novo sistema da Infinix realmente é ainda é um mistério. O sistema de 160W de 2021 prometia carregar completamente um celular de bateria de 4.000mAh em apenas 10 minutos. O GSM Arena testou o smartphone conceitual, e viu a bateria ir de 30% para 39% em apenas 60 segundos, depois para 46% em 2 minutos, e para 70% em 5 minutos.

E o modelo de 2021 da Infinix tinha outras novidades interessantes além do carregamento rápido. O celular possuía um filme que mudava de cor na traseira e outro filme eletroluminescente se acendia para mostrar notificações.

Leia mais:

A Infinix ainda não lançou oficialmente um celular com carregamento de 160W, mas o Infinix Note 12 VIP chegou ao varejo oferecendo carregamento rápido de 120W. Esse modelo tem uma bateria um pouco maior de 4.500mAh, e o tempo de carga de 0 para 100% é de 17 minutos, segundo a companhia.

Agora é esperar para ver se o carregamento de 180W chega mesmo às mãos dos consumidores da Infinix, e talvez até ao mercado brasileiro.

Via GSMArena

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Infinix mostra teaser de sistema de carregamento rápido 180W apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

HTC Desire 22 Pro é um smartphone intermediário com foco no metaverso

Por Nick Ellis — 28 de Junho de 2022, 19:45

A HTC está de volta ao mercado de smartphones, e lançou lá fora o Desire 22 Pro, um smartphone 5G intermediário com Snapdragon 695, mas que tem um foco maior em VR e no metaverso. Como previsto, o aparelho é compatível com o headset HTC Vive Flow e com o Viveverse, o metaverso da empresa.

HTC Desire 22 Pro é compatível com o headset Vive Flow
HTC Desire 22 Pro é compatível com o headset Vive Flow / Divulgação: HTC

Segundo a HTC, usando o headset, é possível ter uma tela equivalente a 300 polegadas. Um dos destaques do smartphone é que ele também tem uma carteira de criptomoedas e NFT integrada.

O smartphone conta com uma tela LCD de 6,6 polegadas com taxa de atualização de 120Hz. A câmera é tripla, com sensor principal de 64 MP, acompanhada por uma ultrawide de 13 MP com ângulo de 118˚ e um sensor de profundidade de 5 MP, enquanto a câmera frontal é de 32 MP.

Ele tem 8 GB de RAM e 128 GB de capacidade. Sua bateria é de 4520 mAh, com carregamento de 18W. Apesar de ser um smartphone intermediário, ele também é à prova d’água, com proteção IP67.

A HTC está fora do mercado brasileiro há muitos anos, e lá fora tem apostado cada vez mais no mercado de realidade virtual e no metaverso. Clique abaixo para ver o vídeo de apresentação do HTC Desire 22 Pro.

Preço do HTC Desire 22 Pro

O HTC Desire 22 Pro tem duas versões, dourado e preto, e vai custar o equivalente a 460 Euros na Europa, ou R$ 2.549 na conversão direta. Em Taiwan, ele sai um pouco mais barato, 11.990 dólares taiwaneses, ou R$ 2.124.

Leia também:

Via GSM Arena e Decrypt

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post HTC Desire 22 Pro é um smartphone intermediário com foco no metaverso apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Samsung Galaxy S23 provavelmente não terá câmera sob a tela

Por Marina Schnoor — 27 de Junho de 2022, 22:41

Segundo fontes da cadeia de fornecimento da Samsung, a linha Galaxy S23 não vai contar com tecnologia de câmera sob a tela (UDC em inglês). Apesar do modelo Galaxy Z Fold 3 ter câmera sob o display, o que significa que a Samsung domina essa técnica de produção, talvez só um modelo S24 traga esse desenvolvimento.

O relatório, que vem da publicação sul-coreana Wccftech, não informa o motivo para a Samsung adiar a introdução da câmera sob a tela na próxima geração do Galaxy S.

Atualmente, poucos celulares oferecem UDC, incluindo o Xiaomi Mi Mix 4, o ZTE Axon 30 5G e o já mencionado Z Fold 3. E vale apontar que a qualidade de fotos e vídeos com câmera do tipo ainda apresentam uma resolução abaixo da de câmeras de selfie convencionais.

Talvez por isso a Samsung tenha decidido por não implementar uma câmera sob a tela no Galaxy S23, para não comprometer a qualidade de captura de imagens do modelo. Outra questão é que a tecnologia UDC é mais cara, e aumentaria os preços da popular linha Galaxy S.

Em outros rumores sobre a nova série S, o Galaxy S23 pode receber uma atualização da câmera selfie de 12 MP. E isso sem falar em uma câmera principal de 200 MP, uma tecnologia que a Samsung já demonstrou imprimindo uma foto detalhada de um gato de 28 por 22 metros de tamanho. 

Leia mais:

Seguindo o histórico dos anos passados, a Samsung deve lançar a linha Galaxy S23 em fevereiro de 2023. Só então saberemos se o celular terá ou não câmera sob a tela.

Via Gismochina

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Samsung Galaxy S23 provavelmente não terá câmera sob a tela apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Saem primeiras imagens do Asus ROG Phone 6

Por Marina Schnoor — 24 de Junho de 2022, 19:07

No começo do mês, a Asus anunciou a data de lançamento do ROG Phone 6, 5 de julho.  O celular gamer também foi listado no Geekbench e TENAA, revelando várias especificações, mas não seu design. Mas hoje acabou o mistério, com a TENAA adicionando imagens dos ROG 6 à sua lista.

A principal diferença do ROG Phone 5 para o novo modelo 6 é o nicho de câmeras na traseira do aparelho. O nicho é maior e uma das câmeras, provavelmente a ultrawide, tem um círculo azul em volta da lente. Pelas imagens, parece ainda que o celular terá uma terceira câmera.

O ROG 6 também tem uma segunda tela na traseira, parecida com a do Asus ROG 5 Ultimate, mas maior.

Leia mais:

O Asus ROG Phone 6 será lançado em 5 de julho em eventos em Taipei, Berlim e Nova York. Esse será um dos primeiros celulares no mercado com chipset Snapdragon 8+ Gen 1, que deve ser mais potente e oferecer menor consumo de energia. Nas demais especificações, o ROG 6 terá memória 16 GB de RAM, tela de AMOLED de 6,78 polegadas com taxa de atualização de 165Hz, e bateria de 6.000mAh com carregamento rápido de 65W .

Via GSM Arena

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Saem primeiras imagens do Asus ROG Phone 6 apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Nos EUA, Samsung presenteia compradores da smart tv NEO QLED com smartphones flagship

Por Rafael Arbulu — 21 de Junho de 2022, 16:09

A Samsung está oferecendo uma promoção bem interessante para possíveis compradores da smart tv NEO QLED, revelada pela sul-coreana durante a CES deste ano: quem adquirir o novo aparelho leva de brinde um smartphone Galaxy S22. A pegadinha, porém, é esta: a promoção é vigente nos EUA.

Segundo a imprensa americana, a versão mais barata da TV em questão é o modelo QN800B de 65 polegadas, que sai por US$ 3.299 (R$ 16.931,13, fora impostos), trazendo resolução 8K, processador Neural Quantum 8K e quatro conectores HDMI, além de contar com sistema operacional Tizen e dois assistentes virtuais – Alexa e Google Assistente.

Leia também

Samsung Neo QLED 8K ganha suporte que gira a tela com o smartphone
Nos EUA, quem comprar um televisor Neo QLED 8K da Samsung, levará de presente um smartphone Galaxy S22. Será que o Brasil entra nessa também? (Imagem: Samsung/Divulgação)

A aquisição desse televisor lá fora traz a versão de base do Galaxy S22, que conta com processador Snapdragon 8 Gen 1 (da Qualcomm), display AMOLED de 6,1 polegadas e taxa de renovação de 120Hz, acompanhado de uma bateria de 3.700 miiliampere-hora (mAh) e recarga rápida de 25W.

No Brasil, é relativamente comum que a Samsung promova ações similares, embora elas sejam mais vistas no que tange a smartphones: não tem muito tempo, a sul-coreana vinha oferecendo Galaxy Buds e Galaxy Watches para quem adquirisse seus smartphones mais poderosos. Normalmente, isso era algo mais atrelado às lojas físicas espalhadas em shoppings de todo o Brasil.

A equipe do Olhar Digital procurou a assessoria de imprensa da Samsung para saber se a promoção vista nos EUA (ou mesmo alguma outra) está valendo para o mercado local. Por ora, ainda não obtivemos resposta, mas vamos atualizar com o posicionamento deles assim que ele chegar.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Nos EUA, Samsung presenteia compradores da smart tv NEO QLED com smartphones flagship apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Xiaomi Smart Band 7 é lançado globalmente

Por Marina Schnoor — 21 de Junho de 2022, 15:41

A Xiaomi lançou seu smartwatch Smart Band 7 na China mês passado. Agora a pulseira inteligente está chegando a mais mercados da Europa Ocidental. 

O novo modelo tem tela AMOLED de 1,62 polegadas com resolução de 490x192px, e agora tem suporte para o modo Always-on Display (AOD). A Smart Band 7 também conta com rastreamento automático de SpO2, que avisa o usuário se a taxa de oxigênio no sangue ficar abaixo de 90%.

A bateria da Smart Band 7 dura até 14 dias, e é carregada por um carregador magnético de dois pinos. O smartwatch vem com 100 mostradores de relógio diferentes e oferece mais de 110 modos de esporte com detecção automática. O modelo possui medidor de frequência cardíaca 24 horas, rastreamento de sono e estresse, e possui modo de rastreamento de saúde feminina. A resistência à água é de 5ATM (50 metros de profundidade).

Por enquanto, a versão da Xiaomi Smart Band 7 com NFC é exclusiva para a China, mas rumores indicam que o recurso chegará em breve aos mercados globais através de uma parceria com a Mastercard. 

Leia mais:

A pulseira de silicone da Xiaomi Smart Band 7 vem em uma variedade de opções de cores como preta, azul, marfim, laranja, verde-oliva e rosa, além de em versões camuflada e néon. O novo smartwatch custa € 60 (cerca de R$ 325 na cotação atual), mas está em oferta para os primeiros compradores por € 50 (R$ 270).

Via GSM Arena

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Xiaomi Smart Band 7 é lançado globalmente apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

App de calendário da Readdle chega para Mac

Por Marina Schnoor — 17 de Junho de 2022, 22:50

A Readdle está disponibilizando seu popular app de calendário para Macs. O aplicativo permite gerenciar listas de tarefas, lembretes e eventos recorrentes, e possui ferramentas de planejamento, entradas de linguagem natural e previsão do tempo integradas. 

Empresa com sede na Ucrânia, a Readdle é mais conhecida por seus apps de produtividade de documentos e PDFs para iOS. Agora, o app Calendars by Readdle entra para a lista de aplicativos para Mac com o PDF Expert e Spark E-mail.

O app de calendário da Readdle para Mac sincroniza as versões para iPhone e iPad. Outro destaque do aplicativo é a entrada de linguagem natural, que permite adicionar um lembrete apenas digitando algo como “almoço com colegas de trabalho no restaurante tal às 13h”.

O Calendars by Readdle oferece as opções gratuita e paga. A versão grátis dá acesso aos principais recursos do app, mas não conta com opções avançadas como integração com aplicativos como Google Tasks e Reminders da Apple, assim como ao planejamento semanal, reservas de salas de reunião e previsão do tempo. 

Leia mais:

Quem achou a proposta interessante pode experimentar o app de calendário gratuitamente na Mac App Store. A Readdle oferece ainda a opção de sete dias grátis da versão Pro, que inclui a capacidade de adicionar várias contas e tarefas do iCloud, Google e Exchange em um só lugar. Depois dos sete dias de teste, o Calendars by Readdle para Mac cobra uma taxa de assinatura anual de US$ 20 (cerca de R$ 100 na cotação atual). 

Via The Verge

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post App de calendário da Readdle chega para Mac apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Preço do Moto Razr 3 vaza em meio a rumores de lançamento em julho

Por Rafael Arbulu — 17 de Junho de 2022, 16:42

O smartphone dobrável Moto Razr 3, da Motorola, deve chegar em julho de 2022, com preço de € 1.149 (R$ 6.183,69, sem contar eventuais impostos), de acordo com texto publicado no Compare Dial que cita o notório OnLeaks como fonte.

O mesmo texto também sugere que o aparelho – a terceira geração de smartphones de tela dobrável da Motorola – deve agradar compradores em potencial, considerando boatos de que ele virá com uma configuração superior à versão atual, mas com preço mais baixo.

Leia também

O Moto Razr 3, próxima geração do smartphone de display dobrável da Motorola, deve chegar em julho de 2022 a um preço relativamente barato (Imagens: Motorola/Reprodução)

Segundo os rumores, o Moto Razr 3 deve contar com processador Snapdragon 8+ Gen 1 da Qualcomm (reafirmando rumores anteriores), display de 6,7 polegadas (um aumento considerável das atuais 6,2) e, fechado, deve ficar com 3 polegadas. Mais além, ele deve chegar com um kit de pelo menos duas câmeras traseiras (50 megapixels no sensor principal e 13 megapixels no secundário, cuja natureza ainda não foi informada) e câmera frontal de 32 megapixels. A bateria deve ter em torno de 3.000 miliampere-hora (mAh).

Internamente, mais boatos: memória RAM de 12 GB e até 512 GB de armazenamento interno. A bateria deve ter capacidade de recarga rápida de 25W, mas não há informação de que isso seja cabeado ou sem fio. Finalmente, o aparelho deve contar com quatro opções de cor, mas apenas a cor preta deve ser disponibilizada no lançamento.

As informações parecem bem precisas, embora atestar a veracidade delas neste momento seja meio difícil. Se confirmadas, elas colocam o Moto Razr 3 em competição direta com o Galaxy Z Fold 4 e Galaxy Z Flip 4, que a sul-coreana Samsung deve anunciar até agosto de 2022.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Preço do Moto Razr 3 vaza em meio a rumores de lançamento em julho apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Celular Nothing Phone (1) aparece em vídeos

Por Marina Schnoor — 17 de Junho de 2022, 16:29

Nos últimos dias, a Nothing vêm publicando teasers do design do Phone (1), o primeiro celular da companhia mais conhecida por seus fones TWS transparentes. Agora o smartphone apareceu em vídeos de dois canais alemães no YouTube, o de Rafael Zeier e o Das Kann Was.

O Phone (1) tem um design plano com as linhas da antena na estrutura mostrando que o celular possui uma construção metálica. Também é possível ver que o celular tem um botão para ligar e desligar na lateral direita, com as teclas de volume posicionadas na lateral esquerda. Na base é possível ver a entrada USB-C, a grade do alto-falante e o microfone do modelo.

Por enquanto, a Nothing não mostrou imagens da tela do celular, que deve contar com SO próprio da companhia baseado em Android.

Um destaque são as linhas de luzes que parecem piscar como flashes rápidos. Por enquanto, a Nothing não revelou se as luzes no Phone (1) vão piscar quando o celular receber notificações, chamadas ou algo do tipo. Vale apontar que esse detalhe não é algo inédito. O Oppo Reno 7 Z 5G, por exemplo, possui Orbit Lights ao redor de suas câmeras traseiras, que acendem quando o smartphone recebe notificações, quando está totalmente carregado ou quando o usuário inicia um jogo.

Leia mais:

O Phone (1) da Nothing será lançado em 12 de julho em um evento transmitido ao vivo de Londres (você pode inscrever seu e-mail aqui para receber a notificação). Enquanto isso, podemos esperar que a Nothing revele mais detalhes para alimentar o hype sobre o celular.

Via GSM Arena

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Celular Nothing Phone (1) aparece em vídeos apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

iPad Pro com chip M2 e carregamento wireless pode ser lançado este ano

Por Marina Schnoor — 13 de Junho de 2022, 22:05

Um novo iPad Pro com chip M2 e carregamento wireless pode ser lançado ainda este ano, isso segundo o jornalista da Bloomberg Mark Gurman. Mesmo sendo o modelo mais caro de tablet da Apple, o iPad Pro (assim como os modelos de entrada do produto) ainda não conta com opção de carregamento sem fio.

Gurman deu ainda algumas outras dicas sobre a direção que a Apple pode tomar para sua linha iPad Pro na seção de perguntas e respostas de sua newsletter. Segundo o jornalista, os novos tablets vão contar com chip Apple M2, que estreou recentemente no MacBook Air e MacBook Pro 13 de 2022. 

Os modelos também trarão atualizações de câmeras e carregamento wireless, segundo o jornalista. Se essa última previsão se confirmar, a linha de iPads Pro de 2022 será a primeira da Apple a ter suporte para carregamento sem fio.

Em outro rumor sobre o iPad Pro, o analista da Display Supply Chain Consultants, Ross Young, afirmou que a Apple está trabalhando em um modelo do tablet com uma tela de mini LED de 14,1 polegadas. Outro leaker, Majin Bu, disse a mesma coisa no Twitter.

Leia mais:

Voltando à questão do carregamento wireless, a Apple demorou um pouco para embarcar na tendência, mas iPhones já contam com o recurso há mais de cinco anos. O iPhone 8, de 2017, foi o primeiro smartphone da companhia com carregamento sem fio, por exemplo.

Via SlashGear

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post iPad Pro com chip M2 e carregamento wireless pode ser lançado este ano apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Rastreador de Parkinson para Apple Watch é aprovado pela FDA

Por Marina Schnoor — 13 de Junho de 2022, 21:16

Um software para rastrear sintomas da doença de Parkinson pelo Apple Watch foi aprovado pela Food and Drug Administration (FDA) nos EUA hoje. O aplicativo pode rastrear automaticamente coisas como tremores, e permitir que pacientes relatem sintomas e gerenciem seu uso de medicamentos.

Rune Labs, companhia de neurologia, é a responsável pelo desenvolvimento do software, chamado StrivePD. Com ele, médicos vão poder acompanhar o progresso de seus pacientes e alterações nos sintomas do Parkinson, que causa movimentos involuntários e problemas de coordenação motora. Com a coleta de dados feita pelo Apple Watch, os pacientes não precisam tentar se lembrar dessas variações.

“Com todos os dados que coletaremos por meio dessa aprovação, vamos garantir que os participantes certos se inscrevam nos testes”, disse Brian Pepin, CEO e fundador da Rune Labs, em um comunicado

Pacientes já usam o app há cerca de um ano, mas a aprovação da FDA significa que as descobertas feitas através de Apple Watches podem ser usadas como dados de estudos clínicos em vários tratamentos para Parkinson, segundo o Stat News.

O StrivePD usa a API Movement Disorder da Apple, lançada em 2018, para extrair informações sobre os tremores e movimentos involuntários associados ao transtorno. 

Leia mais:

Vale apontar que a Apple não está oficialmente envolvida com esse projeto da Rune Labs. No entanto, em 2021, pesquisadores da Apple publicaram dados mostrando que o Apple Watch pode rastrear com precisão as mudanças nos sintomas motores de pacientes com Parkinson.

Via The Verge

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Rastreador de Parkinson para Apple Watch é aprovado pela FDA apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

iOS 16 traz suporte nativo para Joy Cons do Switch

Por Marina Schnoor — 7 de Junho de 2022, 21:47

A Apple realizou ontem a WWDC 2022, evento onde a companhia anuncia as atualizações para iOS, MacOS e WatchOS. Mas uma coisa que a Apple não mencionou explicitamente foi que iOS 16 vai trazer suporte nativo para os controles Joy Cons do Nintendo Switch e Pro Controller da Nintendo.

Para quem não está familiarizado, os Joy Cons são os controles que se encaixam nas laterais do console portátil Nintendo Switch. Eles podem ser usados como um único controle, com cada um em mão, ou um único Joy Con pode ser usado como um controle para jogos mais básicos. 

Ontem, pelo Twitter, o desenvolvedor de aplicativos @Rileytestut mostrou que o iOS 16 conta mesmo com suporte para um ou dois Joy Cons através de Bluetooth.

!!! iOS 16 natively supports Nintendo Switch Pro Controllers!!

Can confirm they work perfectly with Delta 😍 pic.twitter.com/p8u1sdjvTt

— Riles 🤷‍♂️ (@rileytestut) June 6, 2022

Logo depois, o engenheiro Nat Brown, da própria Apple, confirmou que é possível emparelhar dois controladores Joy Con, e alternar entre usar os dois ou um pressionando e segurando os botões Capture e Home em qualquer Joy Con.

Test away. Lmk if you hit any issues. With both paired, hold the bottom face buttons (left “capture”, right “home”) for a few seconds to join the Joy Cons into one controller and do it again to split them.

— Nat Brown (@natbro) June 6, 2022

Leia mais:

Vale apontar que o iOS 16 ainda está em fase beta para desenvolvedores. Por enquanto, bugs são esperados no sistema operacional, e alguns usuários já relataram problemas para alternar entre Joy Con simples e combinados. A versão do SO que for liberada ao público provavelmente terá resolvidos esses bugs.

Via GSM Arena

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post iOS 16 traz suporte nativo para Joy Cons do Switch apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Galaxy Xcover6 Pro aparece em vazamento com bateria removível e câmera de 50 MP

Por André Fogaça — 2 de Junho de 2022, 14:19

Alguns detalhes e o visual do Galaxy Xcover6 Pro vazaram, mostrando que o próximo smartphone duro na queda da Samsung deve seguir basicamente a mesma receita das gerações anteriores. Em destaque ficam proteções extras para danos do cotidiano, além de bateria com 4.060 mAh.

A Samsung tem diversas linhas de celulares no mercado, basicamente encaixando o nome da marca coreana em todas as faixas de preço. Existe outra, menos famosa, com nome de Xcover e que foca em usuários mais descuidados ou então para uso em locais menos amigáveis, quando comparados ao bolso da sua calça.

Leia também

Suposto Galaxy Xcover6 Pro (Imagem: divulgação/OnLeaks)
Suposto Galaxy Xcover6 Pro (Imagem: divulgação/OnLeaks)

O próximo modelo desta linha deve ser o Galaxy Xcover6 Pro e ele já vem aparecendo vez ou outra nos rumores, mas os boatos mais recentes conseguem apontar detalhes importantes sobre o celular. O primeiro deles é o próprio visual, que continua entregando um aparelho grosso e com ângulos retos, junto de destaque visual para o botão lateral – destacado em vermelho.

Galaxy Xcover6 Pro pode ter tela com 60Hz

Por dentro ele deve entregar um chip Snapdragon 778G, com 6 GB de RAM e 128 GB de memória interna. A tela, segundo os rumores, pode ter 6,56 polegadas e exibir imagens em Full HD+, ou 2.408 x 1.080 pixels e a atualização dela certamente não impressionará com seus 60Hz.

Na parte traseira um conjunto de duas câmeras também adota o detalhe em vermelho do botão, mas por aqui ele fica no aro da lente. O sensor principal pode trabalhar com 50 megapixels e o secundário tem tudo para registrar imagens em ultrawide, com algo entre 8 e 12 megapixels. Na frente, em um notch dentro do display, as selfies podem ser de até 13 megapixels.

Suposto Galaxy Xcover6 Pro (Imagem: divulgação/OnLeaks)
Suposto Galaxy Xcover6 Pro (Imagem: divulgação/OnLeaks)

Seguindo a lista de hardware pouco empolgante, a bateria foi listada pelo boato como de 4.050 mAh, mas ela certamente será removível e dois conectores ao redor da porta USB-C podem ser utilizados para colocar o Galaxy Xcover6 Pro em uma estação de carregamento, onde diversos aparelhos recebem energia ao mesmo tempo.

Ainda não existe previsão sobre o lançamento do Galaxy Xcover6 Pro e nem mesmo se ele chegará ao usuário final, ou se ficará restrito para vendas para empresas.

Via: GSMArena.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Galaxy Xcover6 Pro aparece em vazamento com bateria removível e câmera de 50 MP apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Galaxy Watch 4 apresenta problemas depois de instalar o Google Assistente

Por Marina Schnoor — 31 de Maio de 2022, 20:31

Semana passada, a Samsung liberou o download do Google Assistente para a série Galaxy Watch 4. Infelizmente, alguns usuários estão tendo problemas com seus relógios depois de baixar o assistente de voz, como bateria se esgotando muito rápido e questões com emparelhamento do Watch e o celular.

Segundo posts no Reddit, os usuários do Galaxy Watch 4 não estão conseguindo emparelhar o relógio com seus celulares, e a única opção que resta é reiniciar o dispositivo e configurar o relógio do zero.

“Ativei o Google Assistente ontem”, escreveu u/iadorebrandon, “e hoje de manhã, o Watch 4 não conseguiu emparelhar com meu celular. Acho que vou ter que resetar o relógio”.

Como escreveu outro usuário: “Meu Galaxy Watch 4 não aparece mais listado como um dispositivo no app Wear do celular. Quando tento adicioná-lo, ele me pede para emparelhar como se fosse um novo celular e pede para limpar o relógio (o que não quero fazer porque é uma dor de cabeça configurar todos os cartões no Samsung Pay de novo)”.

Vale apontar que essas questões parecem não estar afetando todos os usuários, já que o pessoal do XDA Developers, por exemplo, não teve problemas depois de instalar o Google Assistente em seus relógios.

Outra reclamação é que a bateria do Galaxy Watch 4 se esgota rapidamente depois de ativar a palavra-chave “OK, Google”. Mas o Google tinha mencionado que ativar a palavra-chave ia mesmo resultar em um consumo mais rápido de bateria. 

Leia mais:

Nem a Samsung nem o Google abordaram publicamente esses problemas até agora. Se o seu dispositivo está apresentando esses problemas, você pode desativar o “OK, Google” clicando em Configurações, Google e Assistente no seu Galaxy Watch 4.

Via XDA Developers e 9to5Google

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Galaxy Watch 4 apresenta problemas depois de instalar o Google Assistente apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Capa para iPad Mini 6 oferece carregamento tipo MagSafe

Por Marina Schnoor — 31 de Maio de 2022, 19:44

A Pitaka está lançando uma capa para iPad Mini 6 que permite carregar o tablet ao estilo MagSafe. O produto se chama MagEZ Case Pro, e tem pontos magnéticos na parte traseira que passam energia pela entrada USB-C do iPad assim que o dispositivo é colocado sobre o pad incluso. Outra opção de carregamento oferecida pela Pitaka é o MagEZ Charging Stand, uma base que deixa o iPad Mini elevado como uma tela, e também oferece carregamento Qi na parte inferior para celular ou fones de ouvido.

Como o The Verge apontou, a capa da Pitaka apresenta a desvantagem de não usar os ímãs embutidos na traseira do iPad Mini, e bloquear a entrada USB-C. Isso deixa o usuário com a única opção do pad magnético para carregar o tablet da Apple. Também não é possível transferir dados por cabo enquanto o iPad está com a capa.

A capa é feita de borracha rígida com uma textura que lembra fibra de carbono, e deve proteger o iPad Mini de quedas e arranhões na traseira. O acessório permite ainda carregar um Apple Pencil o encaixando no lado direito da capa, e ainda mantém o stylus no lugar para que ele não se perca na sua bolsa, por exemplo.

Com o MagEZ, o usuário só precisa colocar o iPad Mini na base e deixar os ímãs fazerem o trabalho. Segundo a Pitaka, a atração magnética é forte e o suporte segura o iPad com segurança na posição paisagem ou retrato. Vale apontar que o suporte tem opções de inclinação, mas não de ajuste de altura.

Leia mais:

A capa de carregamento da Pitaka tem saída de energia de 45 W para iPad Mini 6, e a base tem suporte para carregamento 7,5 W para iPhones e de 15 W para outros dispositivos Qi. A MagEZ Case Pro custa US$ 79 (cerca de R$ 375 na cotação atual) e o MagEZ Charging Stand sai por US$ 129 (R$ 612).

Via The Verge

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Capa para iPad Mini 6 oferece carregamento tipo MagSafe apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Samsung Smart Monitor M5 une boas cores e brilho com ótima conectividade | Review

Por Nick Ellis — 31 de Maio de 2022, 19:26

Testamos o Smart Monitor M5 de 24 polegadas da Samsung, e eu gostei muito da experiência, pois esse é um dos monitor mais versáteis que eu já usei, que mostra imagens de boa qualidade, e conta com uma Smart TV integrada, além de ter uma ótima conectividade sem fio.

A ideia da Samsung com o Smart Monitor Samsung 24″ é oferecer uma mistura de um monitor para trabalho com uma pequena TV para os momentos de lazer. Isso pode ser algo bem útil hoje, quando muitos ainda estão trabalhando de forma remota. O grande mérito do Smart Monitor M5 da Samsung é a sua conectividade e versatilidade. Ele conta com Wi-Fi e Bluetooth, e é compatível não só com o padrão SmartThings da Samsung, mas também com o AirPlay 2 da Apple. 

Além disso, ele também funciona com o Samsung DeX, e assim, se conecta perfeitamente a um smartphone Galaxy para ser usado como um computador ultra portátil. Não que ele precise de algum smartphone, tablet ou notebook conectado, já que ele roda Tizen, o mesmo sistema usado pela Samsung em suas TVs. 

Clique abaixo para ver esse review em vídeo.

Smart Monitor M5 roda Tizen e funciona de forma independente

Com o Tizen instalado, o Smart Monitor tem vários aplicativos instalados, e você pode instalar outros. Aliás, se o Smart Monitor fosse um pouco maior, poderia passar por uma TV tranquilamente, com um belo suporte em formato de V e bordas finas nas laterais e na parte superior. 

Samsung Smart Monitor M5
Samsung Smart Monitor M5 / Imagem: Olhar Digital

Mas o Smart Monitor M5 é mais que uma TV, e pode ser conectado a teclado e mouse Bluetooth, o que é bem útil para a função de poder editar planilhas e documentos do Office 365 diretamente no monitor, sem um computador.

O Smart Monitor dispensa caixas de som externas, pois conta com duas, cada uma com 5W, com um total de 10W. Como ele tem Bluetooth, também pode ser conectado a uma caixa ou até uma soundbar, o que pode ser útil na hora de assistir a um filme ou uma série. Um detalhe interessante é que dá para configurar o som para diferentes saídas, algo bem prático. 

Tela Full HD com brilho de 250 nits e HDR10

Tela do Smart Monitor M5
Tela do Smart Monitor M5 / Imagem: Olhar Digital

A tela LCD IPS de 24 polegadas tem boa qualidade, com um brilho de 250 nits e cores bem vivas, além de HDR10. A resolução é Full HD (1920 x 1080 pixels) e a taxa de atualização é de 60Hz, com tempo de resposta é de 4ms. 

Por essas especificações, vemos que ele não é um dispositivo feito para gamers. Dito isso, como jogador casual, posso dizer que tive ótimas experiências em meus jogos favoritos com ele. De qualquer forma, quem leva games mais a sério do que eu pode investir mais em um monitor gamer, com os da própria Samsung. 

Apesar de não ser um monitor gamer, ele assim conta com um recurso feito para eles, o modo Ultrawide Game View. Esse modo faz o que promete, muda o formato da tela de 16:9 para 21:9, facilitando a vida dos gamers que queiram jogar em widescreen. A ideia é oferecer um ângulo maior de visão em alguns jogos. 

A taxa de contraste de 1.000:1 é boa para um monitor IPS, mas nada comparável a telas OLED, só que esses custam bem mais caro. Além disso, eles não contam com tantas opções de conectividade e a versatilidade do Smart Monitor. Vale citar que essa tela é antirreflexo, o pode que ajudar bastante na produtividade evitando reflexos em ambientes muito iluminados. Esse detalhe foi algo realmente útil para mim.

Controle remoto

Controle remoto tem botões dedicados para Netflix, Prime Video e o navegador
Controle remoto tem botões dedicados para Netflix, Prime Video e o navegador / Imagem: Olhar Digital

O Smart Monitor M5 vem com um controle remoto para navegar melhor pelo seu conteúdo, algo bem útil quando você está sem nenhum dispositivo ou computador conectado. O controle tem botões físicos para Netflix, Prime Video e um botão para abrir o navegador. Ele funciona com duas pilhas, e é bem fino e leve, resolvendo basicamente tudo que você precisa fazer no monitor. 

Como a minha TV também é da Samsung, o controle acabou ligando e desligando ela (sem querer e vice-versa) sempre que foi usado no mesmo ambiente. Quem não quiser usar o controle, o Smart Monitor tem um único botão, que fica bem no centro, embaixo da marca da Samsung. Ele liga o monitor e acessar um menu com o qual você pode aumentar e diminuir o volume, alterar o brilho, além das configurações.

Outros modelos da linha

Além do modelo de 24 polegadas que testamos, o M5 conta com outro modelo maior, de 27 polegadas. Lá fora, a Samsung também tem uma versão mais cara, o Smart Monitor M7, que tem dois modelos, de 32 ou 43 polegadas, ambos com resolução 4K. 

Smart Monitor M5 podia ter mais portas HDMI e uma USB-C

Com duas entradas HDMI, o Smart Monitor M5 pode ser conectado a dois dispositivos diferentes. Ele também tem uma porta única USB-A, mas fica nisso, ao contrário do Smart Monitor M5 lançado no exterior, que conta com duas portas desse tipo. Além disso, seria ótimo se ele tivesse uma porta USB-C para carregar o seu smartphone (Galaxy ou não), algo muito útil, mas infelizmente, reservado para a linha M7. 

De qualquer forma, dá para ver que o foco aqui é na conectividade sem fio, e nesse quesito, o Smart Monitor M5 não decepciona em nada, muito pelo contrário, ele tem opções para todos os gostos. 

Conectividade sem fio é um dos destaques

Para facilitar a conexão com dispositivos da Samsung, um recurso bem útil é o TapView, que precisa ser acionado no app SmartThings. Com ele ativo, basta encostar a traseira do seu smartphone Galaxy na lateral da tela para começar a transmissão com o Smart View. Eu testei com o S22 Ultra e com o meu Z Fold 3, e em ambos, a conexão foi bem rápida.

O menu PC on Screen mostra todas as conexões possíveis. Com o Easy Connect to Screen, é possível conectar computador (como um notebook PC ou Mac) ao monitor sem fio. Nos meus testes com um notebook com Windows 11, a conexão funcionou de forma aceitável. Além disso, ele pode se conectar simplesmente a smartphones Samsung para transmitir séries com o recurso Smart View. 

Suporte tem alça para organizar cabos

Smart Monitor M5 tem duas portas HDMI e uma USB-A
Smart Monitor M5 tem duas portas HDMI e uma USB-A, além de um suporte para cabos / Imagem: Olhar Digital

O suporte do Smart Monitor M5 é bem grande, assim se você tiver outro monitor na mesa, pode ter alguns problemas. Lá fora, o monitor foi lançado com um suporte quadrado com ajuste de ângulo que ocupa menos espaço na mesa, mas o que testamos é fixo e ocupa um espaço bem grande mesmo.  

Vale citar que o suporte não tem altura ajustável. Ele tem uma pequena alça para manter os fios organizados, mas na maioria das vezes que usei o Smart Monitor, acabei fazendo isso sem fio, o que funciona sempre perfeitamente e é bem mais prático. 

Conclusão

Detalhe do suporte do Smart Monitor M5
Detalhe do suporte do Smart Monitor M5 / Imagem: Olhar Digital

O Samsung Smart Monitor M5 de 24 polegadas é um ótimo monitor que também funciona como Smart TV, e assim faz o seu papel muito bem tanto na hora do trabalho quanto na hora de relaxar e assistir a um filme ou uma série, com controle remoto e caixas de som estéreo de boa qualidade. 

Ele não é o monitor ideal para jogar, pela sua taxa de atualização de 60Hz, mas agrada a gamers casuais como eu. Além disso, ele não é um monitor profissional para designers. Fora isso, ele pode ser indicado para praticamente qualquer outro uso.

Tudo bem, ele não tem a resolução 4K ou a porta USB-C do Smart Monitor M7, ou mesmo as portas USB adicionais da versão internacional do M5, mas mesmo assim, ele vale o espaço que ocupa em cima da mesa. 

Será que vale a pena comprar um monitor com sistema operacional de TV, que custa mais caro que outros monitores do mesmo tamanho? Pelo preço que ele foi lançado, de mais de R$ 1.800, não vale, mas ele atualmente custa R$ 1.599 (ou R$ 1.519,05 à vista). Além disso, procurando dá para achar ele bem mais barato. Em uma promoção, cheguei a ver ele por R$ 1.299, e aí eu diria que vale sim.

O post Samsung Smart Monitor M5 une boas cores e brilho com ótima conectividade | Review apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ CONTI outra

Criminosos invadem apartamento de Carlinhos Maia e roubam mais de R$ 5 milhões em produtos de luxo

Por CONTI outra — 30 de Maio de 2022, 19:15

O influenciador Carlinhos Maia usou seu perfil no Instagram para revelar aos fãs que que seu apartamento em Maceió, Alagoas, foi invadido por criminosos, na noite do último sábado (28). De acordo com ele, os bandidos roubaram joias e artigos de luxo, que somam mais de R$ 5 milhões.

“Na noite de ontem [sábado 28/5], arrombaram a porta do meu apartamento em Maceió. Levaram relógios (inclusive o último que acabei de comprar), levaram meu cofre com minhas joias. As autoridades já foram acionadas. Não pelos bens, mas por ter meu lar invadido, me ajudem”, escreveu o humorista.

Carlinhos ainda disse que está muito abalado com a situação e anunciou uma recompensa a quem ajudar a identificar os assaltantes.”Eu estou devastado! Devastado. Sempre fui ruim de grana, nunca precisei roubar nada do outro. Nunca precisei invadir a casa de ninguém para isso. Um lugar que eu tanto amo, Maceió, com tanta gente de coração bom, trabalhador, faço um apelo a toda Alagoas e ao Brasil… Se souberem de algo, denunciem. Serão recompensados e sua identidade será mantida em sigilo”, disse.

Em outro momento, o humorista compartilhou uma publicação do perfil no Instagram Central da Fama dizendo que o prejuízo passou de R$ 5 milhões. Ele compartilhou também outro comentário sugerindo que o crime foi cometido por pessoas conhecidas dele.

Confira abaico as publicações de Carlinhos Maia:

***
Redação Conti Outra, com informações de R7.
Fotos: REPRODUÇÃO/INSTAGRAM

The post Criminosos invadem apartamento de Carlinhos Maia e roubam mais de R$ 5 milhões em produtos de luxo appeared first on CONTI outra.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Especulações apontam possíveis datas de lançamento do iPhone 14

Por Flavia Correia — 29 de Maio de 2022, 13:38

Nos últimos meses, muitos rumores surgiram sobre os detalhes do próximo smartphone da linha principal da Apple, o tão aguardado iPhone 14. Desde uma possível troca de processador até prováveis atualizações de peso na câmera frontal, as especulações vão ganhando força conforme a edição 2022 da Worldwide Developers Conference (WWDC) se aproxima.

Apple começa a vender iPhone SE 2022 e iPhone 13 verde no Brasil
Com base nos calendários cumpridos pela Apple nos últimos anos, especulações apontam quando o iPhone 14 deve chegar ao mercado. Imagem: Apple – Divulgação

Tudo indica que, durante a abertura do evento global da Apple voltado a desenvolvedores, que tem início na próxima segunda-feira (6) e vai até sexta-feira (10), a fabricante deve revelar como será o iOS 16, a mais moderna versão do sistema operacional móvel da marca, além de apresentar os softwares macOS 13, para computadores Mac, watchOS, para Apple Watch, e o tvOS, para Apple TV.

De acordo com o site Cnet, como a Apple tende a revelar seus novos iPhones na primeira ou na segunda terça-feira de setembro, são grandes as chances de as pré-encomendas do iPhone 14 começarem na mesma semana.

Leia mais:

No ano passado, a série iPhone 13 fez sua estreia oficialmente na segunda terça-feira de setembro (14), seguida de pré-encomendas a partir de sexta-feira (17), com os telefones tendo sido colocados à venda uma semana depois.

Dessa forma, como neste ano a Apple deve abrir seu evento de lançamentos nos dias 6 ou 13 de setembro, as pré-vendas estarão abertas na sexta-feira seguinte, ou seja, no dia 9 ou 16. 

Geralmente, uma semana e meia após os anúncios, os aparelhos são lançados no mercado. Às vezes, as datas de lançamento são escalonadas para modelos específicos, especialmente quando introduz um novo design ou tamanho. Portanto, é possível que a linha iPhone 14 tenha mais de uma data de lançamento.

Fonte: Cnet

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Especulações apontam possíveis datas de lançamento do iPhone 14 apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Red Magic 7S Pro terá Snapdragon 8+ Gen 1 e câmera sob a tela

Por Nick Ellis — 28 de Maio de 2022, 16:43

Após lançar o Red Magic 7 Pro com uma câmera sob a tela em fevereiro, a Nubia se prepara para apresentar mais uma versão do seu smartphone gamer, o Red Magic 7S Pro. O novo dispositivo acaba de ser certificado pelo 3C (ou CCC) da China como o modelo NX709S.

Red Magic 7S Pro deve ser igual ao 7 Pro, mas com Snapdragon 8+ Gen 1
Red Magic 7S Pro deve ser igual ao 7 Pro, mas com Snapdragon 8+ Gen 1 / Divulgação: Nubia

Tudo indica que o novo modelo deve ser praticamente igual ao Red Magic 7 Pro, mas será equipado contar com o novo Snapdragon 8+ Gen 1 da Qualcomm. Assim, ele deve manter o carregamento de 135W do Red Magic 7 Pro, com um carregador de 165W na caixa.

Ele também deve manter a tela AMOLED de 6,8 polegadas com taxa de atualização de 120Hz, assim como a câmera tripla com sensor principal de 64 MP. A câmera sob a tela, grande diferencial do Red Magic 7 Pro para o Red Magic 7, também deve ser a mesma.

A Nubia começou como uma subsidiária da ZTE, mas é atualmente uma parceria independente. De qualquer forma, a tecnologia de câmera sob a tela foi desenvolvida pela ZTE.

Leia também:

Via Sparrows News

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Red Magic 7S Pro terá Snapdragon 8+ Gen 1 e câmera sob a tela apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Cubot Pocket: um mini celular de apenas 4 polegadas

Por Marina Schnoor — 28 de Maio de 2022, 16:28

A Cubot está lançando um mini celular de apenas 4 polegadas e 12,5 mm de espessura chamado Pocket. Mesmo sendo tão pequeno, a Cubot afirma que o Pocket tem todas as funções essenciais de um smartphone moderno, mas que cabe na palma da sua mão. 

O Cubot Pocket tem design retrô anguloso, tela QHD+ de 4 polegadas e bordas de metal resistentes nas cores preta, bordô e dourada. O chipset é o Tiger T310 da Unisoc,  e a memória é de 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento interno. A bateria é de 3000 mAh, mais do que suficiente para um celular desse tamanho. 

O Pocket oferece conexão Wi-Fi, Bluetooth, OTG e Quad Navigation. A câmera principal é de 16 MP na traseira, enquanto a câmera de selfie é de 5 MP.

O mini celular da Cubot tem função NFC, o que permite usar o Pocket como uma carteira digital para pagamentos. O smartphone vem com Android 11 e possui dois slots, um dual para cartões Nano Sim e um para Sim e MicroSD.

Leia mais:

O Cubot Pocket Mini Smartphone está disponível nas cores bordô e preto, preto e verde e dourado, e custa R$ 1.018 com frete grátis no site Aliexpress.

Via: Gizmochina

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Cubot Pocket: um mini celular de apenas 4 polegadas apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Case revela tela externa mais larga do Galaxy Z Fold 4

Por Nick Ellis — 28 de Maio de 2022, 13:37

Um vazamento de um case do Galaxy Z Fold 4 mostra que a Samsung deve resolver na próxima geração o problema da tela externa, seu formato estreito. Na prática, essa tela é tão apertada que muitos acabam se acostumando a abrir a tela quando precisam usar o dispositivo.

Comparação entre os cases do Z Fold 4 e Z Fold 3 mostra diferença no formato das telas
Comparação entre os cases do Z Fold 4 e Z Fold 3 mostra diferença no formato das telas / Imagem: Ice Universe (Twitter)

As imagens foram postadas por Ice Universe em seu perfil no Twitter, e comparam os cases do Z Fold 4 com os do Z Fold 3. O case também mostra que o conjunto de câmeras terá o mesmo formato do Z Fold 3, mas ele deve ter novidades nas especificações. Segundo informações, as câmeras do dobrável serão finalmente atualizadas, algo que realmente estava fazendo falta na linha.

Galaxy Z Fold 3 visto de fora
Tela externa do Z Fold 3 / Foto: Mário Kurth / Olhar Digital

Um dos únicos problemas que encontrei no Galaxy Z Fold 3 quando testei o dobrável no ano passado foi o formato da sua tela externa. Ela simplesmente é estreita demais, o que acaba prejudicando seu uso quando o dispositivo está fechado. Por isso, é ótimo ver que a Samsung está ouvindo as críticas e fará os ajustes necessários no novo Z Fold 4.

Além disso, tudo indica que a Samsung está também reduzindo a marca da dobra da tela interna. Embora não deva eliminá-la por completo com o Z Fold 4, ela será bem menos visível.

Leia também:

Via GSM Arena

O post Case revela tela externa mais larga do Galaxy Z Fold 4 apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Detalhes das telas do Google Pixel 7 e Pixel 7 Pro são revelados

Por Nick Ellis — 28 de Maio de 2022, 12:28

Revelados no último Google I/O, mas sem maiores detalhes, os novos smartphones Google Pixel 7 e Pixel 7 Pro tiveram suas especificações de telas vazadas. Sabemos que eles serão equipados com o novo processador Tensor de 2a geração (GS201), e que o módulo de câmeras agora terá uma cobertura de alumínio.

Detalhes das telas do Google Pixel 7 e Pixel 7 Pro são revelados
Detalhes das telas do Google Pixel 7 e Pixel 7 Pro são revelados / Divulgação: Google

As novidades dizem respeito as telas do Google Pixel 7 e Pixel 7 Pro. O modelo normal terá uma tela com resolução de 2400 x 1080 pixels e uma taxa de atualização de 90Hz, enquanto o Pixel 7 Pro terá uma resolução de 3120 x 1440 pixels, com uma taxa de atualização bem mais alta, 120Hz. 

Vale citar que essas são exatamente as especificações das telas do Pixel 6 e do Pixel 6 Pro, assim não teremos novidades nesse sentido. Essas novidades, ou melhor, a falta delas, foi descoberta pelo 9 to 5 Google no Android Open Source Project, no qual o Google cadastrou os dois dispositivos. 

O Pixel 7 tem o codinome Cheetah (guepardo), e assim foi identificado como C10, enquanto o Pixel 7 Pro é chamado de Panther (pantera), com a identificação P10. Essas duas telas são as S6E3FC3 e S6E3HC3 da Samsung, assim como as dos modelos anteriores. O Google estaria trabalhando com uma nova tela da Samsung, S6E3HC4, para o modelo Pixel 7 Pro, mas isso não foi confirmado. 

Única diferença nas telas é que a do Pixel 7 será um pouco menor

O Pixel 7 é um pouco menor que o Pixel 6, assim a tela é 1 mm menor na largura e 2 mm na altura. A tela do Pixel 7 Pro é exatamente do mesmo tamanho que a do Pixel 6 Pro. 

Além disso, o Pixel 7 Pro também terá suporte a um modo nativo com resolução 1080p. Esse recurso deve ser usado para poupar bateria no modo de economia de energia. 

Leia também:

Via 9 to 5 Google

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Detalhes das telas do Google Pixel 7 e Pixel 7 Pro são revelados apareceu primeiro em Olhar Digital.

❌