Noticias em eLiteracias

🔒
✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Dia do Orgulho Nerd: confira cinco cursos gratuitos de capacitação para quem é fã do mercado gamer

Por Gabriel Sérvio — 25 de Maio de 2022, 20:21

Os games são parte das paixões dos nerds há décadas. Muitos almejam até ingressar no meio gamer para produzir os seus próprios jogos. Aproveitando o Dia do Orgulho Nerd, celebrado nesta quarta-feira, 25 de maio, o Instituto IT Mídia selecionou cinco cursos gratuitos para quem se interessa pela área.

Todos fazem parte do projeto social ‘Eu Capacito’, que oferece mais de 130 cursos gratuitos, divididos entre empreendedorismo, tecnologia, fluência digital e soft skills. Entre os responsáveis pelos conteúdos abordados, estão gigantes do mercado, como Google e IBM.

Jogos free to play
Imagem: sezer66/Shutterstock

Confira abaixo as sugestões de cursos:

Entenda os primeiros passos da Codificação (Google): com carga horária de 1 hora, o curso do Google (disponível aqui) aborda os conceitos básicos da programação. 

Games – Uma nova fase do mercado de comunicação (IDP): oferecido pelo IDP, a segunda dica de curso possui carga horária de 5 horas. Com introdução sobre a cultura gamer, habilidades, marketing, entre outros temas.

Inteligência Artificial (IA) – Primeiros passos (IBM): voltado para entender o conceito de Inteligência Artificial e como ela é aplicada na prática. O curso, que pode ser acessado aqui, pertence à IBM e possui 1 hora e 35 minutos. 

Por onde começar? Lógica de programação +18 (SoulCode): com carga horária de 40 horas, o quarto curso é da SoulCode e oferece introdução à computação, lógica e lógica de programação.

Por onde começar? Lógica de programação 50+ (SoulCode): por fim, o último nome da lista é voltado para o público maior de 50 anos em transição de carreira, também com carga horária de 40 horas, o curso aborda introdução à computação, lógica e lógica de programação.

Leia mais:

Mercado de jogos em alta

Segundo um levantamento da Newzoo, o mercado global de jogos está em alta. A tendência é que o setor movimente mais de US$ 200 bilhões até 2023. 

O mercado mais aquecido, gera oportunidades não só para os jogadores, mas também para quem deseja desenvolver jogos. É possível atuar em diversas áreas, como designer de games, desenvolvedor de software e animador, por exemplo.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal! 

O post Dia do Orgulho Nerd: confira cinco cursos gratuitos de capacitação para quem é fã do mercado gamer apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Acessório para drones da Insta360 permite capturar vídeos em 360 graus

Por Marina Schnoor — 25 de Maio de 2022, 20:17

A Insta360 é uma companhia conhecida por suas câmeras de ação, e acaba de lançar um acessório com câmera para drones que permite capturar vídeos em 360 graus. O Insta360 Sphere é compatível com os drones Mavic Air 2 ou Air 2S da DJI, e permite filmar imagens de 5,7K 360º ou criar vídeos 2D com a opção de reenquadrá-los depois na edição. Segundo a companhia, a tecnologia do Sphere garante que o drone fique “invisível” nos vídeos.

Para evitar que o drone obstrua um ângulo do vídeo em 360 graus, o acessório possui câmeras que ficam dos dois lados da aeronave, garantindo que ela não apareça nas filmagens. Para fornecer imagens perfeitas, “nosso algoritmo de costura dinâmica faz com que todo o drone (incluindo as hélices) desapareça automaticamente”, diz o site da Insta360.

A Sphere se conecta ao drone Mavic Air 2 por um mecanismo “ultra-seguro”, que não afeta a integridade estrutural da aeronave nem o sinal GPS ou o sinal do controle. A Insta360 também promete voos suaves com sua tecnologia de estabilização FlowState, que foi ajustada especialmente para o acessório.

Leia mais:

O vídeo do YouTube feito pela empresa impressiona, com piruetas e zooms criados no app Insta360. O acessório para drone Insta360 Sphere está disponível nos EUA e na China por US$ 430 (cerca de R$ 2.070 na cotação atual).

Via Engadget

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal! 

O post Acessório para drones da Insta360 permite capturar vídeos em 360 graus apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Asus lança primeiro monitor G-Sync de 500Hz do mundo

Por Nick Ellis — 25 de Maio de 2022, 19:30

A Asus apresentou na Computex 2022 o ROG Swift 500Hz, o primeiro monitor G-Sync do mundo com uma taxa de atualização de 500Hz, ou seja, feito sob medida para jogadores de Esports, incluindo suporte a tecnologia Reflex da Nvidia.

Esse monitor gamer conta com um novo painel Esports TN (E-TN) com tempo de resposta até 60% superior a painéis TN tradicionais.

Além disso, ele também conta com o modo G-Sync Esports Vibrance da Nvidia, que deixa passar mais luz pelos cristais LCD. A resolução não é tão alta, só Full HD, mas o foco aqui é na velocidade da taxa de atualização.

Monitor gamer Asus ROG Swift 500Hz
Monitor gamer Asus ROG Swift 500Hz / Divulgação: Asus

Monitor de 500Hz da Asus é compatível com tecnologia Reflex da Nvidia

O monitor ROG Swift 500Hz usa a tecnologia Reflex da Nvidia para reduzir a latência do sistema, coordenando um mouse Reflex e uma GPU da GeForce com o próprio game, e mostrando as estatísticas na tela para você ver como está o resultado.

Assim, esse monitor G-Sync Esports é indicado para jogos competitivos como CS:GO, Valorant, Overwatch e Rainbow Six Siege, todos já com suporte ao Nvidia Reflex.

Até agora, já são 35 títulos com suporte a tecnologia Reflex disponíveis, e outros sendo adaptados. Além disso, a Nvidia anunciou na Computex a inclusão de quatro novos jogos, Icarus, My Time At Sandrock, Soda Crisis e Warstride Challenges.

O monitor ROG Swift 500Hz Gaming Monitor não tem data para chegar ao mercado, e o seu preço também não foi informado pela Asus.

Confira na demonstração acima a diferença entre 144Hz, 240Hz e 500Hz.

Leia também:

Via Engadget

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal! 

O post Asus lança primeiro monitor G-Sync de 500Hz do mundo apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Blogue RBE

ArtEscrit@: A arte e a escrita com a biblioteca escolar

25 de Maio de 2022, 08:00

2022-05-25.png

Leitura: 2 min. |

Na semana proclamada pela UNESCO como a Semana Internacional de Educação Artística (4.ª semana de maio), apresentamos ArtEscrit@, um projeto das Bibliotecas do 1.º ciclo do Agrupamento de Escolas André Soares, apoiado pela Rede de Bibliotecas Escolares no âmbito da candidatura “Ideias com Mérito” que articula a sua ação com o Plano Nacional das Artes do Agrupamento.

O projeto ArtEscrit@ desenvolveu-se, em 2020/ 2021 em todas as turmas de 3º ano e em 2021/ 2022 desenvolve-se nas mesmas turmas, agora no 4.º ano. Pretende-se envolver os alunos no conhecimento do património artístico, no sentido estético, por via da produção e comunicação escrita.

O projeto contempla as vertentes artísticas - arquitetura, pintura, dança, música, teatro e literatura, em articulação com o Plano das Artes e com as disciplinas de Português, Cidadania e Expressões.

Em cada período escolar é trabalhada uma forma de arte, na hora semanal da turma, na biblioteca com o professor bibliotecário, mas também em sala de aula com o professor titular de turma para a produção escrita.

A estratégia de ação do projeto é sustentada na vivência artística, como tema gerenciador e motivador para, conhecendo e trabalhando o sentido estético, culminar no desenvolvimento de atividades diversificadas relacionadas com a escrita de textos. Nesta ação de escrita, os alunos realizam pesquisas orientadas para recolher informação relacionada com a vivência artística realizada, transformam esse produto em texto informativo/ narrativo e, numa fase posterior, usando ferramentas digitais, rescrevem o texto, que é publicado/divulgado no site do projeto. Este ato de escrita apela também à criatividade e recurso à intertextualidade. São usadas metodologias em que os alunos assumem uma participação ativa, sendo construtores de conhecimento, usando como estratégia o trabalho individual, mas também o trabalho a pares e de grupo, numa lógica de trabalho colaborativo.

Estas ações, desenvolvidas no âmbito do projeto, têm proporcionado aos alunos envolvidos a estimulação da curiosidade em conhecer e valorizar a arte em geral e a arte local, ao mesmo tempo que desenvolvem competências ao nível do gosto e da estética e a adoção de comportamentos e atitudes de valorização e preservação em relação à arte. As artes foram o fio condutor do objetivo principal que é o desenvolvimento de competências de escrita ao nível de diferentes tipos de texto e secundariamente o desenvolvimento de competências digitais.

As atividades já realizadas e os trabalhos produzidos pelos alunos podem ser consultados no site do projeto: https://bibandresoares.wixsite.com/projetos/artescrit

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Starlink lança serviço pior e mais caro para motorhomes

Por Edson Kaique Lima — 24 de Maio de 2022, 08:54

Em meio à expansão de sua constelação de satélites, a Starlink anunciou o lançamento de um novo plano, focado em motorhomes. O plano é US$ 25 (cerca de R$ 120, na cotação atual) mais caro do que o plano convencional da empresa, para uso em local fixo e específico, como uma casa ou apartamento.

O plano da Starlink para motorhomes permitirá que seu usuário leve sua antena para qualquer lugar graças ao recurso de “portabilidade” do serviço. Porém, para ter acesso ao pacote portabilidade, será necessário ter a internet da Starlink em casa primeiro.

Desvantagens e vantagem

Além de pagar mais caro, os usuários do novo pacote da Starlink também serão despriorizados quando estiverem fora de suas casas, e o serviço não está configurado para funcionar em movimento. Outro ponto negativo é o tamanho da antena, que pode ser muito grande para um motorhome.

Contando com as taxas, adesão inicial do novo plano da Starlink custará US$ 687,94 (R$ 3312,79, na cotação atual). Crédito: Starlink/Divulgação

Porém, existe um atrativo para adesão ao plano com portabilidade da Starlink, que é a possibilidade de ir diretamente para o início da fila para receber a antena. Nos Estados Unidos, os usuários que optarem pelo plano poderão receber suas antenas sem necessidade de espera.

Além do valor mais caro da mensalidade, o plano com portabilidade também é US$ 500 (cerca de R$ 2,4 mil) mais caro do que o normal. Porém, essa prioridade para os motorhomes deixou clientes da Starlink descontentes, já que alguns deles têm previsão para receber suas antenas apenas em 2023.

Não vale pedir para furar fila

Porém, pedir esse plano apenas para passar na frente dos demais na fila de espera pode não ser uma boa ideia, já que os recursos de rede do Starlink para motorhomes serão sempre despriorizados no comparativo com os outros serviços da empresa, resultando em um serviço degradado e velocidades mais lentas.

Leia mais:

“As velocidades declaradas e o uso ininterrupto do serviço não são garantidos. A degradação do serviço será mais extrema nas áreas de “Lista de Espera” no Mapa de Disponibilidade Starlink durante os horários de pico”, diz a Starlink em sua página de perguntas frequentes.

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Starlink lança serviço pior e mais caro para motorhomes apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Google Street View ganha nova câmera e histórico de locais em dispositivos móveis

Por Nick Ellis — 24 de Maio de 2022, 07:00

O Street View do Google Maps completa 15 anos em 2022, e para comemorar, está ganhando novidades bem interessantes, como a possibilidade de mostrar o histórico de imagens em dispositivos móveis e o novo recurso de visão imersiva

Google Street View em Macchu Picchu
Câmera do Google Street View em Macchu Picchu / Divulgação: Google

Chegando na adolescência, o Google Street View também está ganhando uma nova câmera, muito mais compacta, que permitirá explorar lugares ainda mais remotos. Além disso, o Google divulgou o rankings de lugares, cidades e países do Brasil e do mundo mais acessados no Street View.

Histórico de imagens do Street View agora disponível na versão mobile

O recurso de exibição do histórico de imagens é bem divertido, quase que uma viagem no tempo. Antes, ele só funcionava na web, mas agora também poderá ser acessado em smartphones Android e iOS. Assim, é possível escolher em que data você quer visualizar o lugar no Street View, fazendo uma viagem no tempo em 360º para ver como era tudo antes.

Google Street View ganha nova câmera

Nova câmera do Google Street View
Nova câmera do Google Street View / Divulgação: Google

O Google apresentou a nova câmera com a mesma resolução e recursos de processamento da câmera usada nos populares carros do Street View, mas em um tamanho muito menor e mais leve.

Nova câmera do Google Street View pode ser instalada em trolley, triciclo ou moto de neve
Nova câmera do Google Street View pode ser instalada em trolley, triciclo ou moto de neve / Divulgação: Google

Além disso, como a nova câmera é modular, ela pode ser usada com outros componentes, montada em diversos objetos e até mesmo ser usada no rack do carro, como o modelo antigo. Assim, é possível instalar o Street View em trolley, triciclo ou moto de neve, além de uma simples mochila.

Câmera do Google Street View montada em um carro
Câmera do Google Street View montada em um carro / Divulgação: Google

A nova câmera do Street View pesa menos de 7 quilos, e assim, tem uma flexibilidade muito maior. Com esse peso reduzido, fica bem mais fácil levar a câmera para documentar lugares ainda mais remotos como topos de montanhas, por exemplo.

O Google cita a facilidade dessa câmera para trabalhos com parceiros, facilitando a tarefa de digitalizar áreas pouco mapeadas como a Amazônia.

Immersive View e recursos inteligentes

O Immersive View, apresentado no último Google I/O, monta um modelo de várias cidades no mundo. Além disso, também dá para usar o Live View para mostrar instruções de navegação usando realidade aumentada, sobrepostas ao que a câmera enxerga no mundo real.

O Google também está usando inteligência artificial para coletar informações comerciais das fachadas das lojas e empresas, descobrindo não só horários atualizados de restaurantes e alterações nos limites de velocidade, mas até o mesmo fechamento de estradas.

Segundo a empresa, só nos últimos três anos, foram mais de 25 bilhões de atualizações no mapa feitas com a ajuda da inteligência artificial.

Rankings de lugares, cidades e países

No último ano, o Brasil esteve entre os 5 países mais visitados no Street View. São Paulo foi a quarta cidade mais visitada do mundo. Além disso, o Cristo Redentor no Rio de Janeiro foi o quinto lugar mais popular no serviço, e o primeiro no Brasil.

Leia também:

Já assistiu aos nossos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Google Street View ganha nova câmera e histórico de locais em dispositivos móveis apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

MediaTek mostra plataformas Wi-Fi 7 com velocidades de até 36 Gbps

Por Nick Ellis — 23 de Maio de 2022, 17:22

Além dos processadores Dimensity 1050, Dimensity 990 e Helio G99, a MediaTek apresentou na Computex 2022 suas novas plataformas Wi-Fi 7, Filogic 880 e Filogic 380. Os dois ainda não têm data para chegar ao mercado, mas a promessa da empresa é que poderão substituir conexões fixas de banda larga.

Vale lembrar que, no começo do ano, a MediaTek demonstrou suas soluções Wi-Fi 7 (802.11be), mas agora, aproveitou a Computex para revelar maiores detalhes sobre os novos chips.

O Filogic 880 será usado em pontos de acesso e roteadores, com velocidades de até 36 Gbps. Já o Filogic 380 tem velocidades de até 6,5 Gbps. Ele será usado em smartphones, notebooks e tablets equipados com processadores MediaTek.

Tanto o Filogic 880 quanto o Filogic 380 são compatíveis com a tecnologia MLO (multi-link operation), que agrega múltiplos canais em diferentes frequências de bandas de forma simultânea. Assim, ambos terão conexões mais estáveis, evitando interferências e congestionamentos.

Filogic 880

O Filogic 880 é um processador de 6 nm com quatro núcleos Cortex-A73. Além disso, ele é acompanhado por um processador de aplicações e uma unidade de processamento de rede (NPU).

O Filogic 880 tem suporte a tecnologias Wi-Fi 7 como 4096-QAM, 320MHz e MRU, além da já citada MLO. São até 10 Gbps em um canal, e ele também é compatível com MIMO (multiple input, multiple output) 4×4 de cinco bandas.

Filogic 380

Também fabricado no processo de 6 nm, o Filogic 380 une Wi-Fi 7 com Bluetooth 5.3. O processador também tem suporte a 4096-QAM, 320MHz, MRU e MLO, com até 5 Gbps em um canal. Além disso, o Filogic 380 é compatível com bandas de 2,4GHz, 5GHz e 6GHz, e também tem suporte a rádios 2×2 para operação simultânea em banda dupla.

Plataformas Wi-Fi 7 da MediaTek na Computex 2022

Como conta o release, a plataforma Filogic Wi-Fi 7 está sendo demostrada no stand da MediaTek na Computex 2022 em Taipei, Taiwan. Confira abaixo um vídeo com a demonstração.

Leia também:

Via Sparrows News e My Mobile

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post MediaTek mostra plataformas Wi-Fi 7 com velocidades de até 36 Gbps apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

STF é acionado por uso do prefixo 0303 em chamadas de telemarketing

Por Gabriel Sérvio — 23 de Maio de 2022, 17:13

Representantes de empresas que atuam em call centers recorreram ao Supremo Tribunal Federal (STF) para conter a nova regra da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) que obriga o uso do código 0303 para chamadas de telemarketing.

Vale lembrar que a diretriz já está valendo desde março para chamadas cuja origem são linhas de telefonia fixa. Para ligações de telemarketing que partem de números móveis, a regra será obrigatória em junho.

Ícones de avatar de call center masculino e feminino
Setor defende que a alteração pode impactar nos empregos e na atividade de empresas menores que também oferecem produtos e serviços por ligações ou mensagens.  Imagem: K3Star/Shutterstock

Como justificativa para a alteração, a Anatel apontou que o volume de chamadas relacionadas à oferta de produtos e serviços chegou a níveis considerados críticos, gerando importunação entre os consumidores. Para fornecer uma forma de identificar e bloquear esse tipo de ligação, a agência criou o prefixo 0303.

Leia mais:

Posicionamento das empresas 

Quem atua no setor de telemarketing, defende que o bloqueio das chamadas pode gerar desemprego nos call centers e impacto na atividade de empresas menores que também oferecem produtos e serviços por ligações ou mensagens. 

O setor, que moveu uma Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) ao STF para tentar derrubar a decisão da Anatel, também alega que o órgão teria violado princípios constitucionais ao determinar a identificação das chamadas.

A ação contou com o apoio da Associação Brasileira de Telesserviços (ABT), da Federação Nacional de Instalação e Manutenção de Infraestrutura de Redes de Telecomunicações e Informática (Feninfra) e da Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Telecomunicações e Operadores de Mesas Telefônicas (Fenattel).

No fim, o pedido das empresas é que a obrigatoriedade do uso do 0303 seja restrita à oferta de produtos e serviços de telecomunicações, ou seja, a ideia é deixar de fora outros tipos de ligações promocionais.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post STF é acionado por uso do prefixo 0303 em chamadas de telemarketing apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

AMD mostra seus chips série Ryzen 7000 rodando a 5,5 GHz

Por Marina Schnoor — 23 de Maio de 2022, 16:49

Na Computex 2022 hoje, a AMD deu detalhes sobre seus novos chips série Ryzen 7000 para desktops. Por enquanto, a companhia não deu informações exatas sobre os SKUs dos novos chips, mas mencionou vários recursos importantes e detalhes sobre placas-mãe.

Os chips Ryzen 7000 serão baseados na arquitetura Zen 4 de 5 nm da AMD, e terão o dobro do cache L2 por núcleo, passando de 512 KB por núcleo para 1 MB. A AMD afirma que o desempenho de thread único melhorou mais de 15% para as versões passadas.

Ainda segundo a AMD, os novos processadores vão oferecer velocidades de clock de mais de 5 GHz para jogos. Em uma demonstração rodando Ghostwire: Tokyo, um processador não identificado de 16 núcleos da série 7000 atingiu velocidades de clock de até 5,5 GHz. Rodando uma carga de trabalho de todos os núcleos do Blender, o novo chip mostrou tempo de renderização 30% mais rápido em comparação com o Core i9-12900K.

A AMD ainda aproveitou o evento para apresentar as placas-mãe Socket AM5. A empresa está investindo em um soquete LGA de 1718 pinos, mas que ainda terá suporte para coolers AM4. As novas placas-mãe vão oferecer até 24 canais de PCIe 5.0 divididos entre armazenamento e gráficos, até 14 entradas USB SuperSpeed rodando a 20 Gbps, e até 4 entradas HDMI 2.1 e DisplayPort 2. Os modelos serão a B650 para sistemas convencionais, a X650 voltada para PCIe 5.0 de armazenamento e gráficos, e a X650 Extreme para cargas de trabalho mais exigentes.

Leia mais:

É um fato que a AMD vai focar seus esforços no Ryzen 7000 pelo resto do ano, mas a empresa também mostrou suas CPUs “Mendocino” de 6 nm. Esses chips devem ser lançados no quarto trimestre de 2022, e são pensados para notebooks mais básicos na faixa de US$ 399 a US$ 699 (cerca de R$ 1.900 a R$ 3.300). 

Via GSM Arena e Engadget

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post AMD mostra seus chips série Ryzen 7000 rodando a 5,5 GHz apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Xiaomi anuncia parceria com Leica, e o primeiro smartphone chega em julho

Por Nick Ellis — 23 de Maio de 2022, 15:50

A Xiaomi e a empresa alemã Leica anunciaram uma parceria, e o primeiro smartphone com câmera com assinatura da Leica deve chegar em julho desse ano. O dispositivo não é citado no release, só que ele será um smartphone flagship. Assim, tudo indica que o primeiro smartphone da marca com lentes Leica será o Xiaomi 12 Ultra.

Um comunicado postado nos sites das duas empresas conta que ambas as empresas compartilham as mesmas ideias. Além disso, o texto diz que ambas estão ansiosas para explorar o desempenho óptico e experiência fotográfica em imagens produzidas por dispositivos móveis.

O boato da colaboração entre a Xiaomi e a Leica é antigo, mas só foi confirmado oficialmente hoje. Especula-se que o Xiaomi 12 Ultra teria lentes Leica desde o ano passado. Vale lembrar que a Leica tinha uma parceria de vários anos com a Huawei, mas pelo visto, não estava satisfeita com os resultados. Além disso, a Leica também tem uma parceria com a Sony.

Além da câmera feita em parceria com a Leica, o Xiaomi 12 Ultra também deve ser equipado com o processador Snapdragon 8+ Gen 1, apresentado na semana passada pela Qualcomm. Agora só nos resta aguardar até julho para conhecer o primeiro fruto da parceria entre Xiaomi e Leica.

Outras parcerias com empresas de fotografia

Outras empresas apostam em parcerias com diferentes marcas de fotografia, como a Oppo e a OnePlus com a Hasselblad e a Vivo com a Zeiss, assim a parceria da Xiaomi com a Leica faz todo o sentido.

Leia também:

Via XDA Developers

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Xiaomi anuncia parceria com Leica, e o primeiro smartphone chega em julho apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Free Technology for Teachers

Teaching History With Technology - Online Course Starting in June

23 de Maio de 2022, 15:24
This summer I'm not hosting the Practical Ed Tech Summer Camp. I am, however, hosting a some online courses for those who are interested. The first one that I'm hosting starts in June. That course is Teaching History With Technology.

Teaching History With Technology is a five-part course that will meet via Zoom at 4pm ET every Thursday in June. It has been a year since I last taught this course so I've updated it with some new resources and new strategies for 2022. 

In Teaching History With Technology you will learn how to help students conduct better online research, how to make history videos, how to create online primary source-based activities, how to develop virtual tours, and more. You'll even learn how to make your own history app even if you don't have any computer science experience!


The course consists of five live meetings. Every meeting will be recorded for those who register but cannot attend all of the sessions. Handouts will be provided for every session. 

Save 10% if you register online by midnight (ET) Friday. Register here!

A note about cost:
I am able to keep Free Technology for Teachers running through the support of people who register to attend my webinars, courses, and workshops. While the tools that I feature in my courses are free, my time for teaching and hosting is not. 
Are you a tech coach or media specialist looking for some new ideas to share with your colleagues? If so, 50 Tech Tuesday Tips is an eBook you need. You can get it right here.
✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

NASA divulga possíveis datas de lançamento da missão Artemis 1 (e pode ficar para o ano que vem)

Por Flavia Correia — 23 de Maio de 2022, 15:02

Ainda no aguardo de concluir o principal teste de pré-lançamento pelo qual deve passar (o chamado “ensaio molhado”), o megafoguete Space Launch System (SLS), bem como a cápsula Orion, já têm novas datas programadas pela NASA para, finalmente, seguirem rumo à Lua, no primeiro voo do Programa Artemis.

O foguete Space Launch System (à esquerda) e a espaçonave Orion (à direita) serão usados na missão Artemis 1, o voo inaugural do Programa Artemis de exploração lunar. Imagem: NASA/Kim Shiflett

Como se sabe, esse programa tem por objetivo levar a humanidade a pisar novamente em solo lunar, o que ocorreu pela última vez em dezembro de 1972. Antes que isso aconteça, no entanto, o gigantesco complexo veicular (que tem 98 metros de altura e pesa 2,6 mil toneladas) será lançado sem tripulação para um voo em órbita retrógrada ao redor da Lua, por meio da missão Artemis 1, que visa demonstrar os sistemas integrados de naves espaciais e testar uma reentrada de alta velocidade no sistema de proteção térmica da Orion.

Enquanto a equipe de técnicos e engenheiros da NASA estão trabalhando para lidar com um problema de vazamento de hidrogênio em um dos braços umbilicais que ligam a torre ao foguete, além dos reparos necessários em uma válvula defeituosa (identificados durante as primeiras tentativas de abastecimento), a agência revelou o calendário de janelas de lançamento da missão inaugural.

Confira as possíveis datas de lançamento da missão Artemis 1

Segundo a agência espacial norte-americana, o calendário foi feito levando-se em consideração algumas restrições que envolvem, por exemplo, a mecânica orbital e a disponibilidade da infraestrutura do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, de onde o SLS vai partir.

Um dos fatores excludentes é que a cápsula Orion não pode ficar por mais de 90 minutos sem acesso à luz do Sol, fundamental para gerar energia para manter a nave na temperatura correta. Sendo assim, os planejadores da missão descartam as datas que potencialmente poderiam deixar a cápsula no escuro, à sombra da Terra, durante longos períodos.

Abaixo, está a lista completa de oportunidades consideradas para essa missão. Segundo a NASA, o calendário (que você pode acessar na íntegra aqui) está sujeito a alterações.

  • 26 de Julho a 10 de Agosto: 13 oportunidades de lançamento, excluindo 1, 2 e 6 de agosto;
  • 23 de agosto a 6 de setembro: 12 oportunidades de lançamento, excluindo 30, 31 de agosto e 1º de setembro;
  • 20 de setembro a 4 de outubro: 14 oportunidades de lançamento, excluindo 29 de setembro;
  • 17 de outubro a 31 de outubro: 11 oportunidades de lançamento, excluindo 24, 25, 26 e 28 de outubro;
  • 12 de novembro a 27 de novembro: 12 oportunidades de lançamento, excluindo 20, 21 e 26 de novembro;
  • 9 de dezembro a 23 de dezembro: 11 oportunidades de lançamento, excluindo 10, 14, 18 e 23 de dezembro.

Caso nenhuma dessas datas de 2022 sejam aproveitadas, a missão poderá ser lançada no ano que vem, considerando a programação a seguir:

  • 7 a 20 de janeiro: 10 oportunidades de lançamento, excluindo 10, 12, 13 e 14 de janeiro;
  • 3 a 17 de fevereiro: 14 oportunidades de lançamento, excluindo 10 de fevereiro;
  • Março: 19 oportunidades de lançamento entre 1º e 17 de março e de 29 a 31 de março, excluindo dia 11 e de 18 a 28 de março;
  • Abril: 14 oportunidades de lançamento entre 1º e 13 de abril e de 26 a 30 de abril, excluindo 2, 3, 7, 9 e de 14 a 25;
  • Maio: 14 oportunidades de lançamento entre 1º e 10 de maio e de 26 a 31 de maio, excluindo dia 8 e de 11 a 25 de maio;
  • Junho: 13 oportunidades de lançamento de 1º a 6 de junho, em 20 de junho e de 24 a 30, excluindo 5, de 7 a 19 e de 21 a 23.

A data de lançamento da missão também determinará por quanto tempo a cápsula Orion ficará no espaço. Segundo a NASA, a missão poderá ter entre 26 e 28 dias de duração, ou de 38 a 42 dias, a depender do dia em que o SLS puder decolar. “A duração da missão é variada realizando meia volta ou 1,5 voltas ao redor da Lua na órbita distante retrógrada, antes de retornar à Terra”, explicou a agência em comunicado.

Leia mais:

Relembre a “novela” do ensaio molhado do SLS

Com previsão de aproximadamente 48 horas de duração, os testes começaram no dia 1º de abril, mas, ao identificar uma série de falhas críticas no carregamento de hidrogênio líquido e oxigênio líquido nos propulsores do SLS, a NASA resolveu interromper o processo para dar prioridade ao lançamento da missão Ax-1, primeiro voo tripulado de caráter privado à Estação Espacial Internacional (ISS) sem a presença de um astronauta da ativa de qualquer agência federal, que aconteceu do dia 8 de abril.

Assim, o ensaio molhado foi retomado na segunda-feira seguinte (12), com previsão de conclusão na quarta-feira (14). Dessa vez, as equipes responsáveis preferiram modificar os procedimentos, abastecendo com hidrogênio líquido e oxigênio líquido apenas o estágio principal, deixando de preencher o estágio superior.

Abastecimento do SLS, que vai levar a missão Artemis-1 para a Lua na plataforma 39B do Kennedy Space Center em Cabo Canaveral, Flórida
O megafoguete, com a cápsula Orion no topo, posicionado na plataforma 39B do Centro Espacial Kennedy, em Cabo Canaveral, na Flórida, para uma das tentativas frustradas de abastecimento, que configuram o chamado “ensaio molhado”. Imagem: NASA/Joel Kowsky

No entanto, novamente as coisas não saíram como planejado, tendo sido suspenso o ensaio, com expectativa de retomada, a princípio, no dia 21 daquele mês. Depois de divulgar essa possível data, a NASA anunciou o recolhimento da pilha SLS + Orion de volta ao Edifício de Montagem de Veículos (VAB) para proceder com uma análise criteriosa e os reparos necessários na válvula defeituosa identificada na torre de lançamento móvel e um vazamento de hidrogênio em um dos braços umbilicais que ligam a torre ao foguete.

Por volta das 7h da manhã do dia 26, pelo horário de Brasília, o megafoguete e a espaçonave Orion chegaram ao VAB, no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, após uma viagem de 10 horas partindo da plataforma de lançamento 39B, de onde foram retirados para revisão.

Desde então, as equipes estão trabalhando na solução dos problemas identificados. A válvula defeituosa já foi substituída, e os engenheiros descobriram que detritos de borracha impediram que ela selasse corretamente. Segundo a agência, os detritos não eram parte da válvula, e sua origem permanece sob investigação. 

Eles também detectaram que alguns dos parafusos de um dos braços umbilicais que ligam a torre ao foguete se soltaram ligeiramente devido à compressão relaxada em uma junta, levando ao vazamento de combustível.

Agora, serão realizados checkouts adicionais, para só então o conjunto SLS+Orion voltar à plataforma de lançamento para a retomada do ensaio molhado, que deve ocorrer em meados ou fim de junho.   

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post NASA divulga possíveis datas de lançamento da missão Artemis 1 (e pode ficar para o ano que vem) apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Starbucks deixa a Rússia depois de quase 15 anos

Por Gabriel Sérvio — 23 de Maio de 2022, 14:58

O último nome a confirmar o fim das operações na Rússia é a Starbucks. Depois de quase 15 anos atuando no país, a rede de cafeterias se junta a outro gigante do ramo alimentício, o McDonald’s, que vendeu todos os seus restaurantes instalados em solo russo.

O anúncio oficial, segundo à Reuters, foi divulgado pela companhia nesta segunda-feira (23), marcando o fim da presença de mais uma marca ocidental na Federação Russa. 

Starbucks na Rússia

Starbucks; Rússia.
Lojas já estavam fechadas desde março. Imagem: Oxana A/Shutterstock

A empresa americana tinha 130 lojas e quase 2 mil funcionários no país. Diferente de outras companhias, a Starbucks não divulgou detalhes de como a decisão vai impactar nos seus ganhos financeiros — o McDonald’s relatou que espera perder até US$ 1,4 bilhão.

É importante destacar que as lojas da rede já estavam fechadas desde março por conta da guerra na Ucrânia, ou seja, na prática, as atividades comerciais já estavam suspensas no país desde então, incluindo a reposição de produtos.

Em apoio aos funcionários, a Starbucks, que abriu sua primeira unidade na Rússia em 2007, informou que continuará arcando com os salários dos funcionários pelos próximos seis meses.

Via: Reuters

Veja também:

Siemens também deixou o país

A Siemens também não vai mais atuar na Rússia. O CEO da companhia de tecnologia alemã, Roland Busch, emitiu um comunicado sobre a decisão:

“Todos somos movidos pela guerra como seres humanos. Os números financeiros devem ficar em segundo plano diante da tragédia. No entanto, como muitas outras empresas, estamos sentindo o impacto em nossos negócios.”

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Starbucks deixa a Rússia depois de quase 15 anos apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Corsair anuncia seu primeiro notebook gamer

Por Marina Schnoor — 23 de Maio de 2022, 14:44

Para a Computex 2022, a Corsair está trazendo seu primeiro notebook gamer, o Voyager, que conta com processadores AMD Ryzen 6000 e “teclas S” especiais voltadas para streaming de jogos. A Corsair, mais conhecida por seus acessórios gamer, adquiriu recentemente outras companhias do ramo, como a Origin e a Elgato, e diferenciais dessas empresas foram incorporados ao Voyager.

Começando pelas especificações, a Corsair vai disponibilizar dois modelos do Voyager. O primeiro leva chip AMD Ryzen 7 6800HS 8-Core, com memória de 16 GB de RAM DDR5 e 1 TB PCIe 4.0 SSD de armazenamento interno. O segundo notebook gamer tem chip AMD Ryzen 9 6900HS 8-Core, com 32 GB de RAM DDR5 e 2 TB PCIe 4.0 SSD de armazenamento.

O Voyager tem tela de 16 polegadas e taxa de atualização de 240Hz, placa de vídeo AMD Radeon RX 6800M e câmera de 1080p30. As entradas do notebook são duas Thunderbolt 3 / USB 4.0, uma entrada USB-C 3.2, uma USB 3.2, um leitor de card SDXC e entrada para fone de ouvido. A conexão é por Wi-Fi 6E e Bluetooth 5.2, e a bateria é de 99 Wh. O novo notebook da Corsair pesa 2,4 quilos.

Um dos recurso de destaque do Voyager é a barra de “teclas S”, que fica acima do teclado e lembra a Touch Bar da Apple. As 10 teclas S contam com o software Stream Deck da Elgato, e podem ser customizadas pelos usuários como atalhos e controles para streaming de videogames. Além disso, o note possui teclado mecânico com teclas ultra-low profile Cherry MX.

Leia mais:

Com essas especificações e recursos todos, claro que o Voyager não ia sair barato. O novo notebook gamer da Corsair terá preço inicial de US$ 2.700 (quase R$ 13.000 na cotação atual) no lançamento, que ainda não teve a data revelada.

Via XDA Developers

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Corsair anuncia seu primeiro notebook gamer apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

PlayStation: vazamento aponta que Days of Play 2022 começa em 25 de maio

Por Tamires Ferreira — 23 de Maio de 2022, 14:40

O vazamento de uma imagem pode ter confirmado o próximo Days of Play da Sony para 25 de maio. O evento é conhecido por trazer diversas promoções de jogos, consoles e acessórios da PlayStation e deve durar por duas semanas, indo até 8 e junho. 

A informação foi divulgada, inicialmente, no Reddit, e viralizada no Twitter por alguns insiders, incluindo Wario64, conhecido por cobrir e divulgar informações da marca. Alguns apontam que o anúncio foi recebido por um e-mail direto da Sony – se assim for, a gigante japonesa logo deve publicar um comunicado oficial da campanha. 

PlayStation Days of Play begins May 25th pic.twitter.com/haKu3MaUnf

— Wario64 (@Wario64) May 22, 2022

Sem a confirmação da Sony, também não há detalhes sobre quais os jogos que estarão abaixo do preço. A expectativa, no entanto, fica por conta de promoções aplicadas em recentes lançamentos da empresa, que conta, por exemplo, com Gran Turismo 7, Elden Ring e Horizon Forbidden West – games em alta entre os jogadores, estando entre os mais baixados no mês de abril, segundo publicação no Blog da PlayStation. É possível, inclusive, que o PS5 também receba um desconto significativo para alavancar as vendas do dispositivo, que foram muito impactadas com a falta de estoque devido à crise de semicondutores. 

Leia mais!

Geralmente, o Days of Play é válido tanto na PS Store, como nos serviços de PS Plus e PS Now, além de também abranger as lojas físicas, por isso, a dica é: se está se preparando para comprar algum item ou jogo da PlayStation, vale aguardar mais alguns dias, podendo aproveitar descontos mais interessantes da campanha.

PS Plus

Com o lançamento da nova PS Plus se aproximando, a Sony divulgou recentemente o catálogo do atualizado serviço de assinatura. A lista inclui apenas uma prévia de alguns dos novos jogos que serão incluídos durante a estreia da plataforma e deve contar com God of War, Horizon Zero Dawn e Marvel’s Spider-Man: Miles Morales. Confira aqui lista completa. 

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal! 

O post PlayStation: vazamento aponta que Days of Play 2022 começa em 25 de maio apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Dimensity 1050 é o primeiro processador da MediaTek com 5G mmWave

Por Nick Ellis — 23 de Maio de 2022, 14:27

A MediaTek apresentou na Computex seu primeiro processador com suporte a 5G mmWave (além de Sub-6GHz), o o Dimensity 1050. O novo processador é fabricado no processo de 6 nm pela TSMC, e conta com dois núcleos Cortex-A78 de 2,5GHz e seis núcleos Cortex-A55 de 2,0GHz. A GPU é uma Mali-G610.

Segundo a MediaTek, o Dimensity 1050 consegue combinar redes 5G mmWave e sub-6GHz e trocar entre as bandas de forma fluida. Em Sub-6GHz, ele conta com agregação 3CC, em mmWave, 4CC. Assim, segundo a MediaTek, tem velocidades até 53% mais rápidas quando comparada a agregação LTE e mmWave.

O Dimensity 1050 conta com captura de vídeo dupla em HDR, ou seja, será possível fazer streaming da câmera frontal e traseira de forma simultânea. Além disso, o novo chip também usa a HyperEngine 5.0 para oferecer latências mais baixas nas bandas 2,4GHz, 5GHz e 6GHz.

Com MiraVision 760, o novo processador Dimensity 1050 tem suporte a telas com resolução Full HD+ e taxa de atualização de 144Hz, além de armazenamento UFS 3.1 e memória LPDDR5. O primeiro chip da MediaTek com 5G mmWave deve chegar ao mercado no terceiro trimestre desse ano.

No mesmo evento que mostrou o Dimensity 1050, a empresa também lançou o Dimensity 930 e o Helio G99, mas eles ficam para outros posts. Além disso, a empresa também aproveitou a Computex 2022 para apresentar suas plataformas Filogic 880 e Filogic 380 com Wi-Fi 7 e Bluetooth 5.3, mas essa novidade deve demorar mais um pouco.

Leia também:

Via Sparrows News

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Dimensity 1050 é o primeiro processador da MediaTek com 5G mmWave apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ CONTI outra

Garota de 18 anos desaparece e volta com nome do ex tatuado no rosto

Por CONTI outra — 23 de Maio de 2022, 00:02

A mãe de uma adolescente de 18 anos registrou um boletim de ocorrência contra o ex-namorado de sua filha depois que a jovem ficou desaparecida e reapareceu com o nome dele tatuado no rosto. O episódio aconteceu na cidade de Taubaté, no interior de SP. As informações são do UOL.

O ex-namorado, de 20 anos, foi detido depois de descumprir duas medidas protetivas, ao ter contato com a ex. A mãe da jovem relata que essa foi a terceira tatuagem com o nome do rapaz na vítima.

O caso corre em segredo de Justiça por causa das medidas protetivas contra o jovem. Ele será investigado pela DDM (Delegacia da Mulher) de Taubaté, a partir desta segunda-feira (23).

De acordo com a mãe, de 34 anos, sua filha saiu para ir à escola na sexta-feira (20) e até as 22h não havia voltado para casa. Ela então procurou a polícia.

“Pela manhã, fui até a rua do rapaz e vi minha filha dentro do carro. Voltei para casa e quando cheguei aqui já a encontrei tentando tapar a tatuagem com maquiagem porque tinha de ir trabalhar. Ali eu desabei”, diz a mãe da adolescente.

Ainda segundo a mãe, a jovem foi agredida ao resistir a aplicar a tatuagem. “Ela está com o olho roxo. E ele a forçou a gravar um vídeo autorizando a tatuagem. Minha filha falou que gravou com medo de algo pior acontecer”, continuou.

A mãe conta que sua filha e o rapaz começaram a namorar em 2019. “No começo, ele era um rapaz bom. Mas, após um ano de namoro começaram as crises de ciúme até que, no início de 2020, ocorreu a primeira agressão. Desde então luto para distanciar os dois”, afirmou.

O casal passou oito meses separado e, de acordo com a mãe, voltou a se encontrar quando ele prometeu que não iria mais agredí-la. No entanto, o rapaz passou a ameaçar a namorada caso esta se separasse dele. “Ele impedia ela de ter contato com amigos e familiares. Minha filha chegou a ficar incomunicável dentro da casa dele em duas ocasiões. Eu ia até lá, ninguém abria a porta, ele respondia por ela nas redes sociais. Até que ela conseguiu fugir”, disse.

A família então decidiu levar a jovem embora para São Paulo, porém uma oportunidade de emprego em um mercado atacadista a levou novamente a Taubaté. “Um dia, quando ela ia para o seu curso, ele a encontrou na rua e, com uma arma, a coagiu a entrar no carro. Logo depois, no dia 29 de maio, quando ela fez 18 anos, ele publicou nas redes duas fotos de tatuagens que ele tinha feito nela: seu nome no peito e na virilha. Na sequência fomos atrás da segunda medida protetiva.”

Após o ocorrido deste final de semana, a jovem tem chorado muito e sua mãe resolveu ficar perto dela.

“Ela está com medo, fala em tirar a própria vida. Estou tentando falar para todo o mundo que não sou uma mãe chata impedindo um namoro. É um caso grave que está acontecendo. Ele fala que se ela não for dele, não será de mais ninguém. Não tenho conseguido dormir. Eu não quero ter que enterrar minha filha”, finalizou.

***
Redação Conti Outra, com informações de UOL.
Foto destacada: Reprodução.

The post Garota de 18 anos desaparece e volta com nome do ex tatuado no rosto appeared first on CONTI outra.

✇ Blogue RBE

Equipas de leitura: “Voluntários de leitura”

18 de Maio de 2022, 09:10

2022-05-18.png

Leitura: 1 min |

Nas escolas do 1.º ciclo do AE da Ericeira, está a decorrer, desde o início do ano letivo, o projeto de voluntariado de leitura destinado aos alunos do 1.º ciclo.

Após divulgação da atividade, os alunos inscrevem-se na atividade de leitura em voz alta, mediante boletim de inscrição, e redigem na biblioteca um convite que entregam à turma para a qual querem apresentar a sua leitura.

Com a ajuda da professora bibliotecária, escolhem-se os livros e prepara-se a leitura.

Em cada biblioteca escolar, há um cadeirão especial que acolhe o voluntário no grande momento de partilha com a turma convidada.

2022-05-18-4.png2022-05-18-3.png    

Este projeto insere-se nas propostas da Escola a ler- Equipas de leitura que prevê a “Seleção de alunos com bom desempenho leitor, disponíveis para prestarem apoio aos alunos/ colegas na dinamização de sessões regulares de leitura''. Orientação das sessões e preparação das atividades de leitura pelo professor bibliotecário e/ou outros docentes.” No entanto, a professora bibliotecária tem dado abertura aos alunos que desejam participar no voluntariado, independentemente do seu desempenho, uma vez que as sessões de preparação visam ajudar os leitores a recuperar aprendizagens no âmbito da proficiência leitora.

De forma a apoiar estes alunos, também foi disponibilizado um marcador com algumas dicas para a leitura em voz alta e que é oferecido aos voluntários.

A adesão tem sido muita e o entusiasmo também, as sessões têm acontecido ao longo do ano com muita regularidade de tal forma que já tem sido difícil calendarizar novas inscrições.

✇ Free Technology for Teachers

The National Archives to Host Online Professional Development This Summer

17 de Maio de 2022, 13:47
The National Archives offers many excellent resources for history teachers. For example, they recently published a new guide to understanding perspectives in primary sources. And this summer the National Archives will be hosting free online professional development events for teachers

The first event is on July 12th through the 14th. It is the Truman Library Teachers Conference. The theme of the conference is Presidential Character and Decision Making. The conference will include presentations from representatives of ten presidential libraries and museums. 

The second event is a series titled We Rule: Civics for All of US. This series has two sessions for elementary school teachers and two sessions for middle school/ high school teachers. Dates and details for each session are available here

The Three Branches Institute is the third of NARA's summer professional development opportunities for teachers. This event will focus on new ideas and resources for teaching about the three branches of government. The event will be held via Zoom on August 2nd through 4th. Registration is free, but you must register by July 17th. The registration form can be found here

Are you a tech coach or media specialist looking for some new ideas to share with your colleagues? If so, 50 Tech Tuesday Tips is an eBook you need. You can get it right here.
✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Após críticas de Elon Musk, CEO do Twitter defende contagem de contas de spam

Por Lauro Lam — 16 de Maio de 2022, 20:59

O CEO do Twitter, Parag Agrawal, publicou vários posts na rede social, nesta segunda-feira (16), informando que as estimativas internas de contas de spam na plataforma nos últimos quatro trimestre foram bem abaixo de 5%. A publicação é uma nítida resposta às recentes críticas feitas por Elon Musk em relação às contas falsas existentes no microblog, inclusive este foi um dos motivos pelo qual o bilionário suspendeu, temporariamente, a compra da empresa por US$ 44 bilhões.  

“Então, como os anunciantes sabem o que estão ganhando com os investimentos? Isso é fundamental para a saúde financeira do Twitter”, escreveu Musk.

Em defesa do Twitter

Agrawal afirmou que a estimativa do Twitter, que permanece a mesma desde 2013, não pode ser reproduzida externamente, dada a necessidade de usar informações públicas e privadas para determinar se uma conta é spam.

There are LOTS of details that are very important underneath this high-level description. We shared an overview of the estimation process with Elon a week ago and look forward to continuing the conversation with him, and all of you.

— Parag Agrawal (@paraga) May 16, 2022

Após publicar vários tuítes criticando a existência das contas falsas, Musk disse em uma conferência privada em Miami que suspeita que bots – ou contas automatizadas – representem cerca de 20% a 25% dos usuários, de acordo com tweets de participantes. 

Nesta segunda-feira (16), as ações do Twitter continuaram em ritmo de queda e chegaram a cair 7,7%, sendo cotadas a US$ 37,50 por ação. 

Isso se compara a um preço de fechamento de US$ 39,31 em 1º de abril, o último dia de negociação antes de Musk divulgar sua participação de 9,2% no capital do Twitter. 

Let’s talk about spam. And let’s do so with the benefit of data, facts, and context…

— Parag Agrawal (@paraga) May 16, 2022

Repressão aos bots

Musk prometeu mudanças nas práticas de moderação de conteúdo do Twitter, protestando contra decisões consideradas arbitrárias e de censura, como a proibição do perfil do ex-presidente Donald Trump. Além disso, o homem mais rico do mundo está comprometido a reprimir os “bots de spam”.

Musk pediu testes de amostras aleatórias de usuários do Twitter para identificar bots e disse que ainda não viu “nenhuma” análise que mostre contas de spam representando menos de 5% da base de usuários. Musk tem defendido, reiteradamente, a introdução de códigos abertos na rede social, como no tuíte publicado no domingo (15).

Not to mention potential bugs in the code. Open source is the way to go to solve both trust and efficacy.

— Elon Musk (@elonmusk) May 15, 2022

Pesquisadores independentes estimaram que de 9% a 15% dos milhões de perfis do Twitter são bots. Atualmente, o Twitter não exige que os usuários se registrem usando suas identidades reais, e perfis automatizados. Pseudônimos são expressamente permitidos no serviço.  

Leia mais:

O que Twitter reprime 

Entre as ações proibidas pelo Twitter estão o uso mal-intencionado de automação para minar e interromper as trocas de informações, assim como a criação de contas múltiplas ou tuítes agressivos. Também reprime o uso de hashtags na forma de spam, o que também é conhecido como hashtag cramming.    

Via: Reuters

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Após críticas de Elon Musk, CEO do Twitter defende contagem de contas de spam apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Conheça o The Freestyle: um projetor, TV inteligente e smart speaker portátil em um só produto

Por Redação — 16 de Maio de 2022, 20:03

Em um mundo com muitas opções de tela de diversos tamanhos e formatos, às vezes é bom ter como assistir a um filme ou escutar música sem pensar onde vai ficar a TV ou o aparelho de som. Ou fazer isso até em lugares onde seria impossível levar esses aparelhos!

Essa é a ideia do The FreeStyle, um pequeno projetor portátil e smart, com imagem de cinema e caixa de som embutidos que funciona só com 1 fio! Tá tudo lá dentro. Nasceu pronto!

Parece complicado né, mas deixa eu te mostrar o que esse pequeno e incrível dispositivo, que mais se assemelha a uma solução de SmartTV pode fazer.

Começando pelo visual, a Samsung conseguiu condensar todo aquele projetor grande que você conhecia, em um produto minimalista, que possibilita levar a diversão sempre com você, onde quiser.

Isso significa a presença de todos os componentes necessários em um único dispositivo, O peso de todo o conjunto é de 830 gramas e com ele você consegue ter uma imagem com algo entre 30 e 100 polegadas.

A diferença é grande, mas quem determina o tamanho é o usuário, dependendo do espaço que tem pra fazer a projeção. É ter uma TV gigante ou nem tão grande assim em qualquer lugar que possa oferecer uma tomada, ou que você leve um carregador portátil.

Sim, isso mesmo, o The Freestyle pode ser alimentado por uma bateria externa e continua tocando sua música favorita ou projetando os filmes e as séries que você quiser, por horas. A Samsung diz que com um modelo de 20.000 mAh, três horas de filme em streaming estão garantidas.

A reprodução do som também depende da escolha do usuário. Dentro do dispositivo existe uma caixa de som com áudio em 360 graus, apontada pro lado oposto da projeção da imagem, que preenche o ambiente com o som vindo de todas as direções. Ela tem cinco watts RMS e isso já é suficiente pra escutar filmes ou músicas em volumes até elevados.

Se a festa é grande e você precisa de um som ainda mais alto, ele usa o Bluetooth pra levar o áudio pra qualquer speaker compatível, de qualquer tamanho, marca ou potência.

O caminho contrário também pode ser feito, fazendo o som de um smartphone chegar no Freestyle e assim ele vira uma caixa de som portátil com música e que exibe efeitos visuais de acordo com a batida. Ainda em áudio e respingando também em vídeos, o The Freestyle pode funcionar como smart speaker, já que ele vem com múltiplos assistentes de voz, como Alexa da Amazon e a Bixby da Samsung embarcadas. Com isso ele pode responder perguntas feitas em português, inclusive é hands-free, reproduzir conteúdos e ser ajustado sem usar o controle remoto.

Voltando pra ideia de filmes, o Tizen vem instalado de fábrica e ele é basicamente o mesmo sistema operacional de TVs da Samsung. Isso significa a presença de aplicativos de streaming como Netflix, Disney Plus, Prime Video, Globoplay e qualquer outro que já pode ser baixado e instalado nos televisores da marca. A lista envolve até apps de música, como o Spotify e Deezer. O conteúdo chega até o The Freestyle com ajuda de Wi-Fi, mas ele

também pode vir por um cabo micro HDMI. Com esse fio até um console pode ser ligado, deixando os limites… meio sem limites.

Bom, vamos supor que o The Freestyle tá com as senhas e logins feitos, mas um convidado resolve querer participar da escolha dos filmes, coisa que não é tão rara assim né. Nesse momento ele pode espelhar e projetar a tela do aparelho, colocar o conteúdo que quiser, como um streaming. Além disso, ele pode mostrar a foto do cachorro ou mesmo jogar games em uma tela de até 100 polegadas. Esse espelhamento de tela do celular pode acontecer em modelos de qualquer marca, até mesmo com um iPhone pelo AirPlay.

Agora, fechando essa apresentação dos recursos do The Freestyle, ele vem com sensores capazes de medir corretamente o foco e a distância até o local da projeção. Em outras palavras, mudar o produto de local não significa ter trabalho pra ajustar tudo de novo. O próprio sistema faz tudo isso pra você de maneira automática.

E isso é um dos grandes trunfos do produto. Em qualquer ângulo, a proporção da imagem fica constante em 16:9, sem o famoso trapézio que seu professor gastava horas rosqueando os pezinhos dos antigos projetores. O foco ajusta automaticamente para uma imagem nítida, e o nivelamento instantâneo realinha a imagem para o uso em qualquer superfície, se o produto ou a parede que vc estiver projetando estiverem inclinados, tudo se ajusta e você vê a tela reta em 90º. O produto chega inclusive a adaptar as cores se o plano de fundo tiver tonalidades que não sejam brancas, no caso de tons claros, você pode reajustar a projeção para manter o nível de originalidade de cor que o produto é capaz de reproduzir.

Não quer imagens? Sem problemas…Uma tampa pode cobrir a lâmpada de projeção e assim o The FreeStyle vira uma luminária ambiente, que pode continuar tocando música ou reproduzindo áudio de um filme que está rodando.

A imagem projetada pode até mesmo servir como decoração , já que no Tizen o The Freestyle conta com o recurso modo ambiente, assim como as TVs QLED, que permite projetar mensagens que já vem embutidas, como feliz aniversário ( em neon!), ou até mesmo uma imagem de uma janela com uma linda paisagem, novidade que está virando trend no TikTok. E você pode complementar o seu The Freestyle com um case resistente à água que protege o produto quando você leva ele de um lado pro outro.

Bom, o The Freestyle acaba de chegar ao Brasil e o preço de lançamento dele está sugerido em R$ 6.999, mas o valor pode variar de acordo com o varejo. E aí, o que achou? Tem vontade de ter um, OU já comprou o The FreeStyle e colocou no rolê pra tocar música? Qual seria seu uso desse projetor, que é uma tela portátil, que pode ser um smart speaker…enfim, conta pra gente aqui na parte dos comentários. A Samsung também nos contou que o público alvo deste lançamento são os jovens, descolados e que buscam praticidade, mas nós aqui do Olhar Digital acreditamos que ele tem tudo pra conquistar qualquer geração.

Clique aqui e saiba mais sobre o The Freestyle!

O post Conheça o The Freestyle: um projetor, TV inteligente e smart speaker portátil em um só produto apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Economia da China encolheu com política de lockdown

Por Gabriel Sérvio — 16 de Maio de 2022, 20:00

A China experimentou no mês de abril uma queda brusca em duas atividades que praticamente sustentam a economia do país: o varejo e a indústria. O culpado da vez foi a nova estratégia de combate contra Covid-19 no país, que incluiu medidas rígidas e diversos períodos de lockdown.

Na prática, com trabalhadores e consumidores em isolamento nas suas casas, as cadeias de abastecimento sofreram graves impactos em vários setores. 

Pessoas usando máscaras faciais na cidade de Chengdu, na China, no início da pandemia de Covid-19, em janeiro
Imagem: Ihor Sulyatytskyy/Shutterstock

Xangai foi um dos centros econômicos mais afetados

Vale lembrar que tudo começou entre março e abril, período em que os principais centros econômicos do país sofreram com medidas restritivas. Xangai talvez tenha sido umas das cidades mais afetadas, o que causou atraso na produção entre várias gigantes do mercado, especialmente no setor de tecnologia.

Como contexto, as vendas no varejo caíram 11,1% em abril em comparação com o mesmo período do ano passado. A maior queda desde março de 2020, segundo os dados da Agência Nacional de Estatísticas.

Leia mais:

Produção nas fábricas também caiu

O ritmo de produção nas fábricas também acompanhou a mesma tendência, embora com queda menos acentuada de 2,9% em relação ao ano anterior. Ainda assim, também foi o maior declínio desde fevereiro de 2020 em virtude da paralisação em diversas instalações chinesas.

Analistas de mercado apontam que a situação atual da China pode ser mais difícil de ser superada do que a crise da pandemia, que ganhou força no início de 2020. 

“O resultado final é que, embora o pior já tenha passado, acreditamos que a economia chinesa terá dificuldades para voltar à sua tendência pré-pandemia”, disseram analistas da Capital Economics.

Por fim, a taxa de desemprego urbano no país atingiu a taxa 6,7%, a mais alta desde 2018.

Via: Agência Brasil, Reuters

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Economia da China encolheu com política de lockdown apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Qualcomm vai lançar Snapdragon 8 Gen 1+ e Snapdragon 7 Gen 1 nesta sexta-feira (20)

Por Nick Ellis — 16 de Maio de 2022, 13:59

A Qualcomm confirmou na rede social chinesa Weibo seu próximo evento para o dia 20 de maio, quando deve lançar o seu novo processador flagship Snapdragon 8 Gen 1+, confirmando os rumores. Além disso, a empresa também vai aproveitar o evento para lançar o chip Snapdragon 7 Gen 1 para smartphones intermediários.

No evento, que vai ser chamar Snapdragon Night, a empresa vai dar todos os detalhes sobre suas duas novas plataformas. O Snapdragon 8 Gen 1+ é uma versão aprimorada do 8 Gen 1, lançado no ano passado. Assim como seu antecessor, ele será fabricado no processo de 4 nm, mas dessa vez pela TSMC e não pela Samsung.

Seus núcleos serão iguais ao do Snapdragon 8 Gen 1 (um Cortex-X2, três Cortex-A710 de desempenho e quatro Cortex-A150 para eficiência energética), mas com até 2,99GHz, com um desempenho até 10% superior. Além disso, sua GPU também deve ser mais rápida. Como já era esperado, o Motorola Edge X30 Pro (codinome Motorola Frontier) será o primeiro smartphone com o novo Snapdragon 8 Gen 1+.

Snapdragon 7 Gen 1

O Snapdragon 7 Gen 1 é um processador para smartphones intermediários com quatro núcleos Cortex-A710 e quatro núcleos Cortex-A510, com 1,8GHz. A GPU será a Adreno 662. Tudo indica que o Oppo Reno 8 será o primeiro smartphone com esse novo chip. Esse modelo chega no dia 23 de maio, mas logo terá a companhia de outros modelos de várias marcas.

Leia também:

Via GSM Arena e Fone Arena

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Qualcomm vai lançar Snapdragon 8 Gen 1+ e Snapdragon 7 Gen 1 nesta sexta-feira (20) apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

McDonald’s deixa a Rússia depois de mais de 30 anos de operação

Por Gabriel Sérvio — 16 de Maio de 2022, 13:56

O McDonald’s anunciou nesta segunda-feira (16) que vai se desfazer de todas as suas lanchonetes na Rússia depois de mais de 30 anos atuando no país. A marca é mais uma gigante do mercado que deixou o país por conta da guerra na Ucrânia.

“É impossível ignorar a crise humanitária causada pela guerra na Ucrânia. E é impossível imaginar os Arcos Dourados representando a mesma esperança e promessa que nos levou a entrar no mercado russo há 32 anos”, disse o CEO da empresa, Chris Kempczinski, em comunicado enviado aos funcionários.

Após a decisão, a companhia, que chegou a Rússia em 1990, espera registrar uma perda de até US$ 1,4 bilhão. Como comparativo, Rússia e Ucrânia responderam por US$ 2 bilhões da receita do McDonald’s em 2021.

Restaurantes já estavam fechados desde março

McDonald's deixa a Rússia depois de mais de 30 anos de operação
Um dos restaurantes do McDonald’s em Moscou. Imagem: OlegDoroshin/Shutterstock

A maior rede de fast food do mundo já havia fechado os seus 847 restaurantes em solo russo no mês de março. A empresa garante que seus 62 mil funcionários continuarão sendo pagos normalmente até o fechamento de qualquer possível transação. 

Vale lembrar que centenas de empresas já concordaram em deixar a Rússia, muitas para cumprir as sanções impostas pelo ocidente.

Via: Reuters

Leia mais:

Siemens também deixou o mercado russo

A Siemens também deixará de atuar na Rússia. Mesmo com prejuízo recente calculado em US$ 630 milhões, o grupo industrial e de tecnologia alemão acompanha a decisão de outros nomes importantes, como a Adidas, a montadora francesa Renault e vários bancos.

O CEO da Siemens, Roland Busch, emitiu um comunicado sobre a decisão:

“Todos somos movidos pela guerra como seres humanos. Os números financeiros devem ficar em segundo plano diante da tragédia. No entanto, como muitas outras empresas, estamos sentindo o impacto em nossos negócios.”

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post McDonald’s deixa a Rússia depois de mais de 30 anos de operação apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Aposta no Bitcoin gera prejuízo de quase R$ 190 milhões em El Salvador

Por Gabriel Sérvio — 15 de Maio de 2022, 11:31

Após a decisão do governo de  El Salvador de gastar nada menos que US$ 103 milhões para construir a sua própria reserva de Bitcoins (mais de R$ 520 milhões na cotação atual), o investimento levou um forte golpe com o ‘crash’ das criptomoedas.

Atualmente, segundo o Decrypt, o tesouro do país vale US$ 66 milhões. Resultado do Bitcoin em baixa no mercado. Na prática, a perda representa uma perda de US$ 37 milhões aos cofres públicos — pouco mais de R$ 187 milhões em conversão direta.

El Salvador comprou mais de 2 mil Bitcoins

Aposta no Bitcoin gera prejuízo em El Salvador.
O ativo digital mais popular e valioso do mercado chegou próximo dos US$ 25 mil na última quinta-feira (12). Imagem: Visual Generation/Shutterstock

Vale lembrar que o país latino-americano investiu pesado na ideia de adotar o Bitcoin, comprando 2.301 unidades da moeda virtual. O maior defensor da iniciativa foi o presidente Nayib Bukele, que legalizou o uso do ativo digital em setembro do ano passado. El Salvador, inclusive, foi o primeiro país a tomar a decisão.

No dia 9 de maio, mesmo com a crise no mercado de criptomoedas em curso, Bukele decidiu gastar outros US$ 15 milhões em mais 500 BTC. Como justificativa, o presidente alegou estar aproveitando o período de queda para comprar o ativo “na baixa”.

Bukele, que chegou a ser advertido pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) para seguir com cautela nos seus planos, está sendo alvo de críticas da população pela falta de transparência na gerência do projeto, que envolve o uso de dinheiro público.

Leia mais:

Criptomoeda despencou na última semana

Após alcançar quase US$ 69 mil em novembro de 2021, sua maior máxima até aqui, o Bitcoin chegou a perder quase 60% de valor nos últimos dias. No momento da publicação, a criptomoeda é cotada perto dos US$ 30 mil, segundo o CoinMarketCap.

Via: Decrypt

Já assistiu aos novos vídeos no YouTube do Olhar Digital? Inscreva-se no canal!

O post Aposta no Bitcoin gera prejuízo de quase R$ 190 milhões em El Salvador apareceu primeiro em Olhar Digital.

❌