Noticias em eLiteracias

🔒
✇ Direção-Geral da Educação

Webinar: Early childhood education and care in Europe: Exploring the impact of the COVID-19 pandemic

Por sandra — 4 de Outubro de 2021, 16:31
4 Out.

Webinar: Early childhood education and care in Europe: Exploring the impact of the COVID-19 pandemic

 

Webinar: Early childhood education and care in Europe: Exploring the impact of the COVID-19 pandemic

Amanhã, 5 de outubro, das 9h às 11h, irá realizar-se o Webinar intitulado "Educação de infância na Europa: Explorando o impacto da pandemia COVID-19", que apresentará os resultados dos relatórios elaborados pela Comissão Europeia, pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE) e pela NESET – a Rede de Especialistas que trabalha na dimensão social da Educação e da formação .

Neste Webinar ocorrerá, ainda, o lançamento da brochura Using Digital Technologies for Early Education during Civud-19, resultante do inquérito da OCDE sobre Educação a Distância para Crianças Pequenas em 2020.

Para mais informações e assistir online, consulte aqui

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

I Edição do Prémio Ibero-americano de Inovação Educacional

Por rui.gaspar — 4 de Outubro de 2021, 15:45
4 Out.

I Edição do Prémio Ibero-americano de Inovação Educacional

A Organização dos Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI) e a Agência Espanhola de Cooperação Internacional (AECID) lançaram, em 20 de setembro de 2021, a I Edição do Prémio Ibero-americano de inovação educacional.

O prémio visa reconhecer o trabalho de centros educativos, organizações sem fins lucrativos e fundações e grupos de investigação das Universidades que tenham trabalhado em iniciativas que promovam a inovação, especialmente o uso de tecnologias de comunicação e informação na educação de infância, bem como em projetos e pesquisas relacionadas com a inclusão de populações vulneráveis.

Esta I Edição é composta por dois temas: competências digitais na educação de infância e inclusão.

O primeiro, com foco na inovação em competências digitais, terá como objetivo o reconhecimento de projetos ou pesquisas que, entre outros aspetos, incorporem ferramentas digitais no trabalho da educação infância em contexto educativo, bem como no seu uso criativo, crítico e seguro. Também poderão participar projetos relacionados com a formação de educadores de infância em competências digitais.

O segundo tema foca-se na inclusão e premiará projetos ou pesquisas relacionadas com a promoção da diversidade e com o trabalho com grupos vulneráveis, em risco de exclusão.

Poderão igualmente participar iniciativas que apliquem conhecimentos teóricos e práticos - apoiados ou não pelas TIC - em questões de paz e cidadania mundial com enfoque na justiça social, democracia, igualdade de género, imigração, valorização da identidade e diversidade cultural.

Os interessados poderão participar nesta edição, até 19 de janeiro de 2022, com iniciativas ou estudos que tenham sido lançados no decorrer do ano anterior ou que estejam em processo de implementação neste ano. Os projetos vencedores de cada tema serão reconhecidos com um prémio no valor de 3.000 € cada.

Poderão participar nesta edição os seguintes países: Andorra, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Equador, Espanha, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, República Dominicana e Uruguai.

O júri é composto por especialistas da OEI e da AECID, por académicos e especialistas da área, que, em março de 2022, atribuirão o prémio à melhor iniciativa apresentada em cada um dos temas.

Os premiados participarão no evento de encerramento desta I Edição do Prémio Ibero-americano de Inovação Educacional, que será organizado pela OEI, em formato virtual, a realizar em abril de 2022.

Para informações adicionais e consultar documentação de suporte, poderá aceder ao link https://oei.int/oficinas/secretaria-general/noticias/la-oei-y-aecid-lanzan-un-premio-para-reconocer-la-innovacion-educativa-en-iberoamerica.

Os interessados podem enviar as suas propostas, através do formulário online, disponível  em  https://forms.office.com/pages/responsepage.aspx?id=RCDnxlDvVUG4M1R-c13Lgr4j9pSsIaBNl6SrxPK0vuNUNThFS1dSUElMOVFROUU2OVNBV1BLQVo1RiQlQCN0PWcu.

Nota de imprensa

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

UBBU - plataforma para ensino de programação

Por rui.gaspar — 4 de Outubro de 2021, 15:14
4 Out.

UBBU - plataforma para ensino de programação

A UBBU, antiga Academia de Código Júnior, é uma plataforma digital desenhada para ensinar programação a crianças dos 6 aos 12 anos. A metodologia baseia-se em aulas semanais de uma hora, adaptadas a cada ano de escolaridade, proporcionando às crianças a aprendizagem do pensamento lógico e computacional, através de vídeos, jogos e outros exercícios.

No ano letivo de 2020/2021, em plena pandemia, foram inscritos nesta plataforma mais de 53.000 alunos de escolas públicas de Portugal continental, e envolvidos cerca de 1200 professores de 420 Agrupamentos de Escolas. A realização de mais de 3.600.000 atividades (quizzes e exercícios) denuncia um crescimento superior a 20% face a igual período do ano letivo anterior.  

No presente ano letivo, os professores interessados podem inscrever-se em https://links.ubbu.io/2022).

 

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Projeto - Quadro de Mérito Evolutivo

Por rui.gaspar — 4 de Outubro de 2021, 10:17
4 Out.

Projeto - Quadro de Mérito Evolutivo

 

Premiamos o melhor, destacamos o excelente. Aprendemos desde pequenos que quem merece reconhecimento é o melhor desportista, o melhor cidadão, o melhor aluno. Mas... e se, ao contrário de distinguirmos quem está no topo da montanha, começássemos por destacar quem se está a esforçar para a escalar?

Além disto, e vivendo no contexto atípico da atualidade, o ensino à distância contribuiu para um decréscimo da motivação académica dos alunos. Porque estavam em casa, porque as aulas online eram diferentes, porque era mais difícil estudar. E assim surgiu a ideia: reconhecer a evolução no contexto escolar. Mas como resolver a situação?

As boas ideias não podem ficar só a pairar e de imediato foi apresentado um Projeto à Direção da Escola Secundária Felismina Alcântara, em Mangualde. E, se por um lado era exequível, por outro era necessária a redação de um regulamento. Uma pequena equipa de elementos da Associação de Estudantes reuniu-se e começou a trabalhar desde o primeiro instante num concurso cujo mote estivesse ligado ao tema “progresso”.

Em meados de janeiro de 2021 nasceu então o “Quadro de Mérito Evolutivo”, projeto-piloto que almeja premiar a evolução de dois estudantes por ano de escolaridade (9º ao 12º) entre dois anos letivos (2019/2020 e 2020/2021). Com o regulamento já concluído e publicado, iniciaram-se então as campanhas de divulgação da iniciativa: sala a sala, nas redes sociais e respetivos websites das entidades promotoras e mais tarde aos meios de comunicação.

O método de inscrição, num formato online, era relativamente simples. Para além de uns dados referentes à identificação do participante, era solicitada a média do 3º período do ano letivo anterior (contabilizando todas as disciplinas do plano curricular, com a exceção de EMRC) e ainda a média do 1º período do ano letivo que decorria (apenas para efeitos demonstrativos).

O formulário online foi somando inscrições, ultrapassando as 60 candidaturas no final de março, altura escolhida para uma conferência de imprensa. Pedro Guimarães, representante da Pereirinha Ourivesarias, patrocinador do projeto, marcou presença nesse momento tão importante e referiu que este “é o passo que queríamos dar para tornar a nossa comunidade mais alta, ajudá-la a subir um pequenino degrau”.

O presidente da Associação de Pais, Eng. Rui Pedro Pinto, salientou que “estamos mais habituados a prémios para os melhores alunos e não para aqueles que têm como objetivo tornar-se os melhores alunos”. Também o Eng. Agnelo Figueiredo, diretor do Agrupamento de Escolas de Mangualde, deixou palavras de incentivo aos seus estudantes, considerando a iniciativa “uma ideia extremamente inovadora”.

Mais tarde, os meios de comunicação do distrito de Viseu difundiram a mensagem arrojada de premiar o progresso, fechando a etapa de inscrições em abril com 83 candidatos ansiosos por mostrarem os frutos do seu esforço. Desde esse momento, os participantes foram acompanhados através dos endereços de e-mail previamente recolhidos e desafiados a chegar cada vez mais alto, contando sempre com atividades da Associação de Estudantes para os estimularem e ajudarem a alcançar os objetivos a que se propuseram.

Plataformas de apoio ao estudo, indicações sobre o acesso ao Ensino Superior e desejos de boa sorte para todos os momentos de avaliação que os estudantes enfrentaram. O final do ano estava a aproximar-se a passos largos, pelo que todos os certificados de participação foram distribuídos e foi o momento de lançar um novo formulário, destinado a recolher as médias do 3º período dos participantes.

Sendo um concurso que apela ao sentido de responsabilidade e autonomia dos seus concorrentes, o júri, composto por membros da Associação de Estudantes e da Direção do Agrupamento, analisou 57 candidaturas. Os resultados do progresso, dados pelo quociente entre as médias do 3º período dos anos letivos 2020/2021 e 2019/2020, fizeram sobressair 10 estudantes, aos quais foram solicitados comprovativos das suas notas.

Os instrumentos de análise foram novamente utilizados, recorrendo à evolução relativa quando em termos absolutos os valores eram idênticos. Apuraram-se então 6 vencedores (2 do 9º ano de escolaridade, 2 do 11º e 2 do 12º), que serão premiados na Cerimónia de Abertura do ano letivo 2021/2022. Os patrocinadores, a marca Watx and Co e o grupo Pereirinha Ourivesarias, atribuirão um cheque no valor de 100€ em produto a cada vencedor, finalizando assim a 1ª edição da iniciativa.

Contudo, o projeto não acaba aqui. O mote do progresso tem que ser levado mais longe e todos os preparativos se fizeram para que tal aconteça. As arestas foram limadas, o regulamento e todos os processos de inscrição ponderados, as campanhas de divulgação revistas.

A longo prazo, espera-se difundir a iniciativa pelo país, implementando-a noutras escolas. Almeja-se ainda angariar progressivamente mais candidatos, alargando também o número de parceiros e patrocinadores.

Afinal, viver tempos atípicos significa arranjar formas inovadoras de motivar e ser motivado para fazer melhor. E, se ao fazê-lo estivermos a contribuir para a evolução da cidadania e dos resultados académicos dos jovens portugueses, então dizer sim ao progresso é só mesmo o primeiro passo.

 

Pilar Guimarães

Projeto "Quadro de Mérito Evolutivo"

 

 

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Questionário - Consulta Pública da Comissão Europeia - #DigitalDecade4YOUth

Por rui.gaspar — 4 de Outubro de 2021, 10:08
4 Out.

Questionário - Consulta Pública da Comissão Europeia - #DigitalDecade4YOUth

Integrado na visão estratégica para a transformação digital da Europa até 2030, a Comissão Europeia, o Parlamento Europeu e o Conselho da Europa lançam uma consulta pública, através do inquérito por questionário #DigitalDecade4YOUth. Este questionário, que se encontra em língua portuguesa, é dirigido a pais/encarregados de educação, a docentes e a outros agentes educativos.

O inquérito DigitalDecade4YOUth foi baseado nas preocupações de crianças e jovens, relativamente à transformação digital da Europa. Com base na recolha destes dados, e com o objetivo de promover, proteger, respeitar e fazer cumprir os direitos das crianças no mundo digital, será emanado um conjunto de princípios e direitos digitais que irão integrar uma declaração interinstitucional, a publicar no final de 2021. Será igualmente elaborada uma nova Estratégia Better Internet for Kids (BIK), a adotar em 2022, que visam promover, proteger, respeitar e fazer cumprir os direitos das crianças no mundo digital.

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

8.ª Edição Apps for Good Portugal

Por ocastro — 1 de Outubro de 2021, 13:25
1 Out.

8.ª Edição Apps for Good Portugal

O programa educativo Apps for Good convida todos os alunos e professores, dos 5.º ao 12.º anos de escolaridade, a participar, na sua 8.ª edição, com projetos que deem resposta a problemas concretos do quotidiano, integrando soluções tecnológicas inovadoras.

Este programa disponibiliza uma plataforma online, onde os professores, de qualquer grupo de recrutamento, podem desenvolver trabalhos, de forma colaborativa, com os seus alunos, envolvendo-os em causas sociais e de cidadania, ao mesmo tempo que adquirem competências digitais e transversais.

O Apps for Good disponibiliza formação acreditada, bem como um acompanhamento próximo, presencial e/ou a distância, aos que demonstrarem interesse em participar. No final, todos serão convidados a integrar uma competição regional e nacional, onde os alunos terão a oportunidade de apresentar os resultados dos seus trabalhos.

Para informações mais detalhadas e inscrições no programa, aceda aqui.

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Webinar – A importância das redes sociais nas decisões de investimento dos jovens e as criptomoedas.

Por rui.gaspar — 30 de Setembro de 2021, 15:01
30 Set.

Webinar – A importância das redes sociais nas decisões de investimento dos jovens e as criptomoedas.

Este Webinar realiza-se no âmbito da 5ª edição da Semana Mundial do Investidor (WIW na sigla em inglês) que decorre entre 6 e 12 de outubro de 2021. A WIW é uma iniciativa global, promovida pela Organização Internacional de Reguladores de Valores Mobiliários (IOSCO- Internacional Organization of Securities Commissions), com o objetivo de sensibilizar os investidores e a sociedade civil para a importância da educação financeira e da proteção do investidor. Realiza-se em mais de 90 países e tem, este ano, dentro do tópico da digitalização, como temas principais: o investimento pelos jovens, a crescente importância das redes sociais como ferramentas de investimento e de educação financeira, a prevenção da fraude em investimentos financeiros, novos modelos de negócios de intermediação financeira e novas tendências no investimento. Outros assuntos serão também abordados tais como as transações online, conceitos básicos de investimento e criptoativos.

A Semana Mundial do Investidor é o resultado da união de esforços de instituições em diversos países em torno de uma agenda comum para promoção da educação financeira e discussão de temas de interesse da população em geral e dos investidores em particular. A proteção dos consumidores de produtos de investimento passa também pela disseminação do conhecimento e, nesse sentido, a realização de uma iniciativa como esta, de alcance global, é uma grande conquista que impacta milhares de indivíduos.

Assim, à semelhança do Webinar realizado no ano passado, que contou com o apoio e colaboração da DGE, a CMVM vem repetir a iniciativa com a promoção de um novo Webinar, no dia 11 de outubro, entre as 16h:00 e as 17h:00, dirigido sobretudo a professores do ensino secundário, no qual se propõe abordar os temas: “A Importância das redes sociais nas decisões de investimento dos jovens - o efeito gamificação”, “Os riscos do investimento em criptomoedas” e “A CMVM e a Proteção dos Investidores”.

Pode fazer a sua inscrição em: https://dge-me-pt.zoom.us/webinar/register/WN_Rc6DwBpyQX2SQNZErF3ArA

 

A participação neste webinar não pressupõe a emissão de certificado/declaração de participação, nem o envio de documentação.

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Selo de Segurança Digital (eSafety Label) - Ano 2021/22

Por ocastro — 30 de Setembro de 2021, 14:16
30 Set.

Selo de Segurança Digital (eSafety Label) - Ano 2021/22

O Selo de Segurança Digital é uma iniciativa europeia, dirigida a todas as escolas, que visa promover e certificar práticas e políticas de segurança digital.

Trata-se de um serviço europeu de certificação e de apoio que procura promover um ambiente seguro e enriquecedor, bem como o acesso seguro às tecnologias digitais, como parte da experiência de ensino e aprendizagem. Através deste projeto, a Direção-Geral da Educação apoia as escolas (alunos, pais, professores e funcionários), para que possam lidar com todos os aspetos relacionados com a cibersegurança.

Neste ano letivo de 2021/22, o Selo de Segurança Digital (eSafety Label) irá continuar a sua ação em prol da melhoria da segurança digital nas escolas.

Se o seu agrupamento/escola não agrupada tem o Selo de Segurança Digital atribuído e ativo, pode vê-lo renovado ou ser contemplado com um novo selo, se forem cumpridos todos requisitos. Para tal, basta proceder ao envio de recursos e incidentes, diretamente na plataforma.

Caso o seu agrupamento/escola não agrupadas não tenha selo, ou o prazo de validade do selo já se encontra expirado, poderá realizar nova submissão/candidatura, revendo os pontos de segurança (nas áreas: práticas, políticas e infraestruturas). Consulte o Manual de Participação.

O Selo de Segurança Digital é um dos requisitos para o reconhecimento de Selo de Escola eTwinning, do Plano Nacional de Combate ao Bullying e Ciberbullying "Escola Sem Bullying | Escola Sem Violência" e uma das ferramentas de autoavaliação do projeto "Learning Leadership for Change (L2C)".

Relembramos que existe uma equipa de apoio a todo o processo de participação neste projeto (esafetylabel@dge.mec.pt).

Para mais informações, aceda a:

https://www.seguranet.pt/pt/selo-de-seguranca-digital
https://www.esafetylabel.eu/

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Mês Europeu da Cibersegurança – Campanha nas Escolas

Por ocastro — 30 de Setembro de 2021, 14:13
30 Set.

Mês Europeu da Cibersegurança – Campanha nas Escolas

A Direção-Geral da Educação, através do Centro de Sensibilização SeguraNet, e contando com o apoio do Centro Nacional de Cibersegurança, assinala, em outubro, o mês Europeu da Cibersegurança.
A campanha de 2021, que será assinalada com diversos eventos e atividades, por toda a Europa, concentra-se em dois temas:
. First aid (primeiros socorros), orientações sobre o que fazer se alguém for vítima de um ataque ciberataque;
. Fique “ciberseguro” em casa.             
Os principais objetivos da campanha de 2021 passam por garantir que os utilizadores e as organizações estejam bem informados sobre os potenciais riscos de Cibersegurança e que permaneçam seguros online. A intenção geral é a de ajudar os cidadãos da UE a desenvolver uma compreensão básica sobre as questões da privacidade e da segurança online.
Para que este mês seja assinalado na comunidade educativa, convidamos todas as escolas a dinamizarem atividades no âmbito da Cibersegurança, durante os meses de outubro e novembro.
A fim de se poder dar a merecida visibilidade às iniciativas que cada Escola/Agrupamento irá desenvolver, solicita-se que procedam ao registo das mesmas na página de apoio, o que irá permitir a sua georreferenciação.
Registo das Escolas: https://www.seguranet.pt/mes-ciberseguranca-2021/user/register 
Página da campanha: https://www.seguranet.pt/mes-ciberseguranca-2021/ 

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Desafios SeguraNet 2021/2022 - 15.ª edição

Por ocastro — 30 de Setembro de 2021, 14:09
30 Set.

Desafios SeguraNet 2021/2022 - 15.ª edição

A Direção-Geral da Educação promove a 15.ª edição do concurso Desafios SeguraNet dinamizada no âmbito do Centro de Sensibilização SeguraNet. Este concurso contempla quatro categorias, com desafios sobre temas relacionados com a Cidadania Digital, dirigidas, respetivamente, aos 1.º, 2.º, 3.º ciclos do ensino básico e ainda a pais/encarregados de educação. As Escolas podem, desde já, fazer o seu registo com o código de estabelecimento de ensino (DGEEC) no portal SeguraNet. O primeiro desafio ficará disponível no dia 1 de outubro.

No que se refere ao  1.º ciclo do ensino básico, as turmas registadas serão, ao longo do ano, convidadas a responder a três desafios. 

Relativamente ao 2.º e 3.º ciclos do ensino básico, as equipas de alunos e professores poderão responder a um desafio por mês e as equipas de encarregados de educação a desafios trimestrais.

Este concurso é uma iniciativa enquadrada nas ações estratégicas de ensino, orientadas para o Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, definidas nas Aprendizagens Essenciais da disciplina de Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC) e nas Orientações Curriculares para as TIC, no 1.º Ciclo, no domínio da Cidadania Digital. Além disso, as atividades poderão, também, ser dinamizadas no âmbito da disciplina Cidadania e Desenvolvimento, nos domínios: Direitos Humanos; Saúde; Sexualidade; Media, Literacia Financeira e Educação para o Consumo e Segurança, Defesa e Paz e de uma forma transversal e, todos os contextos educativos.

Registo em: http://www.seguranet.pt/pt/desafios

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Novo processo de candidatura para acreditação de Centros de Recursos para a Inclusão

Por rui.gaspar — 5 de Agosto de 2021, 20:49
5 Ago.

Novo processo de candidatura para acreditação de Centros de Recursos para a Inclusão

Encontra-se aberto, entre os dias 6 e 12 de agosto novo processo de candidatura para acreditação de Centros de Recursos para a Inclusão (CRI) nos termos do Aviso n.º 14693-C/21, de 05 de agosto, destinado às entidades que não obtiveram acreditação  a CRI no procedimento de candidatura estabelecido pelo Aviso n.º 9830/2021, de 25 de maio.

Formulário de Candidatura

As instituições que pretendam candidatar-se a acreditação a CRI devem formalizar a sua candidatura através do preenchimento do formulário eletrónico, disponível em: http://area.dge.mec.pt/fccri. O acesso ao formulário eletrónico é efetuado através número de contribuinte da Instituição candidata a CRI.

Comprovação dos requisitos exigidos

Para efeitos de acreditação, para além do preenchimento do formulário eletrónico, é necessária a comprovação dos requisitos estabelecidos nos ponto 5.1 do Aviso n.º 14693-C/2021, através do envio de documentação adicional, impreterivelmente até às 23:59H horas do dia 12 de agosto, para o seguinte endereço eletrónico: candidatura-cri2021@dge.mec.pt

Orientações para a elaboração do relatório favorável

O Aviso n.º 14693-C /2021, no ponto 5.1, alínea b), estabelece como requisito que as instituições candidatas a CRI, apresentem relatório favorável, elaborado pelos agrupamentos de escolas/escolas não agrupadas onde prestaram serviço, relativamente à qualidade dos serviços prestados.

Pretende-se que o relatório favorável, constitua uma apreciação, com base em evidências, do impacto do serviço prestado pela Instituição:

• no apoio ao desenvolvimento das aprendizagens;
• nos resultados das aprendizagens;
• na participação na vida escolar dos alunos;
• no apoio ao desenvolvimento dos processos de transição para a vida pós-escolar (quando aplicável).

O referido relatório não deve ultrapassar as 350 palavras.

Peso: 
-5
✇ Direção-Geral da Educação

Workshop RELANG - 3.ª edição

Por goliveira — 3 de Agosto de 2021, 11:01
3 Ago.

Workshop RELANG - 3.ª edição

A Direção-Geral da Educação vai promover a terceira edição do Workshop dinamizada em parceria com o projeto Relating Language Curricula, Tests and Examinations to the Common European Framework of Reference (RELANG), que se realizará em formato online nos dias 8, 9 e 10 de setembro de 2021, subordinada ao tema Exploring ways to test mediation and pluricultural/plurilingual skills in the classroom.

Neste workshop serão trabalhados os novos referenciais de mediação e pluriculturais/plurilinguísticos do recém-publicado Companion Volume, documento complementar ao Quadro Europeu de Referência para as Línguas. Será solicitado aos participantes que analisem em que medida os currículos de Língua Estrangeira referem estas competências e que localizem competências equiparáveis nos mesmos. Trabalhar-se-ão ainda propostas de atividades de mediação em sala de aula, bem como de testagem de aspetos relacionados com os mencionados referenciais.

Este é um evento de formação internacional que decorre de uma parceria entre a Comissão Europeia e o Centro Europeu de Línguas Modernas, do Conselho da Europa - European Centre for Modern Languages (ECML), visando o desenvolvimento de uma ação conjunta denominada Innovative methodologies and assessment in language learning

Esta Oficina de Formação tem vindo a ser promovida com sucesso, desde 2013, em diversos Estados-Membros da União Europeia. Portugal, representado pela DGE/ME, será pela terceira vez um dos países europeus que aceitaram o desafio de realizar esta iniciativa, que será dinamizada por duas especialistas internacionais em avaliação em línguas estrangeiras. 

Trata-se de uma iniciativa importante para o contexto nacional dos ensinos básico e secundário, em que os participantes irão aprofundar e, a breve prazo, replicar o seu conhecimento sobre os princípios de uma avaliação em línguas estrangeiras que se pretende válida, fiável e alinhada com o modelo de língua preconizado a nível europeu. A atual edição incluirá professores e intervenientes no ensino do Inglês, Francês, Alemão e Espanhol.

Pode consultar o programa nas versões francesa e inglesa abaixo.

[Programa - versão francesa]

[Programa - versão inglesa]

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Programa Escolas Bilingues/Bilingual Schools Programme em Inglês (PEBI) – Abertas as candidaturas

Por goliveira — 3 de Agosto de 2021, 10:17
3 Ago.

Programa Escolas Bilingues/Bilingual Schools Programme em Inglês (PEBI) – Abertas as candidaturas

A Direção-Geral da Educação abriu o processo de candidatura ao PEBI, para estabelecimentos de educação e ensino da rede pública e da rede privada do território continental que ainda não pertençam ao Programa e pretendam vir a implementá-lo em 2021/2022.

A candidatura a submeter deve ter a aprovação dos órgãos de gestão e administração dos estabelecimentos de educação e ensino.

Disponibilizam-se:

Edital
Documento Enquadrador do Programa
Orientações para a implementação do Programa
Formulário de Candidatura 

Para esclarecimentos adicionais sobre o PEBI e/ou a candidatura, poderá contactar a DGE, através do email dsdc@dge.mec.pt.

 

Direção-Geral da Educação
Lisboa, agosto de 2021

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Audiência de Interessados - Entidades candidatas a acreditação de Centros de Recursos para a Inclusão

Por goliveira — 2 de Agosto de 2021, 14:55
2 Ago.

Audiência de Interessados - Entidades candidatas a acreditação de Centros de Recursos para a Inclusão

Em cumprimento do ponto 7.3 do Aviso n.º 9830/2021, publicado no Diário da República, 2.ª série - n.º 101, de 25 de maio de 2021, a Direção-Geral da Educação procede à divulgação de Nota informativa, referente à Audiência de Interessados e à lista provisória de exclusão de duas entidades candidatas a Centros de Recursos para a Inclusão (CRI), por deliberação do Júri de Avaliação, que decorreu na 2.ª reunião do júri, a qual teve lugar nos dias 20 e 23 de julho de 2021, nos termos do citado Aviso.

Nota informativa - Audiência de Interessados

Lista provisória de exclusão de duas  entidades candidatas a Centros de Recursos para a Inclusão 

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Divulgação dos resultados finais das candidaturas a acreditação de Centros de Recursos para a Inclusão (CRI)

Por goliveira — 2 de Agosto de 2021, 14:55
2 Ago.

Divulgação dos resultados finais das candidaturas a acreditação de Centros de Recursos para a Inclusão (CRI)

Em cumprimento do ponto 11, do Aviso n.º 9830/2021, publicado no Diário da República, 2.ª série - n.º 101, de 25 de maio, a Direção-Geral da Educação procede à divulgação das listas finais, homologadas pela Presidente do Júri de Avaliação, por delegação, das instituições acreditadas, bem como das instituições excluídas a Centros de Recursos para a Inclusão (CRI), por deliberação do Júri de Avaliação, que decorreu na 2.ª reunião do júri, a qual teve lugar nos dias  20 e 23 de julho de 2021, nos termos do citado Aviso.

Comunicado

Lista de instituições acreditadas a Centros de Recursos para a Inclusão

Lista de instituições excluídas a acreditação a Centros de Recursos para a Inclusão

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Manual-Escolas da Plataforma das Reapreciações do Ensino Secundário

Por goliveira — 2 de Agosto de 2021, 12:18
2 Ago.

Manual-Escolas da Plataforma das Reapreciações do Ensino Secundário

Já se encontra disponível no sitio do JNE - na área reservada às escolas – Área de Escolas - Manual-Escolas da Plataforma das Reapreciações do Ensino Secundário.

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Sistema de ensino da Escola Europeia/Escolas Europeias Acreditadas e equivalência de habilitações para o sistema educativo português - Guia Informativo e Anexos

Por goliveira — 30 de Julho de 2021, 14:09
30 Jul.

Sistema de ensino da Escola Europeia/Escolas Europeias Acreditadas e equivalência de habilitações para o sistema educativo português - Guia Informativo e Anexos

Em 2015, o Conselho Superior das Escolas Europeias aprovou um novo sistema de avaliação para o nível secundário de educação. Após a sua revisão e atualização, foi elaborada uma tabela atualizada, contendo os novos sistemas de avaliação/classificação do nível secundário da Escola Europeia e das Escolas Europeias Acreditadas (Secondary 1 - S1 a Secondary 7 – S7).

Face a estas alterações, foi elaborado um documento com as tabelas de conversão a aplicar ao novo sistema, bem como um conjunto de procedimentos a ter em conta na concessão de equivalência de habilitações por parte dos órgãos de administração e gestão dos estabelecimentos de ensino públicos, ou de ensino particular e cooperativo dotados de autonomia para o nível de ensino a que é requerida a equivalência, bem como da Direção-Geral da Educação.

Informação mais detalhada pode ser consultada no Guia Informativo e Anexos que aqui se disponibilizam, os quais fazem parte integrante do Ofício Circular n.º 14716/DGE-DSDC-ECE.

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Recomendações para o uso saudável da tecnologia durante as férias escolares

Por goliveira — 28 de Julho de 2021, 14:22
28 Jul.

Recomendações para o uso saudável da tecnologia durante as férias escolares

O Professor Daniel Sampaio, a Professora Ivone Patrão e a Direção-Geral da Educação, no âmbito do Centro de Sensibilização SeguraNet, com o apoio da Geração Cordão e do Instituto de Apoio à Criança, lançam a Campanha “Férias: um lugar tecno saudável!”, que visa sensibilizar crianças e jovens para o uso saudável da tecnologia durante o período das férias escolares. 

Esta campanha, dirigida a pais/encarregados de educação e a todos os agentes educativos, propõe uma viagem a esse lugar especial, onde todos poderão desfrutar de férias em segurança, e onde é privilegiado o bem-estar físico e mental.

Várias figuras públicas aderiram a esta campanha: Pedro Fernandes (humorista, apresentador de televisão), Ana Marques (apresentadora de televisão), Sónia Morais Santos (jornalista e criadora de conteúdos digitais) e Margarida Beja (nutricionista e criadora de conteúdos digitais). Consulte as recomendações para o uso saudável da tecnologia.

Sugere-se que a campanha seja disseminada não só na comunidade educativa, através dos diretores de turma ou professores titulares de turma, que contactam com os pais e encarregados de educação, como também em autarquias, nos programas de férias escolares e nas associações juvenis.

Mais informações em: https://www.seguranet.pt/pt/campanha-ferias-um-lugar-tecno-saudavel

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Prorrogado o prazo para inscrições na IV Edição do Prémio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos

Por goliveira — 28 de Julho de 2021, 11:33
28 Jul.

Prorrogado o prazo para inscrições na IV Edição do Prémio Ibero-Americano de Educação em Direitos Humanos

A OEI e a Fundação SM prorrogaram o prazo para a apresentação de indicações para a quarta edição do Prémio de Educação em Direitos Humanos «Óscar Arnulfo Romero». Até 31 de outubro, escolas e organizações da sociedade civil de 22 países ibero-americanos podem apresentar as suas iniciativas em prol da promoção dos direitos humanos

A OEI e a Fundação SM prorrogaram o prazo de inscrição para a quarta edição do Prémio de Educação em Direitos Humanos Óscar Arnulfo Romero. Projetos de escolas e organizações da sociedade civil que tenham trabalhado em favor do direito à educação, à convivência na escola ou à paz, entre outros, podem ser apresentados até 31 de outubro. Neste sentido, este ano o prémio também destacará iniciativas que visaram garantir o direito à saúde na sala de aula, assim como aquelas que incentivam o papel ativo das instituições de ensino e das organizações da sociedade civil na superação dos novos desafios educacionais gerados pela crise da COVID-19.

Poderão participar desta quarta edição projetos de Andorra, Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, República Dominicana, Equador, El Salvador, Espanha, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, Portugal, Porto Rico e Uruguai.

Um júri selecionará uma experiência vencedora por categoria (escolas e organizações da sociedade civil), por país participante, e anunciará a decisão em novembro. Os termos e condições da convocatória estão disponíveis no site da OEI. Os vencedores da fase nacional continuarão concorrendo na fase internacional, onde os ganhadores de cada categoria serão premiados com 5 mil dólares, cada um, para investir nas iniciativas apresentadas, durante um evento especial que será realizado como parte do IV Seminário Internacional de Educação em Direitos Humanos, cuja data será anunciada nos próximos meses.

Aceda aqui ao Edital do Prémio. 

 

Fonte: OEI

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Programa Estratégico do Desporto Escolar 2021-2025

Por goliveira — 28 de Julho de 2021, 11:08
28 Jul.

Programa Estratégico do Desporto Escolar 2021-2025

O Programa Estratégico do Desporto Escolar para o próximo quadriénio já pode ser consultado. Fruto dum trabalho intensivo de avaliação das atividades desenvolvidas nos últimos anos, auscultação e discussão com vários stakeholders, foi possível construir um documento basilar para o desenvolvimento do Desporto Escolar até 2025.

O presente documento apresentará diretrizes para um envolvimento das comunidades na escola, tirando partido do seu espaço, dos materiais e da sua organização para contribuir para o objetivo do Governo de “colocar o país no lote das quinze nações europeias com cidadãos fisicamente mais ativos, na próxima década” (XXII Governo Constitucional, 2019).

Este Programa Estratégico irá centrar-se na participação e envolvimento dos alunos, incentivando a que a organização e planeamento de atividades possa ser efetuada num processo de codecisão e de cogestão no seio das atividades do Desporto Escolar (Conselho da União Europeia, 2021). O programa 2017-2021 ficou marcado pela pandemia COVID-19, com impacto profundo nas atividades do Desporto Escolar nos anos letivos de 2019/2020 e 2020/2021. A intermitência de atividades letivas e não letivas presenciais, bem como a suspensão de todas as atividades competitivas extraescolares, conduziram a alguma quebra de vínculo dos alunos ao Desporto Escolar, pelo que será determinante recuperar os alunos, envolvendo-os não apenas nas atividades, mas no processo de decisão e gestão das mesmas.

Importa refletir que o confinamento nas idades mais jovens tem um efeito muito negativo na sua saúde e bem-estar, não apenas pela redução significativa na atividade física, mas principalmente pelo seu impacto nas relações sociais, tão características destas idades. Neste sentido, é fundamental que, no próximo quadriénio, os professores do Desporto Escolar possam priorizar o envolvimento dos alunos em prol da sua saúde e bem-estar, com relevância para o psicológico.

Assumiremos este novo projeto, com vista à promoção dos valores do desporto, com enfase para a igualdade, inclusão e fair-play, em que os alunos do Desporto Escolar de cada escola elaboram o seu “Compromisso de Crianças e Jovens para a Ética no Desporto”. Neste compromisso, os alunos do Desporto Escolar irão contruir e assumir um compromisso que reflita valores éticos e comportamentos de fair-play no desporto.

Para além das alterações que estão previstas para quadriénio de 2021-2025, o Desporto Escolar continuará a apostar em projetos de sucesso, como os Centros de Formação Desportiva, o DE sobre rodas, o projeto de juízes-árbitros ou a formação de professores.

O documento pode ser consultado na íntegra AQUI.

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Webinar "Repositioning learning at the core of the transformation for education: Towards a 21st century curriculum."

Por goliveira — 8 de Julho de 2021, 15:06
8 Jul.

Webinar "Repositioning learning at the core of the transformation for education: Towards a 21st century curriculum."

No dia 13 de julho de 2021, das 17:00 às 18:30 (Hora de Paris, UCT +2) realizar-se-á o webinar "Repositioning learning at the core of the transformation for education: Towards a 21st century curriculum". 

Esta iniciativa, desenvolvida em articulação estreita entre o International Bureau of Education (IBE - UNESCO) e a Organization for Economic Co-operation and Development (OECD), tem como primeiro objetivo apresentar as conclusões do relatório intitulado "What Students Learn Matters. Towards a 21st Century Curriculum". Visa ainda promover o diálogo construtivo sobre o currículo no século XXI. 

Nota concetual e agenda - En | Fr | Es

Informações adicionais

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Formação sobre Competências digitais no ensino das línguas - 12 a 16 de julho

Por goliveira — 8 de Julho de 2021, 14:58
8 Jul.

Formação sobre Competências digitais no ensino das línguas - 12 a 16 de julho

A Associação Portuguesa dos Professores de Francês (APPF) vai realizar uma formação sobre Competências digitais no ensino das línguas, a qual vai decorrer de 12 a 16 de julho 2021.

Esta formação destina-se aos professores dos grupos de recrutamento 200, 210, 300, 320, 330 e 350, terá a duração total de 12 horas e está devidamente acreditada pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua (0,5 créditos).

A formação vai realizar-se online, através da plataforma Zoom, de acordo com o seguinte horário:

Trata-se de uma iniciativa de grande relevância para os professores dos grupos acima identificados, permitindo dar melhor resposta aos desafios atuais e futuros. 

Os professores interessados poderão consultar os valores de inscrição e fazer a respetiva inscrição aqui. As inscrições serão consideradas pela APPF por ordem de chegada e de acordo com as vagas existentes para a formação em causa.

Para informações complementares, os interessados deverão contactar a Associação.

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Despacho n.º 6605-A/2021

Por goliveira — 6 de Julho de 2021, 10:53
6 Jul.

Despacho n.º 6605-A/2021

Foi publicado o Despacho n.º 6605-A/2021, de 6 de julho, que procede à definição dos referenciais curriculares das várias dimensões do desenvolvimento curricular, incluindo a avaliação externa.

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Webinar “Como lidar com as tecnologias no período de férias”

Por goliveira — 6 de Julho de 2021, 09:54
6 Jul.

Webinar “Como lidar com as tecnologias no período de férias”

O Instituto de Apoio à Criança (IAC) promove, no dia 8 de julho, entre as 10h30 e as 12h30, o Webinar “Como lidar com as tecnologias no período de férias”, que contará com a presença de Daniel Sampaio e de Ivone Patrão. Este webinar, que integra o ciclo de formação interna do IAC, insere-se na campanha “Férias: um lugar tecno saudável!” (https://www.seguranet.pt/pt/campanha-ferias-um-lugar-tecno-saudavel) promovida pela Direção-Geral da Educação, com o apoio do IAC e da Geração Cordão.

O período de férias escolares chegou e com ele a preocupação de muitos pais e profissionais relativamente ao uso das tecnologias por parte das crianças e dos adolescentes.

É certo que, num mundo cada vez mais digital, os mais jovens sentem a necessidade de estarem atualizados e conectados, especialmente se pensarmos no momento atual, marcado pela pandemia e pelo distanciamento social, que nos incentiva a usar estes recursos para nos relacionarmos com o outro.

Para participar no webinar é necessário fazer a inscrição através do link: https://forms.gle/cvNpq3Y28sLin7958

Peso: 
0
✇ Direção-Geral da Educação

Encontro Regional do PEEA | Trás-os-Montes

Por goliveira — 5 de Julho de 2021, 16:12
5 Jul.

Encontro Regional do PEEA | Trás-os-Montes

Macedo de Cavaleiros e Mirandela

A Equipa de Educação Artística (EEA) da Direção-Geral da Educação (DGE), nos dias 28 e 29 de junho, promoveu um Encontro Regional do Programa de Educação Estética e Artística (PEEA) em Trás-os-Montes — um território singular na educação, na arte e na cultura. 

Este encontro, dinamizado pela embaixadora de Bragança Inês Falcão, teve início em Macedo de Cavaleiros com a assinatura de Protocolo de colaboração entre a DGE|PEEA e a Câmara Municipal. Contou com a presença da Subdiretora-Geral da Educação Maria João Horta, o Presidente do Município Benjamim Rodrigues, a Coordenadora do Programa Carla Rosa e o Diretor do Agrupamento de Escolas Paulo Dias, no auditório do Centro Cultural desta cidade. Para assinalar a importância do acordo os alunos do AE de Macedo de Cavaleiros apresentaram um momento musical de extraordinária qualidade.

Em seguida, realizou-se uma visita à exposição de trabalhos dos alunos do 1.º ciclo, no âmbito dos Domínios de Autonomia Curricular, na Biblioteca Municipal. O momento contou com a presença de professores e alunos, que apresentaram os seus trabalhos, alusivos à mostra das práticas educativas que contemplam diferentes áreas do conhecimento.

Em continuidade, na Escola Básica, do referido AE, a Equipa de Educação Artística da DGE apresentou mais uma atividade do recurso educativo do PEEA, a uma turma do 3.º ano, A Natureza das Coisas — Caixa de Imagens do Mundo. A ação promovida junto dos alunos abordou o tema do Azul na natureza e no mundo que nos rodeia. 

Mais tarde foi inaugurada a exposição, no Museu de Arte Sacra de Macedo de Cavaleiros, de trabalhos realizados pelas crianças e alunos da educação pré-escolar e do 1.º ciclo do ensino básico, que participaram na iniciativa PEEA, O Museu Vai à Escola, por ocasião do Dia Internacional dos Museus.

Posteriormente, já em Podence, este evento marcou presença na Casa do Careto, onde se pode ver a tradição de uma prática social associada ao final do inverno e à chegada da primavera, hoje considerada Património Imaterial da Humanidade pela UNESCO. E, por fim, neste primeiro dia o encontro terminou no Parque Natureza do Azibo. Paisagem protegida de beleza natural prodigiosa, com o seu imenso lago.

No dia seguinte, este Encontro Regional marcou presença em Mirandela, para assinatura de mais um Protocolo de colaboração e desenvolvimento do PEEA com este município, enriquecido com a interpretação e execução de uma obra musical de Bach em violoncelo por um aluno da ESPROARTE (Escola Profissional de Arte de Mirandela).

Nesta cidade, a Equipa de Educação Artística assinalou a sua visita com a atividade Canta-me Histórias — Caixa de Imagens do Mundo, com as crianças de uma turma do Jardim de Infância e ainda uma visita guiada ao Museu Municipal Armindo Teixeira Lopes. 

O Protocolo foi firmado nos Paços do Concelho por Maria João Horta, Subdiretora-Geral da DGE e Orlando Pires, Vice-Presidente da Câmara Municipal de Mirandela.

Peso: 
0
❌