Noticias em eLiteracias

🔒
✇ ERTE

Premiadas Aplicações Criadas por Alunos Apps for Good - 8.ª edição

Por ocastro — 29 de Setembro de 2022, 08:37
apps for good
29.09.22

Decorreu no passado dia 20 de setembro, na Fundação Calouste Gulbenkian, o evento final do Apps for Good, 8.ª edição.

Alunos e professores apresentaram, numa sala plenária, os seus projetos, em pitch de 3 minutos cada. Além disso, num MarketPlace, cada equipa teve  um espaço próprio para  mostrar, em pormenor,   o seu produto/projeto aos convidados  

A Collect Oil, +Por Si e For Disability foram as aplicações que obtiveram o primeiro prémio atribuído a alunos do ensino básico e a alunos do ensino secundário, respetivamente.  A Collect Oil, concebida por uma equipa de alunos da Escola Básica Dr. Francisco Sanches, em Braga, é uma  aplicação pensada para proteger o meio ambiente, através da recolha e reciclagem de óleo - com contrapartida de desconto na fatura da água.  

Quanto à +PorSi, trata-se de uma ideia desenvolvida pela equipa da Escola Secundária de Sacavém e que se apresenta como solução para facilitar a comunicação entre cidadãos e Junta de Freguesia de Sacavém, para reportar problemas, pedir apoios, publicar objetos para doação e inscrição em voluntariado.

Entre os outros vencedores, destacam-se, ainda, as soluções que promovem uma maior participação das raparigas na área das tecnologias e que teve como vencedora a jovem aluna Carolina Vale, da Escola Secundária de Molelos – Tondela, com a solução For Disability, destinada a ajudar pessoas com deficiência e respetivos tutores com dicas e sugestões para casos de emergência, apoio médico e alimentação. A Young Digital Women da Synopsys foi atribuída a Francisca Rodrigues, da Escola Secundária D. Maria II – Braga, pelo desenvolvimento da  solução LP&G que pretende abordar a Língua Portuguesa e a Língua Gestual Portuguesa de forma mais interativa e lúdica.

O Apps for Good, que tem como principal foco a criação de aplicações por parte de alunos do 5.° ao 12.° ano de escolaridade, contou, nesta edição nacional, com mais de 600 alunos e 180 soluções tecnológicas.

Slider Text: 
Premiadas Aplicações Criadas por Alunos Apps for Good - 8.ª edição
✇ ERTE

O ensino da Informática nas escolas da Europa

Por ocastro — 28 de Setembro de 2022, 15:49
informatics education
28.09.22

Acaba de ser divulgado o relatório O ensino da Informática nas escolas da Europa, documento que contribui para a construção de um entendimento comum sobre o ensino da informática, uma vez que resulta da análise comparativa das abordagens curriculares e dos resultados de aprendizagem dos alunos dos diversos ciclos de ensino, em toda a Europa. Além disso, aborda aspetos relacionados com as qualificações dos professores, as oportunidades de formação e outras medidas de apoio. 

Apesar de se tratar de uma disciplina relativamente recente, e a designação variar consoante o país, o ensino da informática é essencial para dotar as crianças e os jovens das competências necessárias para que possam participar ativamente, de forma responsável e segura, nas nossas sociedades cada vez mais digitais e orientadas para as tecnologias. 

“Quando é que os alunos iniciam o estudo da informática na Europa? Qual o foco do ensino desta disciplina na escola? São exigidas qualificações específicas aos professores?”  São questões 

de relevo, quando constatamos que a crise pandémica - COVID-19 – marcou um ponto de viragem na educação digital e veio sublinhar a necessidade de se desenvolverem e implementarem medidas políticas nesta área. 

O relatório baseia-se em informação legislativa e outros documentos de orientação oficiais recolhidos pelos membros da Rede Eurydice (i.e., os 27 Estados-Membros da UE e ainda a Albânia, Bósnia-Herzegovina, Suíça, Islândia, Listenstaine, Montenegro, Macedónia do Norte, Noruega, Sérvia e Turquia). 

Link de aceso ao relatório:  https://eurydice.eacea.ec.europa.eu/publications/informatics-education-school-europe 

Slider Text: 
O ensino da Informática nas escolas da Europa
✇ ERTE

Webinar "Jogar para aprender" - RED - 1. ciclo

Por ocastro — 27 de Setembro de 2022, 17:22
RED - 1. ciclo
27.09.22

Realiza-se no próximo dia 6 de outubro o Webinar “Jogar para aprender”. A sessão, a decorrer entre as 18h30 e as 20h, conta com a participação das equipas de autores dos Recursos Educativos Digitais (RED) – 1.º Ciclo e terá como moderador o Professor José Lagarto, da Universidade Católica Portuguesa. Esta iniciativa, promovida pela Direção-Geral da Educação, é dirigida aos docentes do 1.º ciclo e aberta a todos os interessados, mas sujeita a inscrição prévia em https://bit.ly/Inscricoes-Webinar-RED

De acesso livre, os RED - 1.ºciclo constituem-se como um valioso auxiliar para a definição de estratégias pedagógicas de apoio à aprendizagem, abrangendo diversos temas/domínios das áreas curriculares de Matemática, Ciências Experimentais e Português, tendo sido desenvolvidos e validados por especialistas das áreas das didáticas específicas e por especialistas multimédia. A DGE disponibiliza, ainda, um conjunto de guiões de apoio à exploração didática dos jogos.

Os RED - 1.ºciclo assentam numa forte componente lúdica e estão concebidos de forma a promover a autonomia das crianças, sendo facilmente acessíveis, através de computadores, smartphones e/ou tablets, em https://redge.dge.mec.pt/ilha/periscopio/home

Para mais informações, aceda a: https://redge.dge.mec.pt/site

Vídeo de divulgação

 

Slider Text: 
Webinar "Jogar para aprender" - RED - 1. ciclo
✇ ERTE

Academia Digital para Pais – 3.ª edição Candidatura até 30 de setembro

Por ocastro — 24 de Setembro de 2022, 10:46
academia de pais
24.09.22

O Programa Academia Digital para Pais é uma iniciativa da E-Redes em parceria com a Direção-Geral da Educação, a qual pretende capacitar os pais/encarregados de educação de alunos a frequentarem o ensino básico, com as competências digitais que permitam acompanhar os seus educandos, no quadro de uma sociedade cada vez mais digital. 

Esta terceira edição do Programa alarga agora o seu espetro de ação, em termos formativos, com o lançamento do Curso - Consumidor Digital, pretendendo sensibilizar os cidadãos para a importância de adotarem atitudes críticas e conscientes, de modo a adotarem comportamentos que favoreçam a poupança de energia e um consumo adequado de recursos naturais. 

Numa fase de acentuada transição digital da sociedade, na qual também  se incluem as escolas, não só no que se refere ao desenvolvimento de processos de modernização tecnológica, numa ótica de desenvolvimento organizacional, mas também no que concerne à integração transversal das tecnologias digitais nas diferentes áreas curriculares dos ensinos básico e secundário, com vista à melhoria contínua da qualidade das aprendizagens, torna-se fundamental que os  pais/encarregados de educação estejam aptos a  acompanhar os seus educandos numa utilização segura das tecnologias digitais, das redes e da Internet. 

Mais informações e inscrições emhttps://www.dge.mec.pt/academia-digital-para-pais-3a-edicao. 

Candidaturas até 30 de setembro de 2022. 

No caso de persistir alguma dúvida, não hesite em contactar-nos, através do endereço de correio eletrónico: eamdc@dge.mec.pt 

Slider Text: 
Candidatura até 30 de setembro
✇ ERTE

IV Global StopCyberbullying Telesummit 3 a 31 de outubro 2022

Por ocastro — 21 de Setembro de 2022, 07:18
bulling e syberbulling
21.09.22

No decorrer do próximo mês de outubro, assinala-se o Mês Europeu da Cibersegurança e o Mês da Prevenção e Combate ao Bullying. Assim, durante esse período, Cristiane Miranda, Sónia Seixas e Tito de Morais organizam e promovem a 4.ª Edição da Global StopCyberbullying Telesummit, um evento online, com a participação de diversos especialistas de renome que nos irão falar sobre como prevenir, identificar, intervir e combater o bullying e o cyberbullying, abordando temas como: 

-tecnologias de prevenção e combate ao cyberbullying;
-prevenção do suicídio e dos comportamentos autolesivos na Internet;
-educação positiva e educação para a paz;
-comunicação não violenta;
-bullying nos videojogos;
-violência sexual baseada em imagens;
-bullying no desporto. 

A sessão inaugural contará com a participação de Sua Excelência o Sr. Presidente da República Portuguesa, Professor Marcelo Rebelo de Sousa. 

Programa, registo e mais informações em: https://cyberbullying.pt/ 

 

 

Slider Text: 
IV Global StopCyberbullying Telesummit 3 a 31 de outubro 2022
✇ ERTE

ubbu abre vagas gratuitas para as escolas poderem ensinar a programar

Por luis.ferreira — 20 de Setembro de 2022, 13:20
ubbu
20.09.22

Com a missão social de preparar todas as crianças para uma nova sociedade digital, através do ensino da Ciência da Computação e Programação, a ubbu é um projeto que coloca ao dispor das escolas uma plataforma online que poderá ser utilizada na sala de aula ou à distância.

Concebida para ser utilizada pelos professores, independentemente da disciplina que lecionam, estes serão capazes de ensinar programação aos seus alunos, recorrendo a jogos, vídeos e exercícios interativos integrados num currículo de 90 aulas, divididos por 3 níveis, cujos conteúdos estão alinhados com os de outras disciplinas, como Matemática, Ciências ou Português e, ainda, com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável das Nações Unidas.

Em 2021/2022, nas escolas públicas do Continente, inscreveram-se na plataforma 1.656 professores, um crescimento superior a 30% face ao ano anterior, de 440 agrupamentos, 35.422 alunos e 873 professores utilizaram, regularmente, a ubbu, realizando cerca de 6M de atividades.  A avaliação dos professores é muito positiva em todas as vertentes do projeto, desde a inscrição e formação ao impacto nos alunos e ao suporte ao longo do ano.
Com este projeto, pretende-se contribuir para o posicionamento de Portugal na vanguarda do desenvolvimento do pensamento computacional e da literacia digital dos alunos das escolas públicas, do 1.º e 2.º ciclos do Ensino Básico, contando para isso com o apoio da Direção-Geral da Educação.

As escolas e os professores interessados em participar no ano de 2022/2023 podem inscrever-se acedendo a: links.ubbu.io/2022-23. O uso da plataforma é gratuito para todas as escolas públicas do Continente, incluindo, ainda, formação acreditada pela Associação Nacional de Professores de Informática (ANPRI).
Para mais informações sobre a ubbu, consulte a apresentação anexa, o site oficial, página de Facebook ou canal de YouTube. Poderá ainda recorrer ao endereço eletrónico ola@ubbu.io.

Slider Text: 
ubbu abre vagas gratuitas para as escolas poderem ensinar a programar
✇ ERTE

Code Week - 8 e 23 de outubro 2022

Por ocastro — 14 de Setembro de 2022, 09:50
codeweek1
14.09.22

A Direção-Geral da Educação (DGE) associa-se, uma vez mais, à iniciativa Code Week – Semana Europeia da Programação, que irá decorrer entre 8 e 23 de outubro.Pensando nos desafios que a Robótica e a Programação nos colocam, assim como a motivação e entusiasmo revelados pelos alunos nestas áreas, convidam-se todos os professores a envolver a sua escola na organização de um evento/atividades.  Assim, o desafio lançado pode contemplar:

  • Um dia aberto;
  • Uma conferência com um especialista;
  • Um workshop para colegas/alunos ou qualquer outra atividade relacionada com a temática.

Esperamos pelas vossas propostas para integrarem a vossa escola numa comunidade que fomenta a colaboração, o trabalho de equipa e a reflexão, envolvendo todo o processo criativo entre alunos e professores no âmbito da Robótica e da Programação.
Pedimos que registem a (s) vossas atividades (s) no mapa da Semana Europeia da Programação.
Todos os participantes receberão um certificado emitido pela Comissão Europeia.  
Dado que a Code Week comemora 10 anos, os certificados terão a classificação de Excelente, desde que trabalhem colaborativamente - pelo menos 10 participantes ou entre 3 países
Caso necessite de apoio, consulte o site da iniciativa e encontrará alguns exemplos de atividades que poderá realizar, na sua escola.

Para mais esclarecimentos ou informações sobre a Semana Europeia da Programação, contacte: codeweek@dge.mec.pt

Contamos com a vossa presença!

 

Slider Text: 
Code Week - 8 e 23 de outubro 2022
✇ ERTE

MOOC da European Schoolnet - Codeweek Bootcamp

Por ocastro — 13 de Setembro de 2022, 10:45
CodeWeek
13.09.22

O MOOC da European Schoolnet Codeweek Bootcamp (campo de treino) (Bootcamp) foi criado no âmbito da iniciativa Code Week e pretende, de um modo muito prático fornecer aos docentes da Educação Pré-Escolar e dos Ensinos Básico e Secundário ideias práticas, ferramentas e recursos para os ajudar a trazer a codificação e o pensamento computacional para a sala de aula. 

Este MOOC tem início a 10 de outubro, é disponibilizado em inglês, e é composto por quatro módulos temáticos. Os professores participantes nesta formação online serão convidados a conhecer a iniciativa Codeweek da UE e as oportunidades que esta pode oferecer. Poderão ainda estabelecer contacto com pares com os mesmos interesses e tornar-se parte de uma comunidade que fomenta a colaboração, o trabalho de equipa e o intercâmbio de boas práticas e estimula a discussão e a reflexão.

Consulte mais informação sobre este MOOC.

Assista ao vídeo promocional.

Consulte o infográfico deste MOOC.

 

Slider Text: 
MOOC da European Schoolnet - Codeweek Bootcamp
✇ ERTE

MOOC da European Schoolnet Academy - Beyond Networking: School-to-School Mentoring for Digital Innovation – MenSI

Por ocastro — 13 de Setembro de 2022, 10:41
mensi
13.09.22

Enquadrado pelo projeto europeu MenSI* (Mentoring for School Improvement) irá ser lançado no próximo dia 17 de outubro, com a duração de 5.5 semanas, um novo MOOC da European Schoolnet Academy. Este MOOC, composto por quatro módulos e disponibilizado em língua inglesa, destina-se a professores de todas as disciplinas e níveis de ensino, às lideranças escolares, coordenadores digitais e formadores interessados em explorar abordagens de mentoria inovadoras destinadas à escola como um todo (whole-school) bem como estratégias de trabalho em rede (networking).  

Página de apresentação do MOOC.

Vídeo promocional.

Consulte o infográfico deste MOOC.

*O projeto MenSI (Mentoring for School Improvement), financiado pela EU, tem como objetivo realizar uma investigação pan-europeia em que se pretende investigar de que forma as diferentes abordagens à mentoria podem apoiar a integração de práticas pedagógicas inovadoras com recurso ao digital, em escolas básicas e secundárias. Contando com o envolvimento dos Ministérios da Educação de seis países (Bélgica-Flandres, Croácia, Itália, Hungria, Portugal e República Checa), o projeto MenSI integrará uma rede de 24 Escolas Mentoras que irão trabalhar em parceria com 96 Escolas Mentoradas. As atividades desta rede de escolas parceiras decorrerão durante o ano letivo de 2021-2022 (de setembro de 2021 a junho de 2022).

O projeto procura escolas mentoras e mentoradas:

  • Mentora - Escola com forte compromisso e experiência na utilização inovadora das Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC), no âmbito das práticas de ensino-aprendizagem, de desenvolvimento profissional e de administração e gestão escolar. 
  • Mentorada - Escola onde as TIC ainda não são utilizadas de uma forma sistemática e consistente, mas que evidencia uma forte motivação e interesse em desenvolver as suas competências digitais.
Slider Text: 
MOOC da European Schoolnet Academy - Beyond Networking: School-to-School Mentoring for Digital Innovation – MenSI
✇ ERTE

“Learning from the Extremes” - Candidatura a financiamento da Comissão Europeia

Por ocastro — 1 de Setembro de 2022, 11:24
extremes
01.09.22

A Direção-Geral da Educação (DGE) e o NUCLIO – Núcleo Interativo de Astronomia e Inovação em Educação são parceiros do projeto europeu “Learning from the Extremes – A Rural Schools Innovation Roadmap”, cofinanciado pela Comissão Europeia, que tem como objetivo apoiar as escolas de áreas remotas e de baixa densidade populacional, tendo em vista o seu desenvolvimento digital, ao nível da aquisição de equipamentos, recursos educativos e capacitação digital dos docentes, complementando as iniciativas Plano de Transição Digital e Escola Digital em curso, a nível nacional.

Para se poderem candidatar a este financiamento, as escolas devem estar situadas em Unidade Locais Administrativas (Local Administrative Units - LAU) classificadas com nível de urbanização igual a 3, do NUTS de 2021. Esta informação pode ser consultada em:
https://ec.europa.eu/eurostat/web/nuts/local-administrative-units.

O financiamento (máximo 20.000€) destina-se à aquisição de infraestruturas e ferramentas digitais, bem como a formação de docentes no âmbito da capacitação digital.

As escolas podem apresentar as suas candidaturas devidamente fundamentadas até 30 de setembro 2022 (17:00 CEST), utilizando o endereço eletrónico call@learningfromtheextremes.eu. As candidaturas deverão ser apresentadas em língua inglesa e serão avaliadas por um júri europeu.

Para mais informações, aceda a: https://learningfromtheextremes.eu/calls/

Documentação para a candidatura em português:

https://www.learningfromtheextremes.eu/files/CALL/Guide_Translations/LfE_OpenCall4RemoteSchools_PT_final.pdf 

Os interessados em conhecer melhor o processo de candidatura, poderão assistir a sessões de esclarecimento, inscrevendo-se através do link https://forms.office.com/r/NR6Fz5aQTS .

As próximas sessões de esclarecimento terão lugar nos dias: 12/9 (16h), 15/9 (11h), 20/9 (15h) e 21/9 (10h).

Slider Text: 
“Learning from the Extremes” - Candidatura a financiamento da Comissão Europeia
✇ ERTE

Selo Nacional de Qualidade eTwinning 2022

Por ocastro — 19 de Agosto de 2022, 15:55
selo qualidade
19.08.22

O projeto eTwinning permite, anualmente, que os professores que desenvolvem projetos eTwinning com os seus alunos os possam candidatar à obtenção de um Selo Nacional de Qualidade (SNQ), o qual reconhece a qualidade do projeto de acordo com cinco critérios: colaboração entre escolas parceiras; utilização do digital em contexto educativo; abordagens pedagógicas; integração curricular; resultados e documentação.

No presente ano letivo, foram apresentadas, em Portugal, 1276 candidaturas para avaliação, tendo a Organização Nacional de Apoio eTwinning / Direção-Geral da Educação reconhecido 1097 dessas candidaturas com Selo Nacional de Qualidade em 2022, correspondentes a 727 projetos desenvolvidos em 323 estabelecimentos de ensino (Lista neste LINK). Relativamente a 2021, verificou-se um aumento de cerca de 14% de projetos reconhecidos com SNQ.

Muitos parabéns a todos os alunos, professores e outros agentes educativos envolvidos nos projetos reconhecidos!

O projeto eTwinning permite, anualmente, que os professores que desenvolvem projetos eTwinning com os seus alunos os possam candidatar à obtenção de um Selo Nacional de Qualidade (SNQ), o qual reconhece a qualidade do projeto de acordo com cinco critérios: colaboração entre escolas parceiras; utilização do digital em contexto educativo; abordagens pedagógicas; integração curricular; resultados e documentação.

No presente ano letivo, foram apresentadas, em Portugal, 1276 candidaturas para avaliação, tendo a Organização Nacional de Apoio eTwinning / Direção-Geral da Educação reconhecido 1097 dessas candidaturas com Selo Nacional de Qualidade em 2022, correspondentes a 727 projetos desenvolvidos em 323 estabelecimentos de ensino Relativamente a 2021, verificou-se um aumento de cerca de 14% de projetos reconhecidos com SNQ.

Muitos parabéns a todos os alunos, professores e outros agentes educativos envolvidos nos projetos reconhecidos!

Slider Text: 
Selo Nacional de Qualidade eTwinning 2022
✇ ERTE

Olimpíadas Internacionais de Informática 2022

Por ocastro — 17 de Agosto de 2022, 11:38
olimpíadas internacionais de Informática
17.08.22

A 34.ª edição das Olimpíadas Internacionais de Informática (IOI) decorreu na Indonésia, entre 7 e 15 de agosto de 2022.

Dos quatro melhores alunos portugueses que lutaram por uma medalha - Tiago Marques (Colégio Internato Claret, em Vila Nova de Gaia), Jorge Costa (Colégio de Santa Doroteia, Lisboa), Tomás Faria (Colégio Moderno, Lisboa) e Tiago Sousa (Escola Secundária de São João do Estoril, em Lisboa)-, receberam Menção Honrosa os alunos Tiago Marques e Jorge Costa.

Os alunos chegaram à Indonésia no dia 7 e deram início à competição na quarta-feira, dia 10 de agosto. As provas decorreram em dois dias: o primeiro, já mencionado, e o segundo no dia 12.

A acompanhar os alunos esteve o professor Pedro Ribeiro, Team Leader, Duarte Nóbrega (ex-­concorrente), Deputy Leader, e Kevin Pucci (ex-concorrente). 

Este ano, a prova realizou-se em formato híbrido, onde 278 alunos estiveram presencialmente na Indonésia e 79 participaram a partir dos seus países, num total de 88 países ou regiões. Portugal participa neste evento desde 1992, enviando os seus melhores alunos, selecionados através das Olimpíadas Nacionais de Informática, organizadas pela APDSI - Associação para a Promoção e Desenvolvimento da Sociedade de Informação.

As provas dos alunos portugueses puderam ser acompanhadas através da página oficial de Facebook das Olimpíadas Internacionais de Informática.

Muitos parabéns a todos os alunos portugueses participantes!

Links úteis:

Slider Text: 
Portugal marca presença na prova internacional e conquista duas Menções Honrosas
✇ ERTE

Estudantes e conhecimento digital - Resultados do questionário ySKILLS (2021)

Por ocastro — 17 de Agosto de 2022, 11:32
youth Skills
17.08.22

No âmbito do projeto europeu ySKILLS, que tem como objetivo a investigação acerca da aquisição de competências digitais pelos adolescentes, foi realizada uma ação pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa, em parceria com o Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), durante o decorrer das feiras de Educação Futurália e Qualifica. Os resultados desta ação podem ser consultados neste infográfico.

A grande confiança nos amigos como fonte e curadores de informação é um dos resultados mais notórios do quiz proposto sobre a utilização da Internet, com enfoque nas redes sociais, e que foi respondido por  alunos abrangidos pela escolaridade obrigatória 

Estes resultados podem ser comparados com os do estudo em curso em Portugal e convidam à sua interpretação e discussão com os alunos, uma vez que as respostas obtidas mostram que os jovens continuam a revelar algumas lacunas de conhecimento não só no que se refere ao funcionamento da Internet, mas também na avaliação crítica acerca do impacto social das suas práticas digitais.

Slider Text: 
Estudantes e conhecimento digital - Resultados do questionário ySKILLS (2021)
✇ ERTE

Nota de pesar

Por ocastro — 8 de Agosto de 2022, 10:16
prof.José Luís Pires Ramos
08.08.22

A Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas da Direção-Geral da Educação vem manifestar publicamente o mais profundo pesar pelo falecimento de José Luís Pires Ramos, Doutor em Ciências da Educação pela Universidade de Évora e Mestre em Tecnologia Educativa pela Universidade de Salamanca. Professor e investigador do Centro de Investigação em Educação e Psicologia na Universidade de Évora, com trabalho da maior relevância nos campos da integração das TIC no currículo e na aprendizagem, formação de professores em TIC, conceção, desenvolvimento e avaliação de software e recursos educativos em suporte digital, pensamento computacional na escola, no currículo e na aprendizagem, entre muitos outros. Coordenador do Centro de Competência TIC da Universidade de Évora, ligado ao Projeto Minerva desde o seu início. Participou em projetos de investigação e desenvolvimento nacionais e internacionais e tem inúmeros artigos científicos e pedagógicos nos domínios assinalados. Coordenador e coautor de vários estudos nacionais no domínio das TIC em Educação, desenvolvidos em colaboração com a Direção-Geral da Educação. Participou igualmente na implementação de iniciativas da ERTE/DGE, no quadro do Plano de Transição Digital em curso a nível nacional. Deixa-nos um legado de conhecimento e de competência. Deixa-nos a saudade da pessoa generosa, curiosa, inteligente, perspicaz, disponível, que deu profundos contributos para o desenvolvimento da Educação em Portugal.

Slider Text: 
Nota de pesar
✇ ERTE

Módulos de Formação de Docentes desenvolvidos no âmbito do Programa de Digitalização para as Escolas

Por ocastro — 27 de Julho de 2022, 11:41
Módulos de Formação de Docentes
27.07.22

No sentido de disponibilizar novos recursos de referência para a preparação e dinamização das oficinas de formação desenvolvidas no âmbito do Programa de Digitalização para as Escolas, a Direção-Geral da Educação (DGE) disponibiliza Módulos de Formação de Docentes, desenvolvidos por diversos autores e pelos Centros de Competência TIC.

Para o seu desenvolvimento foram tidos em conta os vários níveis de proficiência digital dos docentes, bem como as áreas temáticas das oficinas de formação:

Com as diversas propostas de atividades e os recursos educativos sugeridos, pretende-se contribuir para a integração das tecnologias digitais nas práticas pedagógicas e também para o desenvolvimento das várias dimensões dos Planos de Ação para o Desenvolvimento Digital das Escolas (PADDE), de modo a que todos se sintam aptos a utilizar as tecnologias digitais nos diversos contextos educativos. 

Os Módulos de Formação de Docentes encontram-se disponíveis em: https://digital.dge.mec.pt/

Slider Text: 
Módulos de Formação de Docentes desenvolvidos no âmbito do Programa de Digitalização para as Escolas
✇ ERTE

Academia Júnior eTwinning

Por ocastro — 26 de Julho de 2022, 14:00
Academia Júnior eTwinning
26.07.22

O ano letivo que agora termina trouxe uma novidade em relação ao envolvimento de alunas e alunos nos projetos eTwinning: uma proposta pioneira da Organização Nacional de Apoio convidou as escolas portuguesas com Selo eTwinning a constituírem as suas Academias Júnior eTwinning (AJE). Cerca de oitenta escolas participaram nos diferentes desafios que foram colocados ao longo do ano: criação de um Logo, elaboração de um cartaz, gravação de um tutorial de uma appdesign de um cartaz dinâmico e resumo do ano num vídeo. As diferentes atividades, alinhadas com as áreas de competência do Perfil dos Alunos à Saída da Escolaridade Obrigatória, foram objeto de votação por pares e por um júri, tendo sido premiados os trabalhos desenvolvidos nos seguintes Agrupamentos de Escolas/Escolas não agrupadas: 

Logotipo: Agrupamento de Escolas Gaia Nascente, Vila Nova de Gaia e Agrupamento de Escolas Raul Proença, Caldas da Rainha

Poster: Agrupamento de Escolas Francisco de Holanda, Guimarães; Agrupamento de Escolas Bom Sucesso, Alverca; Agrupamento de Escolas Pintor José de Brito, Viana do Castelo e Agrupamento de Escolas Carcavelos, Carcavelos

TutorialAgrupamento de Escolas Morgado Mateus, Vila Real; Agrupamento de Escolas Ovar Sul, Ovar; Escola Profissional Beira-Aguieira, Penacova; Agrupamento de Escolas Póvoa do Lanhoso e Ensinus ETP/INETE, Lisboa

Cartaz DinâmicoAgrupamento de Escolas Nuno Gonçalves, Lisboa; Agrupamento de Escolas Anselmo de Andrade, Almada e Agrupamento de Escolas de Rates, Póvoa do Varzim

Vídeo 1.º Ano da AJEAgrupamento de Escolas Arrifana, Arrifana

A equipa eTwinning congratula todos os intervenientes pela excelência do trabalho desenvolvido. 

Slider Text: 
Academia Júnior eTwinning
✇ ERTE

PROFESSOR INOVADOR e ALUNO APRENDER+

Por ocastro — 25 de Julho de 2022, 14:00
milage
25.07.22

A VI Conferência Internacional de Aprendizagem Móvel no Projeto MILAGE e a 4ª Edição dos Prémios MILAGE APRENDER+ decorreram, em Santarém, nos dias 14 e 15 de julho de 2022. 

Esta iniciativa, que reuniu conceituados oradores num espaço de partilha e de reflexão sobre as Escolas e a sua transformação, contou com, aproximadamente, 250 participantes, incluindo alunos, professores e encarregados de educação.  

Na 4ª Edição dos Prémios MILAGE APRENDER+, foram distinguidas as escolas que se destacaram pelo seu extraordinário desempenho e dedicação no processo de ensino-aprendizagem, com recurso à plataforma MILAGE APRENDER+; os professores, pelo seu contributo na produção de recursos inovadores para a plataforma MILAGE APRENDER+, assim como pelo seu empenho no processo de ensino-aprendizagem, bem como os alunos, pelo seu envolvimento excecional para aprender e pelo seu contributo na autoria de produção de recursos inovadores para a plataforma MILAGE APRENDER+.  

Esta iniciativa contou com o apoio do Município de Santarém, do Agrupamento de Escolas Dr. Ginestal Machado, do Instituto Politécnico de Santarém, da Direcção-Geral da Educação, da Associação de Professores de Matemática, da Associação de Professores de Português, da Associação Portuguesa de Imprensa (API), do InCode Portugal 2030, da Sociedade Portuguesa de Matemática, do Centro de Sensibilização SeguraNet, da Associação Portuguesa de Professores de Inglês (APPI), da Associação Portuguesa de Professores de Espanhol Língua Estrangeira (APPELE) e do Plano Nacional de Leitura (PNL 2027). Mais uma vez, esta edição dos Prémios MILAGE APRENDER+ vem destacar o investimento significativo nas abordagens pedagógicas inovadoras que permitem motivar os estudantes a aprender mais e a desenvolver competências que respondem aos desafios do século XXI.  

Saiba quem foram os premiados aqui. (PDF)

Mais informações em https://www.facebook.com/milagelearnmore 

Slider Text: 
Entrega de prémios nacionais - Plataforma MILAGE APRENDER+
✇ ERTE

Ano Europeu da Juventude 2022 - Campanha

Por ocastro — 25 de Julho de 2022, 10:58
ano europeu
25.07.22

Em 2022, assinala-se o Ano Europeu da Juventude (AEJ). Durante este ano, pretende-se, entre outros, colocar em evidência a importância da juventude europeia para a construção de um futuro melhor e o papel que os jovens podem desempenhar na construção da visão, dos valores e dos princípios europeus. Salienta-se, ainda, que 2022 é o momento de avançar com confiança e esperança numa perspetiva pós-pandemia.   

Em Portugal o Comité Diretor do Ano Europeu da Juventude, constituído por diversas entidades e coordenado pelo Instituto Português do Desporto e Juventude (IPDJ), tem por missão promover as comemorações, no nosso país.

Assim, este Comité convida todas as escolas, associações de pais, associações de estudantes e outras entidades a associarem-se ao AEJ. Para tal, sugere-se:

 Mais informações em: https://anoeuropeujuventude.ipdj.gov.pt/

Nas redes sociais oficiais do AEJ em Portugal associadas ao IPDJ, serão divulgadas todas as atividades com selo AEJ:  
https://www.facebook.com/IPDJip 
https://www.instagram.com/ipdj_ip 
https://twitter.com/IPDJ_IP 

Slider Text: 
Ano Europeu da Juventude 2022 - Campanha
✇ ERTE

Desafios SeguraNet 2021/2022 - Classificação Final das Escolas

Por ocastro — 21 de Julho de 2022, 12:04
desafios
21.07.22

A Direção-Geral da Educação dinamiza​​, no âmbito do Centro de Sensibilização SeguraNet, o concurso "Desafios SeguraNet” com a colaboração do Centro de Competência TIC da ​Escola Superior de Educação de Santarém. Esta iniciativa que promove a Educação para a Cidadania Digital, contou, nesta edição, com a participação de 317 Escolas/Agrupamentos, abrangendo 78424 alunos, 1162 professores e 459 encarregados de educação. 

A classificação das escolas vencedoras deste concurso já se encontra disponível. 

Categoria 1.º Ciclo do Ensino Básico 

Nesta edição, foram 71 as equipas vencedoras que responderam aos três desafios propostos e 74 as que responderam a 1 ou 2 desafios: 

- Listas das turmas vencedoras 

- Listas das turmas participantes 

Categoria 2.º e 3.º Ciclos do Ensino Básico 

Nesta edição, foram 172 as escolas que obtiveram mais de 3000 pontos, o que, de acordo com o regulamento, lhes permite serem consideradas escolas vencedoras SeguraNet: 

- Lista das escolas vencedoras 

Para mais informações ou para alteração às listas publicadas, contacte-nos através do endereço de e-mail: cctic@ese.ipsantarem.pt 

Os certificados, os troféus e os prémios relativos a esta edição serão enviados no início do próximo ano letivo. 

Felicitamos as comunidades educativas envolvidas nesta iniciativa e esperamos poder contar com a participação de todos, na décima sexta edição, no ano letivo 2022/23.  

Slider Text: 
Desafios SeguraNet 2021/2022 - Classificação Final das Escolas
✇ ERTE

Escape Room Educativo: desenvolvimento das competências digitais

Por luis.ferreira — 11 de Julho de 2022, 09:33
Escape Room Educativo: desenvolvimento das competências digitais
11.07.22

Escape Room Educativo: desenvolvimento das competências digitais é um e-Book onde se apresenta, de forma simples e intuitiva, a informação resultante dos Webinars Viriato, desenvolvidos no âmbito do projeto eTwinning nacional.

Organizado em três capítulos, este e-Book começa por contextualizar a metodologia dos Escape Room Educativos e o seu potencial pedagógico para a aquisição, compreensão e transferência de conhecimento.

No segundo capítulo, encontram-se os passos a seguir para a construção de um Escape Room Educativo digital, as propostas de ferramentas que poderão ser utilizadas para os alojar e exemplos de Escape Rooms Educativos digitais que, partindo de conteúdos curriculares de várias disciplinas, poderão servir de inspiração quer para professores quer para alunos.

Por fim, no intuito de rentabilizar ao máximo esta metodologia, são partilhadas ferramentas digitais, também apresentadas no âmbito dos webinars Viriato, desenvolvidos mensalmente ao longo do ano letivo 2021-2022.

Na linha do primeiro e-Book, O eTwinning e a web 2.0: desenvolvimento das competências Digitais, destaca-se o tutorial simples e visualmente apelativo. Neste, assumem particular relevância as dicas que deverão ser consideradas na construção de um Escape Room Educativo digital, assim como os vários exemplos apresentados.

e-Book Escape Room Educativo: desenvolvimento das competências digitais é uma publicação da Direção-Geral da Educação, elaborada pela Organização Nacional de Apoio do eTwinning / Equipa de Recursos e Tecnologias Educativas - ERTE, e coordenada por Ana Pina, Daniela Guimarães e Mário Guedes.

Slider Text: 
Escape Room Educativo: desenvolvimento das competências digitais
✇ ERTE

Os RED 1.º ciclo vão de férias com as crianças!

Por luis.ferreira — 8 de Julho de 2022, 09:16
Os RED 1.º ciclo vão de férias com as crianças!
08.07.22

As férias escolares já chegaram e com elas as brincadeiras de Verão e a necessidade de manter as crianças ativas e ocupadas. Propomos aos pais e encarregados de educação que explorem com as crianças os jogos e os outros recursos multimédia do projeto Recursos Educativos Digitais para o 1.º Ciclo do Ensino Básico, que se encontram disponíveis no website Ilha Periscópio: https://redge.dge.mec.pt/ilha/periscopio/home

Os jogos de Português, Matemática e Ciências são divertidos e uma excelente forma de reavivar as aprendizagens durante as férias escolares. Ajudam, por exemplo, a melhorar a leitura e a compreensão de textos, a treinar o cálculo mental e as operações aritméticas, a aprofundar o conhecimento do corpo humano. Na Área de Alunos de Ciências, há vídeos que ensinam a construir um caleidoscópio ou um submarino e outros que explicam o ciclo da água ou o caminho da energia elétrica.

Para ficar a conhecer a intencionalidade didática dos jogos, sugerimos a consulta dos guiões didáticos que os acompanham: https://redge.dge.mec.pt/site/node/6

Desejamos a todos umas boas férias e boas aprendizagens!

Slider Text: 
Os RED 1.º ciclo vão de férias com as crianças!
✇ ERTE

Encontro da Rede Europeia dos Centros Internet Segura

Por luis.ferreira — 28 de Junho de 2022, 14:28
Encontro da Rede Europeia dos Centros Internet Segura
28.06.22

Decorreu online, nos dias 15 e 16 de junho, o Insafe Training Meeting -  encontro da rede europeia dos Centros Internet Segura.  Além da oportunidade para a partilha de experiências e práticas entre os centros que integram a rede Insafe,  o encontro permitiu também:  analisar os desafios da realidade virtual e como isso mudará o modo como interagimos online; debater a Estratégia Europeia uma internet melhor para crianças (BIK+) e as implicações para o trabalho da rede; planificar o Dia da Internet Segura 2023; analisar a ação dos Centros de Internet Segura na resposta ao conflito na Ucrânia e para identificar o apoio a disponibilizar  às pessoas afetadas pela situação atual.

Neste encontro teve, ainda, lugar a “Insafe Resource Competition” durante a qual foram apresentados  diversos  recursos de sensibilização, submetidos à apreciação e  votação dos especialistas que integram os cerca de 30 Centros Internet Segura.   

De destacar o recurso português, jogo de tabuleiro de Cidadania Digital “Vamos descobrir o mundo digital” que ficou classificado na terceira posição. O  "Dangerous friendship on the internet", sobre a problemática do Grooming, apresentado pela Letónia, obteve o primeiro lugar . Na segunda posição ficou a campanha de sensibilização “#StopChildAbuse” para prevenir o abuso e a exploração sexual de crianças na Internet, da responsabilidade do Centro Internet Segura Espanhol, que contou com a colaboração do Centro Internet Segura Português e dos Líderes Digitais. 

A Direção-Geral da Educação faz parte integrante da rede Insafe, através do Centro de Sensibilização SeguraNet que, por sua vez, integra o Centro Internet Segura. 

Vídeo de apresentação do recurso português “Vamos descobrir o mundo digital” em língua inglesa: https://www.youtube.com/watch?v=feE4NrlTFLI

Slider Text: 
Encontro da Rede Europeia dos Centros Internet Segura Recurso português premiado
✇ ERTE

Relatório Riscos & Conflitos - Observatório de Cibersegurança

Por luis.ferreira — 28 de Junho de 2022, 14:26
Relatório Riscos & Conflitos -  Observatório de Cibersegurança
28.06.22

Encontra-se disponível para consulta o Relatório Riscos & Conflitos, do Observatório de Cibersegurança, do Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS). Este relatório faz a análise dos principais incidentes, cibercrimes e agentes de ameaça que afetam o ciberespaço no contexto nacional, bem como algumas tendências que podem marcar o futuro a este nível. A análise apresentada baseia-se na sistematização de dados e perspetivas partilhados por várias instituições parceiras, tendo em conta referenciais internacionais e diversos contributos, de modo a apresentar uma visão integrada e o mais completa possível dos riscos e conflitos no ciberespaço e que são ​de interesse nacional.

Encontra-se disponível o relatório completo e a sua versão resumida. Para mais informações sobre o Observatório de Cibersegurança consulte a página.

Slider Text: 
Relatório Riscos & Conflitos - Observatório de Cibersegurança
✇ ERTE

SiteStar.PT 9ª edição - Atribuição de prémios

Por silvina.feijao — 28 de Junho de 2022, 08:46
sitestar prémios
28.06.22

Realizou-se no passado dia 9 de junho mais uma sessão de atribuição dos prémios do concurso SiteStar.PT, promovido pela Decojovem.  Esta edição contou com a participação de mais de 600 jovens, com idades entre os 13 e os 18 anos, que apresentaram um total de 115 sites.

Ao participarem no SiteStar.PT, os alunos de várias escolas do país, enquanto criadores de conteúdos digitais, tiveram oportunidade de desenvolver e divulgar os seus projetos escolares, através dos sites criados.

Em cada categoria, os melhores trabalhos foram premiados com diversos equipamentos tecnológicos.

Mais informações em: https://decojovem.pt/

 

Slider Text: 
SiteStar.PT 9ª edição - Atribuição de prémios
✇ ERTE

Uma Internet Melhor para as Crianças – Estratégia Europeia (BIK+)

Por ocastro — 24 de Junho de 2022, 10:21
Estratégia Europeia (BIK+)
24.06.22

A nova edição da Estratégia Europeia uma Internet melhor para crianças (BIK+), lançada no dia 11 de maio de 2022,  tem como objetivo fundamental garantir que as crianças sejam protegidas, respeitadas e capacitadas para o mundo digital, em consonância com os Princípios Digitais Europeus. Esta estratégia vem complementar a sua primeira edição (de 2012) e reflete os contributos  de uma grande diversidade de visões, destacando-se a opinião das crianças e dos jovens. Para além disso, encontra-se  disponível para consulta o compêndio com a legislação europeia em vigor sobre esta matéria. 

  A BIK+, que assinala também o Ano Europeu da Juventude 2022, propõe ações em torno de três pilares: 

  1.   Experiências digitais seguras para proteger as crianças de conteúdos, condutas, contactos e riscos online prejudiciais e ilegais enquanto jovens consumidores e para melhorar o seu bem-estar online, através de um ambiente digital seguro e adequado à idade, criado de forma a respeitar o melhor interesse das crianças; 
  2. Capacitação digital para que todas as crianças, em particular as que se encontram em situação de vulnerabilidade, adquiram as aptidões e as competências necessárias para fazer escolhas acertadas e expressar-se no ambiente online, de forma segura e responsável; 
  3. Participação ativa, respeitando as crianças, dando-lhes a palavra no ambiente digital, com mais atividades lideradas por crianças para promover experiências digitais seguras inovadoras e criativas. 

  De salientar ainda que a estratégia BIK+  contempla a componente digital da Estratégia Europeia sobre os Direitos da Criança, de 2021. 

  No âmbito desta estratégia, o portal Better Internet for Kids continuará a disponibilizar recursos de sensibilização e práticas de referência, em cooperação com a rede europeia dos cerca de 30 Centros Internet Segura, da qual a Direção-Geral da Educação faz parte integrante, através do Centro de Sensibilização SeguraNet

  Vídeo da Estratégia Europeia “uma melhor internet para as crianças” (BIK+): https://www.youtube.com/watch?v=UzKHiNjE288  

Slider Text: 
Uma Internet Melhor para as Crianças – Estratégia Europeia (BIK+)
❌