Noticias em eLiteracias

🔒
✇ Wilder

Que espécie é esta: borboleta de plumas

Por Helena Geraldes — 25 de Maio de 2021, 09:02

A leitora Joana Fonseca viu este insecto a 19 de Maio em Sintra e quis saber qual a espécie a que pertence. Hélder Cardoso responde.

“Encontrei este insecto na capota do meu carro. Foi engraçado, pois quando reparei na cor branca achei que poderia ser uma pena. Quando olho mais de perto, deparo-me com esta beleza! Será que me podem ajudar a identificar?”, escreveu a leitora à Wilder.

Trata-se de uma borboleta de plumas, da família Pterophoridae.

Espécie identificada por: Hélder Cardoso, naturalista e coordenador da Estação de Estudo de Borboletas Nocturnas do Planalto das Cesaredas.

Esta é uma borboleta nocturnas da família Pterophoridae. Estas borboletas são chamadas borboletas de plumas porque as asas parecem plumadas.

As lagartas alimentam-se de várias matérias vegetais.

“Existem várias espécies muito parecidas e só com esta foto não arrisco à espécie”, disse Hélder Cardoso.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: borboleta de plumas aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: zigaena-comum

Por Helena Geraldes — 24 de Maio de 2021, 20:41

A leitora Carla Almeida encontrou este insecto a 16 de Maio na Gafanha da Encarnação, junto à Ria de Aveiro, e pediu ajuda para identificar a espécie. Hélder Cardoso responde.

“Encontrei esta amiga na Gafanha da Encarnação, junto à ria de Aveiro, no dia 16 de Maio de 2021. Nas fotos aparece a capa do telemóvel, mas tinha receio que ela voasse e então não tirei a capa…”, escreveu a leitora à Wilder.

Trata-se da borboleta zigaena-comum (Zygaena trifolii).

Espécie identificada por: Hélder Cardoso, naturalista e coordenador da Estação de Estudo de Borboletas Nocturnas do Planalto das Cesaredas.

Esta é uma borboleta de asas cinzento escuro ou preto, com cinco manchas vermelhas. A envergadura de asa pode chegar aos 33 milímetros.

Segundo o Museu Virtual da Biodiversidade, esta espécie – da família Zygaenidae – “ocorre em prados húmidos, pântanos, pauis e nas bordas de valas”. 

Ocorre em Portugal continental, sobretudo no centro, norte e no litoral. É mais provável de ser observada a voar desde Junho a Agosto.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: zigaena-comum aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: nêspera-escura

Por Helena Geraldes — 18 de Maio de 2021, 19:15

A leitora Filipa Fernandes fotografou esta borboleta em Tavira a 17 de Maio e quis saber qual a espécie. Albano Soares responde.

“Será possível confirmar se este espécime é de uma borboleta Coenonympha dorus?”, perguntou a leitora à Wilder.

Sim, trata-se de uma borboleta nêspera-escura (Coenonympha dorus).

Espécie identificada por: Albano Soares, Rede de Estações da BiodiversidadeTagis – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal.

Esta borboleta, que voa de Maio a Outubro, é comum no norte e no centro de Portugal continental mas é considerada rara no sul, segundo o Museu Virtual da Biodiversidade da Universidade de Évora.

Pode chegar aos 36 milímetros de envergadura e prefere locais quentes e secos, “normalmente em locais pedregosos com estrato arbustivo e herbáceo (e.g. matagais quentes)”.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: nêspera-escura aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: borboleta-esfinge-colibri

Por Helena Geraldes — 17 de Maio de 2021, 19:44

O leitor Artur Cadete encontrou este insecto a 12 de Maio em Fontão/Angeja, Aveiro, e pediu ajuda para identificar a espécie. Hélder Cardoso responde.

Trata-se da borboleta-esfinge-colibri (Macroglossum stellatarum).

Espécie identificada por: Hélder Cardoso, naturalista e coordenador da Estação de Estudo de Borboletas Nocturnas do Planalto das Cesaredas.

Esta borboleta é a esfinge-colibri (Macroglossum stellatarum), assim chamada por ser capaz de se alimentar em pleno voo. 

Pertence à família Sphingidae, uma família de Heteroceros em que muitas espécies têm voo diurno. 

É comum em todo o país e tem mais de uma geração por ano.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: borboleta-esfinge-colibri aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: lagarta da borboleta-carnaval

Por Helena Geraldes — 17 de Maio de 2021, 18:53

A leitora Virginia Vitorino fotografou esta lagarta na Serra de São Mamede a 17 de Maio e quis saber qual a espécie. Albano Soares responde.

Trata-se da lagarta da borboleta-carnaval (Zerynthia rumina).

Espécie identificada por: Albano Soares, Rede de Estações da BiodiversidadeTagis – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal.

Esta é uma borboleta muito vistosa e de grande beleza.

Borboleta-carnaval. Foto: Gilles San Martin/WikiCommons

Ocorre na Península Ibérica e no Sul de França. Em Portugal Continental está presente em quase todo o país, mas é mais comum no Sul.

Esta espécie, que voa de Fevereiro a Maio, depende muito de uma planta, a chamada erva-bicha (Aristolochia paucinervis)É desta planta que se alimentam as suas lagartas. 


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: lagarta da borboleta-carnaval aparece primeiro em Wilder.

✇ CONTI outra

Pai em luto vê mensagem da filha em visita de borboleta em seu jardim e adota missão de vida

Por CONTI outra — 14 de Maio de 2021, 21:56

Uma semana depois que Frank O’Donnell perdeu sua filha Keri, de 15 anos, ele recebeu a visita de uma borboleta-monarca no quintal. Suas asas laranja e preto brilhantes, as cores favoritas de Keri, trouxeram-lhe um inesperado raio de consolo em uma época sombria.

Quer a borboleta fosse ou não um mensageiro cósmico, O’Donnell interpretou isso como um sinal de que Keri estava estendendo a mão para que ele soubesse que seu amor ainda estava lá. Para honrar esse amor, O’Donnell plantou um jardim memorial em seu nome.

Com o tempo, o pai amoroso começou a identificar tão fortemente as borboletas monarca com sua filha que começou a estudá-las. Ao fazer isso, ele descobriu que sua amada espécie de lepidópteros estava em perigo de extinção.

adinserter block=”1″]

“Monarcas, para mim, são Keri”, disse O’Donnell. “Eu adoro ver as outras borboletas também, mas as monarcas são o que me lembram dela, apenas por causa daquela monarca que me visitou na semana após seu funeral”, disse ele ao The Boston Globe.

Para fazer sua parte para evitar que elas desapareçam, O’Donnell começou a cultivar erva-leite – o alimento favorito das monarcas – junto com outras plantas que atraem borboletas no jardim de Keri.

Além de quatro lagartas que encontrou em sua própria casa, O’Donnell adotou um lote de larvas de monarca do grupo de conservação Monarch Watch. Ao longo de várias semanas, ele criou a ninhada em um galpão de jardim especialmente equipado e enfeitado com fotos de Keri.

Ao todo, 27 borboletas cresceram até a idade adulta e foram liberadas para vagar pela flora do jardim antes de partir para sua impressionante migração de 3.000 milhas para o México.

No final da temporada, quando O’Donnell recolheu as vagens da serralha, ele ficou com um suprimento substancial de sementes. Como forma de manter a espécie monarca e as memórias de sua filha vivas, ele decidiu compartilhar sua generosidade com quem pedisse.

Centenas de solicitações vieram de todo o país. Para O’Donnell, cada nova geração de monarcas é um testemunho de amor duradouro que transcende os laços da terra e do céu.

“Acho que me tornei mais espiritual, não necessariamente no sentido religioso, mas você sabe, a natureza faz muitas coisas”, disse O’Donnell ao Globe. “E, eu honestamente acredito que ela está por perto. De vez em quando, você tem um pequeno formigamento e sabe, é como se alguém estivesse prestando atenção.”

***
Redação Conti Outra, com informações de Good News Network.
Fotos: Reprodução.

The post Pai em luto vê mensagem da filha em visita de borboleta em seu jardim e adota missão de vida appeared first on CONTI outra.

✇ Wilder

Que espécie é esta: borboleta-carnaval

Por Helena Geraldes — 3 de Maio de 2021, 12:30

A leitora Rita Didelet fotografou esta lagarta em Loulé a 28 de Abril e quis saber qual a espécie. Helder Cardoso responde.

“Deparei-me com algumas lagartas dessas nas paredes exteriores da minha casa em Loulé, a 28 de Abril de 2021. O meu filho de 6 anos está muito curioso para saber de que espécie se trata. Procurei no vosso arquivo mas não encontrei lagartas semelhantes. Podem ajudar, por favor?”, escreveu a leitora à Wilder.

Trata-se de uma lagarta de borboleta-carnaval (Zerynthia rumina).

Espécie identificada por: Hélder Cardoso, naturalista e coordenador da Estação de Estudo de Borboletas Nocturnas do Planalto das Cesaredas.

Esta é uma borboleta muito vistosa e de grande beleza.

Borboleta-carnaval em estado de adulto. Foto: Adrian198cm/WikiCommons

Ocorre na Península Ibérica e no Sul de França. Em Portugal Continental está presente em quase todo o país, mas é mais comum no Sul.

Esta espécie, que voa de Fevereiro a Maio, depende muito de uma planta, a chamada erva-bicha (Aristolochia paucinervis)É desta planta que se alimentam as suas lagartas.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: borboleta-carnaval aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: Borboleta Zygaena fausta

Por Helena Geraldes — 20 de Abril de 2021, 17:40

O leitor Filipe Alemão fotografou esta borboleta a 16 de Abril em Lagoa, Algarve, e quis saber qual a espécie a que pertence. Hélder Cardoso dá-lhe a identificação.

“Gostaria de saber que espécie é esta. A foto foi tirada a 16/04/2021 no litoral do concelho de Lagoa – Algarve”, escreveu o leitor à Wilder.

Trata-se da borboleta Zygaena fausta.

Espécie identificada por: Hélder Cardoso, naturalista e coordenador da Estação de Estudo de Borboletas Nocturnas do Planalto das Cesaredas.

Esta é uma borboleta da família Zygaenidae que ocorre em Portugal e foi descrita em 1767.

Apesar de ser uma borboleta nocturna voa de dia.

As cores das suas asas – de um vermelho vivo, branco e preto – indicam a potenciais predadores, como aves, que ou é tóxica ou tem um sabor desagradável.

Os adultos voam de Abril a Outubro.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: Borboleta Zygaena fausta aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: borboleta Arctia villica

Por Helena Geraldes — 16 de Abril de 2021, 14:02

O leitor Bo João Faria Agren fotografou esta borboleta no final de Março perto de Barão de São João, e pediu para saber a espécie. Helder Cardoso responde.

Trata-se da borboleta Arctia villica.

Espécie identificada por: Helder Cardoso, naturalista e coordenador da Estação de Estudo de Borboletas Nocturnas do Planalto das Cesaredas.

Estas são borboletas nocturnas que podem chegar a ter 60 milímetros de envergadura de asa, segundo o Pólo da Mitra, da Universidade de Évora. Os adultos têm asas posteriores de cor amarela com pintas e manchas pretas.

Podemos observar esta espécie em voo entre Abril e Julho, especialmente em orlas de bosques, matos e zonas com muitas flores.

É uma borboleta da família Erebidae e foi descrita para a Ciência em 1758.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: borboleta Arctia villica aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: borboleta traça-do-cachapeiro

Por Helena Geraldes — 12 de Abril de 2021, 19:03

A leitora Michelle Hughes fotografou esta lagarta a 11 de Abril na Arrábida e pediu ajuda para identificar a espécie. Albano Soares responde.

Trata-se da borboleta traça-do-cachapeiro (Cucullia verbasci).

Espécie identificada por: Albano Soares, Rede de Estações da BiodiversidadeTagis – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal.

Esta é uma borboleta nocturna da família Noctuidae, descrita para a Ciência em 1758 por Carl Linnaeus.

Individuo adulto. Foto: Ben Sale/WikiCommons

Ocorre na Europa Ocidental, do Sul e Central e no Norte de África.

Estas borboletas põem os seus ovos nas plantas que vão servir de alimento às lagartas.

As lagartas, que podem chegar aos 48 milímetros de comprimento, são cremes com pintas pretas e amarelas.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: borboleta traça-do-cachapeiro aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: borboleta nocturna Lasiocampa trifolii

Por Helena Geraldes — 24 de Março de 2021, 16:34

A leitora Rita Ferreira fotografou esta lagarta a 20 de Março na zona de Paimogo, Lourinhã, e pediu para saber a espécie. Helder Cardoso responde.

A lagarta foi observada num campo de pastagem, na zona de Paimogo (Lourinhã).

Trata-de de uma lagarta da borboleta nocturna Lasiocampa trifolii.

Espécie identificada por: Helder Cardoso, naturalista e coordenador da Estação de Estudo de Borboletas Nocturnas do Planalto das Cesaredas.

Esta é uma borboleta nocturna com uma envergadura de asa entre os 40 e os 55 milímetros.

As lagartas desta espécie alimentam-se de várias plantas herbáceas.

Esta lagarta é inofensiva, mesmo quando manuseada.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.


PUB

O conteúdo Que espécie é esta: borboleta nocturna Lasiocampa trifolii aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: borboleta malhadinha

Por Helena Geraldes — 23 de Março de 2021, 17:23

O leitor António Dias fotografou esta borboleta a 27 de Agosto de 2020 na Mealhada e quis saber qual a espécie a que pertence. Albano Soares responde.

A espécie que observou é uma borboleta-malhadinha (Pararge aegeria).

Espécie identificada por: Albano Soares, Rede de Estações da BiodiversidadeTagis – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal.

A malhadinha é uma borboleta irrequieta, que parece estar sempre a voar de forma agitada, talvez porque se trata de uma espécie muito territorial, que não gosta de abandonar o seu posto de observação. 

Prefere locais sombrios, incluindo matos densos e florestas, onde se disfarça na penumbra com as suas asas de tons castanhos e alaranjados, mas é fácil de ver também nos jardins. 

É comum em Portugal e pode encontrar-se em muitas florestas europeias.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.


PUB

O conteúdo Que espécie é esta: borboleta malhadinha aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: borboleta do género Euphydrias

Por Helena Geraldes — 21 de Março de 2021, 10:00

A leitora Margarida Serra fotografou estas lagartas em Fevereiro no Rogil, Aljezur, e pediu para saber a espécie. Albano Soares responde.

“Todos os anos encontro estes ninhos de lagartas pretas junto a uma pequena ribeira que passa no terreno e em geral amontoadas nas silvas ou em pequenos arbustos”, contou a leitora à Wilder.

“Devem ser comuns nestes locais mas a minha preocupação é a possibilidade de serem urticantes ou venenosas pois alguns destes locais são de passagem para animais e pessoas.”

Trata-se de uma borboleta do género Euphydrias.

Espécie identificada e texto por: Albano Soares, Rede de Estações da BiodiversidadeTagis – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal.

São lagartas de Euphydrias, borboletas diurnas. Poderão até ser de Euphydrias desfontainii, uma borboleta que poderá ter proteção elevada (será protegida) no Livro vermelho dos invertebrados de Portugal Continental. Esta região é uma das poucas de Portugal onde existem populações desta espécie. Estas lagartas alimentam-se do cardo penteador (Dipsacus sp.)

Euphydrias desfontainii. Foto: www.invertebradosdehuesca.com/WikiCommons

Se forem das Euphydrias aurinia lembro que também são protegidas pela Directiva Habitats. Estas lagartas alimentam-se de madressilvas.

São de resto inofensivas. 


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: borboleta do género Euphydrias aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: borboleta nocturna Lasiocampa quercus

Por Helena Geraldes — 21 de Março de 2021, 09:31

A leitora Maria Ferreira fotografou esta lagarta em Novembro de 2020 em Aveiro e pediu para saber a espécie. Albano Soares responde.

A lagarta foi observada nas folhas de um pessegueiro, indicou a leitora.

Trata-se da borboleta nocturna Lasiocampa quercus.

Espécie identificada por: Albano Soares, Rede de Estações da BiodiversidadeTagis – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal.

A lagarta que a leitora encontrou é da borboleta nocturna Lasiocampa quercus, uma espécie descrita em 1758 e pertence à família Lasiocampidae (tal como a borboleta Lasiocampa trifolii que já foi identificada no “Que Espécie é Esta”).

Macho adulto de Lasiocampa quercus. Foto: Syrio/WikiCommons

Os machos adultos podem chegar aos 70 milímetros e as fêmeas aos 99 milímetros.

Esta borboleta, que ocorre quase por toda a Europa, está em voo, na fase adulta, no Verão. Passa o Inverno enquanto lagarta e pode ser vista em arbustos ou árvores não muito grandes no Outono e princípios da Primavera.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: borboleta nocturna Lasiocampa quercus aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: lagarta da borboleta processionária-herculeana

Por Helena Geraldes — 13 de Março de 2021, 14:34

A leitora Sílvia Carvalho encontrou estas lagartas a 1 de Março em Idanha-a-Nova, e pediu para saber a espécie. Albano Soares responde.

“As lagartas foram observadas no solo, sempre em conjuntos”, na localidade de Alcafozes, contou a leitora à Wilder.

“Será que me podem dizer qual é a espécie e se representa alguma espécie de perigo para nós ou para os cães como a lagarta do pinheiro?”

São lagartas da borboleta nocturna processionária-herculeana (Thaumetopoea herculeana).

Espécie identificada por: Albano Soares, Rede de Estações da BiodiversidadeTagis – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal.

Como as suas “primas”, processionárias-do-pinheiro (Thaumetopoea pityocampa), enquanto procuram o local ideal para se enterrar para crisalidar, dispõem-se em fila indiana, caminhando de forma lenta e sincronizada como que numa procissão.

As lagartas de processionária-herculeana alimentam-se de cistáceas (Cistus spp.) e geraniáceas (Erodium spp. e Geranium spp.)  e, embora possam ser urticantes, não desencadeiam reações tão graves com a processionária-do-pinheiro.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: lagarta da borboleta processionária-herculeana aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: borboleta nocturna Lasiocampa trifolii

Por Helena Geraldes — 12 de Março de 2021, 22:55

O leitor Rui Brito fotografou esta lagarta a 5 de Março no Parque Natural da Serra da Estrela e pediu para saber a espécie. Helder Cardoso responde.

A espécie foi observada no extremo sul do Parque Natural da Serra da Estrela, perto da localidade de Teixeira a cerca de 700m de altitude.

Trata-de de uma lagarta da borboleta nocturna Lasiocampa trifolii.

Espécie identificada por: Helder Cardoso, naturalista e coordenador da Estação de Estudo de Borboletas Nocturnas do Planalto das Cesaredas.

Esta é uma borboleta nocturna com uma envergadura de asa entre os 40 e os 55 milímetros.

As lagartas desta espécie alimentam-se de várias plantas herbáceas.

Esta lagarta é inofensiva, mesmo quando manuseada.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: borboleta nocturna Lasiocampa trifolii aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: borboleta nocturna Lasiocampa trifolii

Por Helena Geraldes — 12 de Março de 2021, 18:00

O leitor Bruno Pinto fotografou esta lagarta a 10 de Fevereiro em Campo Maior e pediu para saber a espécie. Albano Soares responde.

“Gostaríamos de pedir a vossa ajuda na identificação da espécie da larva em anexo para perceber se existe algum tipo de perigo, para humanos (principalmente bebés) e para cães”, escreveu o leitor à Wilder.

“Existem imensos exemplares numa vinha que é nossa propriedade, sendo que não andam em procissão e existem exemplares de vários tamanhos, mais pequenos (jovens) e adultos e fase mais avançada. Não existem pinheiros por perto, apenas olival e prado livre.”

A lagarta foi observada no concelho de Campo Maior, Alto Alentejo.

“Pensamos tratar-se de Lasiocampa trifolli, borboleta nocturna. Contudo gostaríamos de nos certificar e de perceber essencialmente a questão do perigo urticante.”

Trata-se da borboleta nocturna Lasiocampa trifolii.

Espécie identificada por: Albano Soares, Rede de Estações da BiodiversidadeTagis – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal.

Esta é uma borboleta nocturna com uma envergadura de asa entre os 40 e os 55 milímetros.

As lagartas desta espécie alimentam-se de várias plantas herbáceas.

Esta lagarta é inofensiva, mesmo quando manuseada.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: borboleta nocturna Lasiocampa trifolii aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: borboleta nocturna Euspilapteryx auroguttella

Por Helena Geraldes — 8 de Março de 2021, 14:03

O leitor Pedro Lima fotografou esta borboleta a 10 de Abril de 2020 em Coimbra e pediu para saber a espécie. Helder Cardoso responde.

“Trata-se de uma pequeníssima traça, com aproximadamente 5-7mm de comprimento”, escreveu o leitor à Wilder.

“Por comodidade, e uma vez que a foto original mal dá para ver, remeto igualmente uma foto melhorada e recortada.”

Trata-se da borboleta nocturna Euspilapteryx auroguttella.

Espécie identificada por: Helder Cardoso, naturalista e coordenador da Estação de Estudo de Borboletas Nocturnas do Planalto das Cesaredas.

Esta é uma borboleta nocturna que pertence à família Gracillariidae. Foi descrita para a Ciência em 1835.

Terá uma envergadura de asa de cerca de 10 milímetros. As asas são escuras com pintas amareladas. As larvas desta espécie são de um verde muito claro e alimentam-se das folhas de plantas do género Hypericum.

Os adultos emergem na Primavera.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.

O conteúdo Que espécie é esta: borboleta nocturna Euspilapteryx auroguttella aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: lagarta da borboleta Orgyia antiqua

Por Helena Geraldes — 1 de Março de 2021, 14:20

O leitor Gustavo Barandas fotografou esta lagarta a 12 de Dezembro de 2020 em São João do Campo e pediu para saber a espécie. Helder Cardoso responde.

“Fotografei esta lagarta a 12/12/2020 na região de São João do Campo. Gostava que me ajudassem a identificá-la”, escreveu Gustavo Barandas à Wilder.

Trata-se da borboleta nocturna Orgyia antiqua.

Espécie identificada por: Helder Cardoso, naturalista e coordenador da Estação de Estudo de Borboletas Nocturnas do Planalto das Cesaredas.

Esta é uma lagarta de uma borboleta nocturna da família Erebidae.

As lagartas alimentam-se de folhas de várias espécies de árvores caducifólias. 

Mas atenção! Não tocar, estas lagartas são urticantes. 

Os machos adultos têm quatro asas castanhas de aspecto aveludado com um ponto branco junto à margem posterior de cada uma das asas anteriores. 

Adulto de Orgya antiqua. Foto: Jean-Pierre Hamon/WikiCommons

As fêmeas só parecem cabeça, tórax e abdómen, sem quaisquer vestígios de asas, a maior parte das vezes nem se quer se afastam do casulo, de onde libertam feromonas para atrair os machos para a cópula.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.


Já que está aqui…

Apoie o projecto de jornalismo de natureza da Wilder com o calendário para 2021 dedicado às aves selvagens dos nossos jardins.

Com a ajuda das ilustrações de Marco Nunes Correia, poderá identificar as aves mais comuns nos jardins portugueses. O calendário Wilder de 2021 tem assinalados os dias mais importantes para a natureza e biodiversidade, em Portugal e no mundo. É impresso na vila da Benedita, no centro do país, em papel reciclado.

Marco Nunes Correia é ilustrador científico, especializado no desenho de aves. Tem em mãos dois guias de aves selvagens e é professor de desenho e ilustração.

O calendário pode ser encomendado aqui.

O conteúdo Que espécie é esta: lagarta da borboleta Orgyia antiqua aparece primeiro em Wilder.

✇ Wilder

Que espécie é esta: borboleta-limão?

Por Helena Geraldes — 26 de Fevereiro de 2021, 21:36

O leitor Luís Caseiro encontrou esta borboleta a 25 de Fevereiro no rio Arunca, Pombal, e pediu para saber a espécie. Albano Soares responde.

Segundo o leitor, “a borboleta era verde com as asas fechadas, parecia uma folha, e amarela com as asas abertas”.

A borboleta foi encontrada perto do rio Arunca, perto da Rua Corre de Água, Pombal.

Tratar-se-á de uma borboleta-limão (Gonepteryx rhamni).

Espécie identificada por: Albano Soares, Rede de Estações da BiodiversidadeTagis – Centro de Conservação das Borboletas de Portugal.

Podemos encontrar esta fantástica borboleta, cujas asas parecem folhas, na Europa, Norte de África e na Ásia.

Tem uma envergadura de asa que pode chegar aos 60 milímetros. As asas são de um amarelo-limão mas as fêmeas são mais esbranquiçadas.

Voa de Maio a Outubro. Hiberna e reaparece em Janeiro, para acasalar, segundo o livro “As Borboletas de Portugal”.

“Esta será a borboleta de maior longevidade como adulto na Europa, pois este estado dura cerca de um ano.”

Vive em bosques, florestas, margens de cursos de água, incultos e jardins, sempre com humidade.

Pode ser confundida com outra espécie de borboleta, a Gonepteryx cleopatra.


Agora é a sua vez.

Encontrou um animal ou planta que não sabe a que espécie pertence? Envie-nos para o nosso email a fotografia, a data e o local. Trabalhamos com uma equipa de especialistas que o vão ajudar.

Explore a série “Que espécie é esta?” e descubra quais as espécies que já foram identificadas, com a ajuda dos especialistas.


Já que está aqui…

Apoie o projecto de jornalismo de natureza da Wilder com o calendário para 2021 dedicado às aves selvagens dos nossos jardins.

Com a ajuda das ilustrações de Marco Nunes Correia, poderá identificar as aves mais comuns nos jardins portugueses. O calendário Wilder de 2021 tem assinalados os dias mais importantes para a natureza e biodiversidade, em Portugal e no mundo. É impresso na vila da Benedita, no centro do país, em papel reciclado.

Marco Nunes Correia é ilustrador científico, especializado no desenho de aves. Tem em mãos dois guias de aves selvagens e é professor de desenho e ilustração.

O calendário pode ser encomendado aqui.

O conteúdo Que espécie é esta: borboleta-limão? aparece primeiro em Wilder.

❌