Noticias em eLiteracias

🔒
✇ CONTI outra

Homem paga para tirar foto com pantera e acaba escalpelado pelo animal

Por CONTI outra — 23 de Maio de 2022, 20:28

Um homem precisou ser hospitalizado e passou uma semana internado depois de ser atacado por uma pantera negra que vive em cativeiro para exibição ao público.

Dwight Turner, que vive na Flórida, Estados Unidos, queria apenas ter uma interação com o felino e tirar algumas fotos. Então, ele procurou Michael Poggi, que diz administrar um santuário para animais raros e ameaçados de extinção. Dasha, a pantera negra responsável pelo ataque, era um dos animais.

O registro de Turner após o ataque.

O norte-americano pagou a Michael Poggi a quantia de US$ 150 (R$ 721 hoje) para viver uma “experiência de contato completa” com o animal na cidade de Davie. No entanto, Dasha não reagiu bem à presença do estranho em seu recinto e avançou com agressividade sobre o homem.

De acordo com informações da Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem da Flórida (FWC), o couro cabeludo de Dwight estava “pendurado na cabeça” e sua orelha direita foi rasgada ao meio.

Após o episódio, Dwight Turner entrou na justiça contra o proprietário do espaço, que também trabalha no mercado imobiliário, por comercializar o contato com uma espécie extremamente perigosa, além de manter animais selvagens em cativeiro em condições pouco seguras.

Michael Poggi é dono da pantera negra que atacou Turner

Mesmo que Dwight tenha assinado um termo assegurando estar ciente dos riscos, o documento não tem qualquer validade caso seja comprovado que o negócio é ilegal.

A página de Facebook do espaço gerido por Michael Poggi foi desativada. Já em seu perfil pessoal, é possível ver fotos de diversos animais além da pantera, como macacos, uma cobra e uma alpaca.

***
Redação Conti Outra, com informações de Hypeness.
Fotos: Reprodução.

The post Homem paga para tirar foto com pantera e acaba escalpelado pelo animal appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

‘Tremi igual uma vara verde’, diz menino que viu onça em banheiro de escola em MG

Por CONTI outra — 22 de Maio de 2022, 23:30

Na manhã deste sábado (21), o pequeno David Miguel, de nove anos, foi jogar futebol em uma escola de Nova Lima, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, e acabou tendo uma grande surpresa.

O menino acabou encontrando uma onça parda escondida em um dos banheiros da escola e levou o maior susto!

“Tremi igual vara verde”, disse o menino ao G1.

Após o flagra, David correu avisar o pai. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

“Ela fez ‘grrrr’. Meu coração quase parou”, relatou o pequeno sobre o seu breve encontro com o animal.

Por volta das 11h, o Corpo de Bombeiros foi acionado. Para colaborar na captura e na sedação, a Polícia Militar de Meio Ambiente também foi acionada. Para acalmar a onça, foram usados três dardos com anestésico.

Os bombeiros conseguiram confinar o animal no vestiário por volta das 12h. Aproximadamente duas horas depois, a captura foi finalizada.

Segundo os bombeiros, a onça aparentemente estava saudável e sem ferimentos. Ela foi solta em uma mata.

***
Redação Conti Outra, com informações de G1 e UOL.
Fotos: Reprodução.

The post ‘Tremi igual uma vara verde’, diz menino que viu onça em banheiro de escola em MG appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Depois de 6 anos vivendo nas ruas, cãozinho reencontra seus tutores

Por CONTI outra — 13 de Maio de 2022, 13:50

Um cachorrinho estava vagando sem rumo pelas ruas de Sumter County, na Flórida, quando um rapaz de aparência amistosa passou por ele. Assim que o avistou, o cãozinho imediatamente correu ao encontro dele sem hesitar. Foi um encontro que transformou sua vida!

“Ele praticamente mergulhou nesse cara, como se estivesse dizendo: ‘Me ajude! Ajude-me!’” , disse Claudia Labbé, voluntária da YOUR Humane Society SPCA, “Ele estava tão feliz em vê-lo.”

Quando foi resgatado das ruas pelo rapaz e levado para um abrigo, o cãozinho da raça Chihuahua estava desnutrido e cheio de pulgas. Já na instituição, o cão manteve sua postura dócil e positiva diante dos humanos, o que fez com que os funcionários do abrigo desconfiassem que o animal já teve um lar antes de viver nas ruas. A partir daí, o examinaram em busca de um microchip.

Os voluntário so abrigo descobriram o nome do cachorro, Alex, bem como os nomes de seus ex-tutores. Com essas informações em mãos, eles conseguiram localizar e entrar em contato com a família, que lhes contou uma história emocionante.

Seus donos não tinham notícia de seu amado cãozinho há seis longos anos. Eles viviam em Nápoles, na Flórida, a mais de 225 milhas do local onde Alex foi encontrado.

Além disso, o doce chihuahua tinha um imãozinho, um cão chamado Thunder que se juntou à família quando era apenas um filhote de 2 meses de idade. O desencontro teve início quando Thunder saiu para morar com a vovó por um tempo, então, Alex cavou um buraco debaixo da cerca do quintal e escapou, provavelmente em busca de Thunder.

Assim que notaram o sumiço do cachorro, seus tutores passaram a orar diariamente pelo seu retorno para casa em segurança, e procuraram por todos os lados. Mas, com o passar dos meses, a esperança de encontrar o pet desapareceu. Mas a ligação da YOUR Humane Society SPCA no final da noite de fevereiro mudou tudo.

Os tutores tinham receio de que Alex não se lembrasse mais deles depois de tanto tempo. Mas bastou que o cachorrinho pusesse os olhos em sua família para que o afeto entre eles se manifestasse. Seu rabinho imediatamente começou a tremer e ele não demorou a pular nos braços de sua mãe para um abraço. “Alex não pôde conter sua pura alegria de vê-los novamente”, escreveu o abrigo no Facebook . “Todos eles se levantaram, abraçando o cãozinho que acabara de recuperar sua identidade e sua família há muito perdida.”

“Todo mundo estava chorando, incluindo a equipe”, disse Labbé. “Isso é o que motiva todos – porque os animais de estimação são familiares.”

Agora, Alex está de volta em casa e sua família parece que ele está lá para sempre. O que é ainda melhor – ele se reuniu com seu irmão caçula, Thunder, e dois nunca mais se separarão.

***
Redação Conti Outra, com informações de Portal do Animal.
Fotos: Reprodução.

The post Depois de 6 anos vivendo nas ruas, cãozinho reencontra seus tutores appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Luisa Mell é internada após ter convulsão e faz duro desabafo: “Não sei se consigo mais viver assim”

Por CONTI outra — 11 de Maio de 2022, 21:16

A apresentadora e ativista da causa animal Luisa Mell foi internada em um hospital em São Paulo após ter uma convulsão e cair de costas. Na tarde desta quata-feira (11), ela surgiu nos stories do seu perfil no Instagram, deitada em uma cama da unidade médica. Bastante abatida e chorando, ela atualizou os seguidores sobre seu estado de saúde.

“Vocês acreditam numa coisa dessas: fui internada ontem, tive uma convulsão. Caí no show, bati as minhas costas… Não sabem ainda o que é, mas também é muito estresse, gente. Não sei se consigo viver assim, todo mês implorando”, disse ela.

“O Brasil inteiro me pede para eu salvar cachorro. Quando não salvo, falam que eu sou uma farsa. Não aguento mais. Não posso me matar deste jeito.”, completou a ativista.

Luisa Mell também falou com a revista Quem sobre as dificuldades que vem enfrentando desde o começo da pandemia para manter o Instituto Luisa Mell, que resgata animais abandonados e em situação de risco.

“Está difícil ainda! A gente vem de uma pandemia e uma crise econômica muito forte. As pessoas não estão colaborando e nem adotando. Estamos sempre com lotação de ocupação. Eu tinha alugado um lugar a mais, mas tive que devolver. Quero recomeçar meu santuário. Vamos ver se no meio do ano consigo retomar. As coisas estão voltando ao normal e espero que a situação econômica também melhore. A situação está muito ruim e isso reflete na decisão de uma pessoa de se responsabilizar por um animal.”, disse Luisa.

Recentemente, Luisa Mell enfrentou também uma turbulência em sua vida pessoal. Ela se separou do empresário Gilberto Zaborowsky, pai de seu filho Enzo, em meio a rumores de uma suposta infidelidade dele. Algum tempo depois, a apresentadora revelou ter tido gordura das axilas retirada em uma cirurgia sem a sua permissão e conhecimento, mas por meio de um acordo entre médico e seu então marido.

***
Redação Conti Outra, com informações de Quem.
Fotos: Reprodução/Instagram.

The post Luisa Mell é internada após ter convulsão e faz duro desabafo: “Não sei se consigo mais viver assim” appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Cachorrinha é deixada pelo tutor com mochila com todos os seus brinquedos e bilhete comovente

Por CONTI outra — 11 de Maio de 2022, 00:36

Kylie Rose Engelhardt é uma norte-americana, moradora de Green Bay, Wisconsin, que emocionou muitas pessoas com uma foto que tirou recentemente. Ela registrou uma cachorrinha que havia sido abandonada por seu tutor. A peluda estava amarrada em um hidrante, com uma mochila do seu lado.

Foto: Divulgação / Wisconsin Humane Society

Como a cadelinha parecia muito bem cuidada, Kylie, a princípio, achou que a pequena estava esperando esperando o tutor. Mas, foi percebendo a situação depois de uma hora que a cachorrinha permaneceu no mesmo lugar.

Kylie contou que sentou ao lado da cachorrinha, agora chamada de Baby Girl e esperou. Porém, a situação não mudou e ninguém apareceu para buscá-la.

Foi aí que a mulher percebeu que, em meio aos brinquedos que estavam na mochila da cachorra, havia um bilhete: “Eu fiz o meu melhor, pessoal, acredite em mim, isso partiu o meu coração”.

Foto: Divulgação / Wisconsin Humane Society

Depois que Kylie leu o bilhete e entendeu o que se passava, resolveu levar a cadela para o abrigo de animais Wisconsin Humane Society. De acordo com a equipe do abrigo, Baby Girl deve ter cerca de 5 anos e é extremamente carinhosa e dócil, adora passear e brincar com todos.

Além disso, o abrigo fez uma emocionante publicação no Facebook, como uma resposta ao bilhete deixado pelo antigo tutor da cachorrinha. Todos os voluntários entenderam que Baby Girl havia sido ‘abandonada’ porque não tinham mais condições de cuidar.

“Antes de mais nada, sentimos muito que você teve que se separar de seu melhor amigo. É evidente o quanto você a amava e podemos ver que você fez o seu melhor enquanto lutava com suas próprias complicações médicas e desafios da vida. Vemos seu amor na mala que você cuidadosamente embalou com todas as coisas favoritas dela. Vemos seu amor na maneira como você prendeu a coleira dela para que ela não fosse atropelada por um carro. Vemos seu amor na maneira como você a colocou no meio de um bairro onde ela seria encontrada rapidamente. Vemos seu amor em como a Baby Girl parece feliz e saudável. E vemos seu amor no bilhete que você deixou, implorando para que alguém a ajudasse quando você não podia mais”, diz a carta do Facebook.

Foto: Divulgação / Wisconsin Humane Society

A cachorrinha continua disponível para adoção e a equipe do abrigo irá se certificar que os próximos tutores serão perfeitos e aptos para cuidar dela até o final de sua vida.

Com informações de Amo Meu Pet

The post Cachorrinha é deixada pelo tutor com mochila com todos os seus brinquedos e bilhete comovente appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Ex-mulher exige pensão alimentícia para cobrir custos com cahorros após separação

Por CONTI outra — 9 de Maio de 2022, 23:50

Na última terça-feira (3), o Superior Tribunal de Justiça (STJ) começou a analisar uma decisão judicial que estipulou que um homem de São Paulo pague R$ 500 mensais a título de pensão à ex-companheira para ajudar com os gastos com os quatro cachorros do casal.

Os cães foram adquiridos pelo ex-casal durante a união estável. Após a separação, a mulher entrou na Justiça requerendo uma pensão mensal, além de ressarcimento de R$ 19 mil reais para o pagamento de despesas que ela teve com os cães.

O ex-marido recorreu da decisão, e o caso seguiu para o STJ. O relator do caso, o ministro Vilas Boas Cueva, avaliou que a pensão é legítima, e a pensão deve ser paga até o fim da vida dos cães ou até que eles ganhem um novo lar.

Já o ministro Marco Aurélio Belize solicitou vista, ou seja, mais tempo para analisar o caso. Ainda não há uma data marcada para o julgamento da ação.

O advogado e diretor do Instituto Luiz Gama, Camilo Caldas, crê que a discussão trará maior proteção para animais domésticos, uma vez que abre precedente para casos parecidos, além de trazer o conceito de família multiespécie.

“A ideia de família multiespécie é algo muito discutida no judiciário não só no Brasil, mas no mundo. Ela passa por entender que o vínculo que constitui a família é acima de tudo o afeto e ele pode existir também entre humanos e animais domésticos. Portanto estamos evoluindo para fugir de um pensamento único e tradicional e pensar acima de tudo na sensibilidade que cada ser possui”, disse.

Mel de Souza, diretora do Proanima, opina que os casais devem estar ciente dos gastos e da responsabilidade quando decidir incluir um pet na família.

***
Redação Conti Outra, com informações de G1.
Foto de capa: Mali Maeder/Pexels.

The post Ex-mulher exige pensão alimentícia para cobrir custos com cahorros após separação appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Segurança resgata cachorra que foi abandonada doente dentro de saco de lixo em Campinas

Por CONTI outra — 9 de Maio de 2022, 00:14

Na noite da última quinta-feira (5), o segurança Diego Calos Moysés resgatou uma cachorra doente que tinha sido abandonada dentro de um saco plástico e colocada em uma lixeira de avenida na Vila Mimosa, em Campinas (SP). O trabalhador disse à EPTV que estava fazendo uma ronda pela região quando notou o animal se debatendo no local.

O resgate ocorreu por volta das 19h30, na Avenida Senador Antônio Lacerda Franco. Diego foi até a lixeira depois de ser alertado por um homem em situação de rua que havia um cachorro dentro de um dos sacos de lixo: “Ela estava cheia de formigas nos olhos, na boca, no ouvido. Comecei a limpar e vi que ela estava viva”, contou.

Moysés levou a cachorra perto de uma parede com o intuito de protegê-la do vento. Pessoas que estavam próximas ao local acionaram o Samu Animal. Cerca de 40 minutos depois, po serviço sergou ao local, medicou a cachorra e a socorreu ao Departamento de Proteção e Bem Estar Animal (DPBEA), onde segue sob tratamento médico veterinário.

O Samu constatou que, além de debilitada e desnutrida, a cachorra estava com uma fratura no crânio. O segurança responsável pelo resgate afirmou que quer adotá-la.

“A palavra de Deus ensina isso, levar amor ao próximo. Eu só fiz minha parte” […] Para mim, o que mais doeu foi a falta de sensibilidade. Porque a pessoa pega o animal, jura amor eterno, cuidar dele, e despreza. Descarta como lixo, que foi onde eu encontrei essa cachorra”, falou Moysés.

Doença contagiosa

A prefeitura informou que o animal está isolado no DPBEA para atendimento, e que ele apresenta quadro de saúde grave. A cachorra, apelidada de Drika pela equipe de profissionais, apresenta cinomose, doença contagiosa que afeta o sistema imunológico e pode resultar em morte.

O veterinário Ricardo Cardoso explicou que os abandonos de animais na região são frequentes e lamentou: “Não é uma coisa incomum, infelizmente”, criticou.

Não houve registro de boletim de ocorrência sobre o caso até esta publicação. Casos de violência contra animais podem ser denunciados pelo número 156 durante dias úteis, das 8h às 17h, ou pelo celular (19) 9-9398-4517 nos demais dias e horários, destacou a administração municipal.

***
Redação Conti Outra, com informações de G1.
Fotos: Reprodução.

The post Segurança resgata cachorra que foi abandonada doente dentro de saco de lixo em Campinas appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Cachorrinha de 20 anos não desapega de brinquedo em formato de banana

Por CONTI outra — 28 de Abril de 2022, 00:19

Tessa é uma cachorrinha vira-lata de 20 anos e ela é apaixonada por sua família, mas um integrante tem uma atenção especial: seu brinquedo em formato de banana.

Ela nunca deixa sua banana de lado e a leva para onde quer que vá. Quando seus tutores resolvem lavar a pelúcia, Tessa fica ansiosa procurando por seu brinquedinho favorito.

Foto: Arquivo Pessoal Shanna Loren

A cadelinha Tessa é a prova de que os brinquedos são muito importantes para os cães e ajudam até mesmo em seu bem-estar e longevidade, se atrelados à uma boa criação.

Além de não deixar a banana de lado, Tessa também sente muito ciúmes do brinquedo e não deixa ninguém chegar perto da sua preciosidade. Seu passatempo preferido é se aconchegar na pelúcia, como se a banana evocasse lembranças felizes.

A tutora de Tessa, Shanna Loren Weaver, de Atlanta, Geórgia, sul dos EUA presenteou a cachorrinha com a banana há cinco anos, depois que o brinquedo favorito da peluda foi destruído por outro cachorro adotado pela família.

Foto: Arquivo Pessoal Shanna Loren

Assim que chegou em casa com o brinquedo, Shanna conta que a peluda percebeu a novidade imediatamente. Agarrou a banana no momento em que Shanna a mostrou e ficou muito satisfeita com a nova aquisição.

A banana de pelúcia, agora, é atração principal para a cachorrinha. Sempre que visitas chegam em sua casa, ela passa correndo na frente para “apresentar” a banana de pelúcia. A tutora orienta a todos os convidados para que eles “festejem” o brinquedo com a cachorra.

Com certeza, Tessa é uma cachorrinha feliz e pode viver o resto de sua vida com seu brinquedo preferido. Elas serão amigas para sempre!

Com informações de Cães Online

The post Cachorrinha de 20 anos não desapega de brinquedo em formato de banana appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Vídeo: Cavalo consola cuidadora que estava vivendo momento de tristeza

Por CONTI outra — 26 de Abril de 2022, 16:24

Tem causado grande comoção na internet nos últimos dias um vídeo que mostra um cavalo oferecendo consolo à sua cuidadora, que é vista com um semblante triste e chorando. Nas imagens, o animal vai se aproximando delicadamente da mulher e lhe faz um afago.

O cavalo que protagoniza o vídeo é Shiner, de quatro anos. Já a mulher que recebe o carinho do nobre animal é a cuidadora Shania. Em uma recente entrevista, ela disse que, no momento em que o registro foi feito, ela estava passando por um divórcio.

“Eu estava em processo de divórcio e estava me mudando naquele dia […] Eu apenas estava me escondendo das minhas emoções quando meu cavalo Shiner, sentiu isso. Ele sentiu minha dor e apenas me puxou em seu peito para me deixar chorar e me tranquilizou com seus empurrões”, contou a mulher.

As imagens foram captadas pela câmera da própria Shania, que costuma manter o equipamento ligado justamente para registrar suas interações com os animais.

“Sempre coloco minha câmera quando interajo com meus cavalos”, disse Shania.

Veja o vídeo:


***
Redação Conti Outra, com informações de Só Notícia Boa.
Fotos: Reprodução.

The post Vídeo: Cavalo consola cuidadora que estava vivendo momento de tristeza appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Enfermeira adota gatinho idoso que perdeu os tutores e a casa na guerra na Ucrânia

Por CONTI outra — 26 de Abril de 2022, 00:05

O gato Miky já tinha vinte anos quando se viu sem lar e sem família. Seus tutores faleceram durante a invasão russa na Ucrânia e a sua casa foi destruída por bombardeios. Quase por um milagre, Miky sobreviveu, mas seu futuro ainda era incerto.

O animal foi encontrado em meio aos escombros da sua antiga casa e encaminhado para um abrigo. Lá, ele ficou profundamente deprimido, se recusando a comer e a socializar com outros animais. Todos acreditavam que ele logo iria falecer devido à tristeza, ao trauma e à saudade que tinha dos seus tutores.

Em uma operação que transportava animais de abrigos da Ucrânia para outros países europeus, o gato idoso foi levado para a França por dois refugiados ucranianos e acolhido pela Société Protectrice des Animaux (SPA).

Em suas redes sociais, a organização francesa relatou que uma enfermeira da Cruz Vermelha ficou muito comovida com o sofrimento do pobre Miky. “Ele perdeu todo o rumo e sentimos que ele está machucado na alma”, disse um porta-voz da SPA.

Hoje, Miky já está instalado em seu novo lar e tem trazido muita alegria para a sua nova tutora, que trabalha atendendo e ajudando refugiados ucranianos em um centro de acolhimento. Miky agora poderá viver seus últimos dias em um lar seguro e confortável, recebendo todo o cuidado e carinho que merece.

***
Redação Conti Outra, com informações de Anda.
Foto: Société Protectrice des Animaux.

The post Enfermeira adota gatinho idoso que perdeu os tutores e a casa na guerra na Ucrânia appeared first on CONTI outra.

✇ Olhar Digital :: Olhar Digital Geral

Samsung Galaxy S22 5G tem modo especial para fotografar pets

Por Marina Schnoor — 12 de Abril de 2022, 21:56

Os novos celulares da Samsung Galaxy S22 5G contam com um modo especial para fotografar pets, que permite fazer aquele efeito de fundo borrado já popular em retratos de pessoas nas redes sociais. O modo está disponível para os modelos S22 5G, S22+ 5G e S22 Ultra 5G.

Segundo a Samsung, o modo de fotos do S22 para animais de estimação utiliza uma combinação de IA e do processamento do chip Snapdragon 8 Gen 1. A IA faz um mapeamento de profundidade para fazer fotos e vídeos com os mínimos detalhes e alta nitidez. Essa AI consegue identificar quando um animal está sendo fotografado, e faz um recorte mais suavizado e natural da pelagem do pet, evitando que ela se misture ao fundo da fotografia.

Além de permitir fotografar seus pets com todos os detalhes, a linha Galaxy S22 5G oferece ao usuário mais controle do resultado final da imagem com o app Expert RAW 2. O app possui várias ferramentas de edição na câmera, que permitem fazer imagens estilo câmeras DSLR. Com ele é possível clarear ou escurecer fotos com configurações ISO e de velocidade de obturador, ajustar o balanço de branco para deixar a foto com tons mais quentes ou frios, e controlar manualmente o foco.

Leia mais:

A linha Galaxy S22 5G com modo de retrato para pets foi lançada no Brasil em 15 de fevereiro. E como o celular é o sucessor da linha Note da Samsung, ele já vem com S Pen que pode ser guardada no próprio aparelho.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!

O post Samsung Galaxy S22 5G tem modo especial para fotografar pets apareceu primeiro em Olhar Digital.

✇ CONTI outra

O caro e controverso procedimento de clonagem de animais de estimação

Por CONTI outra — 7 de Abril de 2022, 23:33

Quando John Mendola, policial aposentado de Nova York John, descobriu que Princesa, sua amada cachorrinha de estimação, estava com câncer terminal, ele resolveu cloná-la.

Ele relatou à BBC que soube do processo após assistir a um documentário sul-coreano sobre o tema. O país asiático é líder na área e produziu o primeiro cão clonado em 2005.

Mendola contratou a ‘Viagen Pets and Equine’, empresa sediada no Texas, que se encarregou de fazer uma biópsia e retirar uma amostra de tecido de Princesa antes de ela falecer em 2017. O material genético foi usado para dar origem a dois clones da cachorrinha, que nasceram de uma mãe de aluguel aproximadamente um ano depois.

Os filhotes vieram ao mundo geneticamente idênticos à Princesa. O policial batizou as duas cachorras de Ariel e Jasmine, homenageando os filmes da Disney, como fizera antes com a doadora do material genético.

“As manchas, os pelos, tudo é mais ou menos igual, até os gestos”, diz. “Você sabe como os cachorros às vezes se levantam e sacodem o corpo inteiro? Ambas fazem isso ao mesmo tempo, como a Princesa fazia.”

Um procedimento cada vez mais popular

Apesar de seu alto custo e de toda a controvésia que causa, a clonagem de animais de estimação cada vez se populariza mais. A Viagen Pets and Equine diz que agora está clonando “mais e mais animais de estimação a cada ano” e clonou “centenas” desde que iniciou seus serviços em 2015.

Quem quer clonar seu cão de estimação pela empresa, tem que desembolsar US$ 50 mil (R$ 230 mil). Já para a clonagem de gatos, o custo é de US$ 30 mil (R$ 140 mil). Para cavalos, o valor cobrado é de US$ 85 mil (R$ 400 mil).

Atualmente, há várias técnicas específicas de clonagem, mas geralmente um núcleo de célula do animal a ser clonado é injetado em um óvulo doador que teve seu material genético removido.

A partir daí, o óvulo é cultivado em laboratório até se tornar um embrião, e então o embrião é implantado no útero de uma mãe de aluguel que dá à luz um filhote.

Segundo Blake Russell, presidente da Viagen, o material genético do animal a ser clonado pode ser armazenado quase indefinidamente antes do processo de clonagem. Isso é possível graças ao uso de temperaturas de congelamento muito baixas ou criopreservação.

“Um animal de estimação clonado é, simplesmente, um gêmeo genético idêntico, separado por anos, décadas e talvez séculos”, acrescenta.

Sua empresa diz que “está comprometida com a saúde e o bem-estar de todos os cães e gatos com quem trabalhamos” e adere a todos os regulamentos dos EUA.

Polêmicas

Organizações engajadas na luta pelo bem-estar animal levantaram preocupações sobre a clonagem de animais. Vários estudos científicos, por exemplo, apontam que os animais clonados são mais propensos a doenças.

Há ainda os que criticam o alto índice de insucesso da indústria: há grande número de clones que não nascem aptos e saudáveis.

De acordo com um relatório de 2018 da Universidade de Columbia em Nova York, a taxa média de sucesso das clonagens se restringe a 20%. Isso significa que são necessárias várias mães de aluguel para permitir várias tentativas.

Segundo Penny Hawkins, especialista em bem-estar animal da Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals do Reino Unido, do processo de recuperação de óvulos femininos para doação e preparação para barriga de aluguel pode ser doloroso e angustiante.

O comportamento de um animal não pode ser clonado

Hawkins explica ainda que um animal clonado nunca será uma cópia exata do animal de estimação original, principalmente quando se trata de comportamento. “Há muito mais em um animal do que seu DNA, e animais clonados inevitavelmente terão experiências de vida diferentes, resultando em animais com personalidades diferentes”.

Um funcionário da própria Viagen afirmou no ano passado que 25% da personalidade de um animal vem de sua criação.

“Recomendamos que qualquer pessoa que esteja procurando um novo animal de estimação para se tornar parte de sua família adote um dos milhares de animais em centros de resgate em busca de lares”, diz Hawkins.

Elisa Allen, diretora do grupo de direitos animais People for the Ethical Treatment of Animals (Peta), endossou a recomendação de que as pessoas adotem animais resgatados ao invés de criarem clones.

“As personalidades, as peculiaridades e a própria essência dos animais simplesmente não podem ser replicadas”, explica ela.

“E quando você considera que milhões de cães e gatos maravilhosos e adotáveis definham em abrigos de animais a cada ano ou falecem de maneiras terríveis depois de serem abandonados, você percebe que a clonagem aumenta a crise de superpopulação de animais sem-teto”.

“A Peta incentiva qualquer pessoa que queira trazer outro animal de estimação para suas vidas a adotar em seu abrigo local, em vez de incentivar a clonagem, uma moda cruel para ganhar dinheiro”.

Para o geneticista Andrew Hessel, a clonagem de animais de estimação traz muito poucas preocupações éticas, se feita com responsabilidade.

“Alguém pode dizer ‘por que clonar animais, quando existem todos esses outros animais disponíveis para adoção?'”, diz ele. “No entanto, você pode usar o mesmo argumento com crianças.”

“Por que ter seu próprio filho quando há todas essas crianças disponíveis para adoção? E os animais de estimação também se tornam membros da família.”

Saudáveis e felizes

De volta a Long Island, Mendola diz que Ariel e Jasmine estão saudáveis e felizes.

Antes da Princesa original falecer, ela adotou outro cão resgatado chamado Bebe. “Quando eu trouxe os novos filhotes para casa, Bebe imediatamente os acolheu”, diz ele.

“Ele sentiu falta da Princesa. Ele sentiu o cheiro delas e ficou feliz. Elas são Princesas.”

Bebe faleceu inesperadamente este ano, mas Mendola já estava preparado: tem parte de seu material genético armazenado para uma possível clonagem futura.

***
Redação Conti Outra, com informações de BBC.
Fotos: Reprodução.

The post O caro e controverso procedimento de clonagem de animais de estimação appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Casal de veterinários oferece abrigo a cães deixados para trás na Ucrânia

Por CONTI outra — 23 de Março de 2022, 21:49

O casal de veterinários ucranianos Leonid e Valentina Stoynov se dedica há anos à nobre missão de proteger animais selvagens através do projeto Vet Crew. No entanto, o trabalho deles nunca se fez mais necessário do que agora.

Desde 24 de fevereiro, quando a Rússia invadiu oficialmente a Ucrânial, Leonid e Valentina estão sitiados em Odessa, cidade que já foi alvo de mísseis russos. E, de lá para cá, o casal notou que um grande número de pessoas estavam fugindo às pressas da cidade, rumo a fronteiras de países vizinhos, e deixando para trás seus animais de estimação.

De acordo com o Acnur, a Agência da ONU para Refugiados, esse tipo de situação é bastante comum durante qualquer guerra. Na dúvida se os animais serão aceitos nos lugares para onde estão indo procurar abrigo, muitos deixam seus pets para trás.

Com o intuito de evitar que os animais fiquem abandonados durante o conflito, Leonid e Valentina resolveram focar seus esforços neste momento na proteção de animais domésticos e fizeram um pronunciamento em suas redes sociais, onde têm bastante alcance, objetivando conscientizar tutores para que não deixem seus bichos para trás: “Gritos e bombardeios podem ser ainda mais assustadores para quem não entende o que está acontecendo”, disseram, oferecendo ajuda para orientar como é possível sair do país levando animais de estimação.

O casal explicou que países como Polônia, Romênia e Eslováquia, até o momento, estão permitindo que os ucranianos atravessem as fronteiras com seus bichinhos, mesmo sem documentos veterinários.

O maior objetivo do casal é a conscientização, uma vez que seria impossível oferecer abrigar todos os animais da cidade em sua casa -, mas para aqueles que estão decididos a abandonar seus animais de estimação, Leonid e Valentina fazem um novo apelo ao final do vídeo: “Não importa a situação, seguiremos fazendo o nosso trabalho. Ficaremos em Odessa e estamos aceitando animais em caráter de emergência”, afirmam.

***
Redação Conti Outra, com informações de Só Notícia Boa e The Greenest Post.
Fotos: Reprodução/Instagram.

The post Casal de veterinários oferece abrigo a cães deixados para trás na Ucrânia appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Cachorrinho enfrentou uma matilha de cães para defender seu dono. Ninguém conseguia chegar perto do menino

Por CONTI outra — 12 de Março de 2022, 20:00

Os cães são conhecidos como os melhores amigos do homem, e embora possa parecer apenas um chavão que se repete há várias gerações, a verdade é que os cães demonstram com fatos que são um dos animais mais leais que existem.

É o caso deste cachorrinho vira-lata, que, vendo que o seu tutor estava em perigo, não hesitou em colocar-se diante de uma matilha de cães e defendê-lo para evitar que o atacassem.

O caso ocorreu em Villa María del Triunfo, no Peru, e foi compartilhado por um dos moradores da região, reconhecido como Hugo Motta.

Como pode se pode ver no vídeo, o menino estava pedalando em sua bicicleta em velocidade moderada junto de seu animal de estimação quando foi surpreendido por um grupo de cães que não hesitaram em correr para atacá-lo.

No entanto, longe de fugir, seu bravo cachorrinho ficou na frente de seu dono e começou a defendê-lo de qualquer ataque dos cães ao redor. Apesar de estar em desvantagem contra os seis vira-latas que estavam no local, o cão não se sentiu ameaçado.

“Andando pelos morros do VMT, me deparo com essa surpresa. Vira-lata defende seu dono do ataque de uma matilha de cães, mostrando que vira-latas são mais fiéis que os de raça”, mencionou o homem em sua conta na rede social.

O mais impressionante de tudo é que, apesar do menino estar sendo perseguido pelos cachorros e estar em perigo, o garotinho confiou no cachorro e em nenhum momento se mostrou realmente preocupado ou fugiu do local.

Veja o vídeo:

***
Redação Conti Outra, com informações de UPSOCL.
Fotos: Reprodução.

The post Cachorrinho enfrentou uma matilha de cães para defender seu dono. Ninguém conseguia chegar perto do menino appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Vídeo de cãozinho na garupa da moto com óculos de proteção conquista a internet. Assista!

Por CONTI outra — 11 de Março de 2022, 19:32

Esse cachorrinho é da cidade de New Haven, em Connecticut, nos Estados Unidos, e está fazendo sucesso nas redes sociais depois de ser filmado na garupa de uma moto. O que mais chama a atenção é a vestimenta do peludo, que está de moletom e um óculos de proteção especial para motociclistas.

Foto: Reprodução/Facebook

O vídeo foi filmado pelo marido de Jannette Ortiz, que estava dirigindo a trabalho pela rodovia da cidade quando flagrou a cena. A mulher publicou o registro nas redes sociais e o cãozinho fez sucesso!

A publicação teve mais de 301 mil compartilhamentos, 85 mil reações e milhares de comentários. E não é à toa, a cena é adorável! Assista:

Com informações de Amo Meu Pet

The post Vídeo de cãozinho na garupa da moto com óculos de proteção conquista a internet. Assista! appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Cãozinho caramelo ‘se rende’ junto com suspeitos durante abordagem policial

Por CONTI outra — 11 de Março de 2022, 00:04

Uma cena inusitada envolvendo um cachorrinho vira-lata caramelo supreendeu uma equipe da PM (Polícia Militar) de Itaperuçu, na região metropolitana de Curitiba. Tudo começou quando um simpático câozinho viu dois suspeitos no chão em meio a uma abordagem policial e resolveu acompanhá-los, também deitando na rua.

“A gente abordou os suspeitos e colocamos eles ao chão. O cachorro passava no momento da revista a dupla, deve ter pensando que era uma brincadeira e decidiu deitar ao lado deles”, disse o soldado Maurício Brito ao UOL.

Segundo os policiais, a situação é ainda mais curiosa pelo fato de que o cão aparentemente não conhecia nenhum daqueles homens que estavam deitados no chão.

“Não sei se foi parceiro mesmo, ou achou se era uma brincadeira. Ficou assim durante toda a abordagem enquanto eles estavam ao chão”, completou o policial.

O cãozinho caramelo acabou “liberado” após a revista aos suspeitos. Já os dois homem não teve a mesma sorte.Eles foram levados à Delegacia de Rio Branco do Sul, unidade que atente Itaperuçu.

O cão, que parece viver na rua, não foi mais visto pelos policiais.

“É comum assalto na região com dois indivíduos em uma moto. Quando o abordamos, fugiram e com isso fomos atrás. Sempre fazemos esse patrulhamento, agora essa cena do cachorro não é comum. Virou algo bem inusitado”, disse o soldado.

***
Redação Conti Outra, com informações de UOL.
Foto destacada: Divulgação/PMPR.

The post Cãozinho caramelo ‘se rende’ junto com suspeitos durante abordagem policial appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Brasileira que mobilizou Itamaraty para tirar cão da Ucrânia desembarca no Brasil

Por CONTI outra — 10 de Março de 2022, 23:42

No início da tarde desta quinta-feira (10), a sorocabana Vanessa Rodrigues Granovskaya, que está entre os brasileiros que deixaram Ucrânia depois da invasão russa, finalemnte desembarcou no aeroporto de Brasília.

“Deu tudo certo! Estou muito feliz. Nem sei como agradecer pela ajuda de todos”, disse Vanessa em um vídeo postado no perfil das redes sociais da ativista Luísa Mell.

Foram trasportados pela Força Aérea Brasileira (FAB) oito cachorros, dois gatos e 70 pessoas em dois aviões. Segundo a FAB, no KC-390 Millennium também havia 11,6 toneladas de ajuda humanitária para a população ucraniana.

Vanessa, que está esperando um filho, conseguiu chegar à Polônia acompanhada do seu cão de estimação, o Thor, na sexta-feira (4), depois de mobilizar o Itamaraty para uma ação de resgate dos pets em áreas de risco na Ucrânia.

O embarque de Thor havia sido negado por ele ser de focinho curto. O marido dela, Vladimir Granovski, ficou na Ucrânia.

Por meio das redes sociais, Vanessa postou algumas fotos e vídeos da cidade onde ficou hospedada nos últimos dias: Varsóvia.

De acordo com o marido, Vanessa ficará com a família em Sorocaba, no interior de São Paulo, até conseguir decidir quais serão os próximos passos.

Na tarde desta quinta-feira, ela postou um vídeo em sua rede social no qual mostra o pouso do avião KC-390 Millennium. Ela já havia pousado e estava com seu cachorro Thor no solo.

***
Redação Conti Outra, com informações de g1.
Fotos: Reprodução.

The post Brasileira que mobilizou Itamaraty para tirar cão da Ucrânia desembarca no Brasil appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Homem se nega a deixar Kiev para não abandonar 400 animais de abrigo

Por CONTI outra — 3 de Março de 2022, 21:29

Mesmo diante do risco iminente da invasão russa à Ucrânia, o ex-fotógrafo italiano Andrea Cisternino se negou a deixar sua casa em Kiev, pois não aceitava a ideia de deixar para trás cerca de 400 animais que ele mantém em seu abrigo.

Andrea, que nasceu em Roma, disse em uma publicação no Facebook que “prefere perder a vida” na guerra do que abandonar seus animais, entre os quais estão cães, gatos, ovelhas, cabras, porcos e cavalos.

O italiano, que é acompanhado nas redes sociais por 66 mil seguidores, tem compartilhado atualizações sobre sua situação em Kiev. Na última quinta-feira (24), dia em que Vladmir Putin iniciou sua invasão ao país, Andrea declarou: “Vou perder a vida aqui pelos meus animais… Tenho que pensar em salvar meu refúgio porque são 400 animais que merecem ser protegidos a qualquer custo”.

Mesmo com helicópteros militares russos sobreando o abrigo, o ex-fotógrafo não deixou de atualizar seus seguidores. Ainda na primeira noite da invasão, ele comentou: “Aqui é toque de recolher das 22h às 19h, tudo está fechado, o abrigo está no escuro, casas com poucas luzes, mais explosões há pouco tempo, vamos esperar por uma noite tranquila”.

Em sua última postagem até o momento, feita dia 25 de fevereiro, Andreas agradeceu aos seguidores pelo apoio recebido. “Olá, aqui estou eu, estamos todos bem apesar dos bombardeios. Por volta das 18h25, se tudo correr bem, farei um vídeo ao vivo. Desculpe mas não consigo ler todas as dezenas das suas mensagens, aliás OBRIGADO por pensar em nós.

Os seguidores de Andreas nas redes sociais o chamam de herói. Um internauta lhe escreveu o seguinte: “Toda nossa solidariedade, sua dor é nossa e esperamos que todo esse absurdo cesse por respeito às vidas humanas”.

Um outro internauta disse que Andrea, sua esposa e mais três pessoas estão buscando refúgio no santuário e passam bem, apesar dos conflitos, e que ainda têm suplementos para eles e para os animais.

***
Redação Conti Outra, com informações de Jornal Biz.
Foto: Reprodução/Facebook.

The post Homem se nega a deixar Kiev para não abandonar 400 animais de abrigo appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Vovô vai todos os dias a um abrigo para tirar um cochilo com os gatinhos

Por CONTI outra — 1 de Março de 2022, 10:53

Há pessoas que nasceram com um dom especial: fazer os animais se sentirem confortáveis na sua companhia. E este pode ser o caso de Terry, um americano de 75 anos que vive em Wisconsin, nos Estados Unidos.

Há algum tempo, Terry bateu à porta de um abrigo de gatos da sua cidade, o Safe Haven Pet Sanctuary, para oferecer sua ajuda. Desde então, o idoso se tornou o melhor amigo dos felinos que vivem no local.

A história de amor de Terry com os gatinhos foi contada em um post na página da entidade no Facebook.

“Somos tão sortudos de ter um humano como Terry. Ele apenas apareceu um dia e se apresentou. Disse que gostava de escovar os pelos de gatos. Eventualmente, começou a vir todos os dias. Penteia os felinos e sabe te dizer sobre todos os gostos de cada um.”, diz o post.

“Quase todos os dias, ele [Terry] acidentalmente cai no sono. Nós não ligamos – os gatos precisam disso. O Terry é um voluntário maravilhoso”, finalizou o abrigo.

O post fez tanto sucesso no Facebook que alcançou mais de 95 mil reações. Logo, a história da dedicação do idoso com seus amiguinhos de quatro patas viralizou na internet e fez muita gente suspirar.

Terry, hoje conhecido como “vovô dos gatos”, com certeza nunca se arrependeu de bater à porta do abrigo para oferecer sua ajuda, afinal, o carinho é algo que se troca. Se ele oferece muito amor aos gatinhos do abrigo, certamente recebe muito amor de volta.

***
Redação Conti Outra, com inmformações de Histórias com Valor.
Fotos: Reprodução.

The post Vovô vai todos os dias a um abrigo para tirar um cochilo com os gatinhos appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Ciclista interrompe pedalada para resgatar cão abandonado na estrada

Por CONTI outra — 1 de Março de 2022, 00:02

Três ciclistas de Villa Regina, Argentina, estavam pedalando na província de Rio Negro, quando um deles avistou um cachorro abandonado na estrada e decidiu interromper o seu percurso para ajudar o animal.

Quando viu que o cão estava desidratado e que provavelmente estava ali há muito tempo, o jovem resolveu levá-lo com ele na bicicleta.

Quem gravou a comovente cena do resgate e publicou o vídeo na internet foi um outro ciclista que estava no grupo. Os rapazes, Rodri, Allen e Emiliano, participam de um grupo de ciclismo chamado Marican Team.

Um dos ciclistas carregou o cão nas costas até a cidade mais próxima para que o animal recebesse os devidos cuidados depois de tanto tempo exposto ao Sol.

O vídeo do resgate fez muito sucesso no Facebook e, em poucas horas, foi compartilhado por milhares de internautas, que enalteceram a atitude dos jovens.

“O coração também treina. Celebramos esta ação que comove a todos”.

“Parabéns pelo que você está fazendo, que é dar amor aos cachorrinhos. Espero que o cão tenha se recuperado”, escreveu um internauta.

“É assim que o mundo muda, é assim que a humanidade muda”, opinou outro.

Ciclista interrompe pedal para Salvar Cãozinho abandonado em estrada

Até o momento não há informações sobre quem ficou responsável pelo cãozinho após o resgate, mas é fácil deduzir que ele está sendo muito bem cuidado.

***
Redação Conti Outra, com informações de Ide Jornal.
Fotos: Reprodução.

The post Ciclista interrompe pedalada para resgatar cão abandonado na estrada appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Gatinha com duas faces encontra lar amoroso que a aceita do jeitinho que ela é

Por CONTI outra — 26 de Fevereiro de 2022, 20:46

Gatos são animais naturalmente fascinantes, mas uma adorável gatinha chamada Duo tem um motivo a mais para ganhar esse adjetivo. Ela nasceu com uma condição incomum chamada dicefalia ou duplicação craniofacial, que faz com que ela tenha uma cabeça, duas bocas, que são capazes de comer e miar independentemente, dois narizes completamente funcionais e quatro olhos.

A natureza às vezes pode ser cruel, e por isso, quando Duo nasceu, sua mãe a rejeitou. Como a gatinha não se parecia com o resto da ninhada, a progenitora se recusou a amamentá-la.

Mas, o destino reservaria boas supresas para a gatinha de duas faces. Ela acabou encontrando um lar no Golden State, onde o veterinário Dr. Ralph Tran tem lhe prestado os melhores cuidados possíveis.

E, de quebra, ela ainda ganhou uma nova irmãzinha felina. As duas se dão tão bem que se tornaram praticamente inseparáveis.

Apesar das particularidades físicas que a fazem especial, Duo é como qualquer outra gatinha. Ela adora brincar, é muito esperta e disposta. Ela realmente vem superando todas as probabilidades e fica a cada dia mais forte. Os veterinários dizem que ela pode ter uma vida longa, como a da maioria dos gatos.

O Dr. Tran é tão apaixonado por Duo que acabou criando uma página no Facebook chamada para que todos possam acompanhar o progresso e as aventuras da pequenina. Nesse vídeo podemos ver como ela vive feliz na sua nova casa.

Duo, agora com 4 meses de idade, já ganhou bastante peso e também fez progressos significativos.

Ela já consegue se alimentar sozinha, se divertir e abraçar seus dois irmãos felinos, Tiny Tuna e Dobby. Essa linda felina encontrou o lar perfeito para viver.

***
Redação Conti Outra, com informações de Ide Jornal.
Fotos: Reprodução.

The post Gatinha com duas faces encontra lar amoroso que a aceita do jeitinho que ela é appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Gatinha que passou nove dias soterrada em Petrópolis é resgatada com vida dos escombros

Por CONTI outra — 24 de Fevereiro de 2022, 20:37

Uma cena comovente registrada nesta quarta-feira (23) em Petrópolis, região serrana do Rio, representou um raro momento de alegria em meio à tragédia. Uma gatinha foi resgatada com vida dos escombros no Morro da Oficina depois de passar pleo menos nove dias soterrada devido ao deslizamento causado pela chuva na região.

O Corpo de Bombeiros do Rio de Janeiro, que ainda busca sobreviventes nas áreas de deslizamento de terra em Petrópolis, foi responsável pelo resgate da gata. As imagens foram divulgadas nas redes sociais pelo governo do estado.

“Uma semana depois das chuvas que atingiram Petrópolis, o @cbmerjoficial foi surpreendido por um milagre: um gatinho, que estava soterrado no Morro da Oficina, foi resgatado com vida”, diz a publicação.

Veja o vídeo do momento do resgate:

O programa RJPet, da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento, dará assistência ao felino.

Segundo avaliação de especialistas, a gatinha tem aproximadamente 5 anos de idade. Apesar do resgate, o estado clínico dela é grave. A falta de água e alimentação, desencadeou problemas além das lesões no corpo.

“Temos dado todo o suporte. Por mais que os felinos sejam animais bem resistentes, no caso da Vitória – nome dado à gatinha resgatada – só pode ter sido Deus, porque um animal que fica tanto sem se hidratar e sem se alimentar pode desenvolver lipidose hepática, que é uma doença grave comum em felinos. Mas alguns resultados dos exames foram bons”, disse o veterinário Guilherme Mayorga ao Diário do Rio.

***
Redação Conti Outra, com informações de CNN e Diário do Rio.
Fotos:

The post Gatinha que passou nove dias soterrada em Petrópolis é resgatada com vida dos escombros appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Cachorra escondeu seus 9 filhotinhos em uma vala para protegê-los de seu dono cruel

Por CONTI outra — 22 de Fevereiro de 2022, 00:22

Essa é uma história que diz muito sobre como os animais podem às vezes demonstrar mais compaixão do que os seres-humanos, mesmo que muitos acreditem que eles não tem sentimentos. Uma cachorra chamada Nana escondeu seus nove filhotes em uma vala para que eles ficassem à salvo de maus tratos.

Tudo começou quando um homem fez um post em seu perfil no Facebook, dizendo o seguinte: “Estou dando um cachorra, mistura de boxer com o pitbull, e seus filhotes… Quem os quer?”.

A cachorra, passava dia e noite acorrentada no quintal da casa do homem que deveria lhe oferecer cuidado e amor, então assim que ele disse no Facebook que pretendia doar a cachorra e os filhotes, os vizinhos dele imediatamente se mobilizaram. Eles não podiam permitir que uma mãe não tivesse as condições necessárias para sobreviver. E sabiam que, devido ao coração de pedra de seu dono, os bebês provavelmente naõ sobreviveriam por muito tempo.

A cachorra Nana tem 4 anos e passou três longos anos aacorrentada no quintal de sua casa na Carolina do Norte (EUA). Ela deu à luz três vezes e as duas primeiras ninhadas de filhotes não sobreviveram devido às tristes condições que eram oferecidas à mãe.

Como que por um milagre, em sua terceira ninhada, todos os seus filhos sobreviveram e seu dono queria se livrar de todos. Mas, conhecendo o perigo que seus filhotes corriam nas mãos de seu impiedoso dono, a cachorra fez algo que surpreendeu os vizinhos: Ela escondeu todos os seus filhos em uma vala enquanto esperava por um milagre maior ainda.

Os vizinhos denunciaram a triste situação de Nana para uma organização de resgate de animais chamada Fithful Friends Animal Sanctuary (FFAS). A organização por sua vez contatou o Sr. Bones & Co para obter a ajuda urgente que a cadela precisava.

“Eles nos enviaram fotos das condições em que viviam e do estado em que estavam. Acreditamos que ela escondeu os filhotes para mantê-los seguros. Isso partiu meu coração”, disse Elli Frank, fundadora da Mr. Bones & Co.

A FFAS decidiu cuidar de todos os filhotes e de sua mãe até o final do período de lactação. E eles poderiam ser transferidos para Nova York.

Os cachorrinhos adoráveis ​​que realmente são um milagre foram batizados com nomes de personagens de Peter Pan: Peter Pan, Tinker Bell, Tiger Lily, Wendy, John, Michael, Cubby, Liza e Jane.

Os voluntários da FFAS puderam ver o profundo amor de Nana por seus filhos. E como em todos os momentos ela não deixava seu lado para dar a eles todo o amor que eles mereciam. Foi incrível ver como, apesar de ter sofrido tanto em sua vida, ela se agarrava a seus filhos como se fosse a última coisa que lhe restava.

Nana e seus filhotinhos foram finalmente levados para a sede de Mr Bones & Co, em Nova York. A cachorra estava tão exausta depois da viagem que se aconchegou com confiança nas pernas de um dos voluntários.

Por fim, ela parecia ter conhecido o lado bom da humanidade, onde estaria salva.

“Ela aprendeu a confiar em nós durante as nossas visitas. E nos permitiu dar seus bebês para os lares temporários que gentilmente cuidaram deles até encontrarem lares permanentes. Ela sabia que tinha feito a sua parte e finalmente conseguira salvar seus bebês e garantir que eles sobrevivessem “, disse Frank.

A corajosa mãe finalmente conseguiu respirar em paz. Embora soubesse que não podia estar ao lado deles, algo lhe dizia que eles ficariam bem e felizes em novos lares depois que ela fez de tudo para salvá-los.

***
Redação Conti Outra, com informações de Histórias com Valor.
Fotos: Reprodução.

The post Cachorra escondeu seus 9 filhotinhos em uma vala para protegê-los de seu dono cruel appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Gatinho ajuda bombeiros a encontrarem sua família desaparecida em Petrópolis

Por CONTI outra — 18 de Fevereiro de 2022, 21:49

Fabiana Borsari, uma empresária de 40 anos é uma das vítimas da tragédia causada pelas chuvas em Petrópolis, mas ainda não foi encontrada. Os corpos de seu marido Gustavo Coutinho, 47, e de seu filho Bernardo Coutinho, 11, já foram localizados. Já sua filha, Gabriela Coutinho, de 15 anos, ficou gravemente ferida e segue internada na UTI do Hospital SMH, no Valparaíso.

Fabiana Borsari, de 40 anos, ainda está desaparecida após casa ser atingida por deslizamento em Petrópolis. Foto: Arquivo Pessoal

O corpo de bombeiros e voluntários continuam nas buscas pela família, no bairro Barão das Águas Claras. A operação começou na quarta-feira (16) e segundo Gisele de Melo Oliveira, a prima de Fabiana, um dos corpos foi encontrado com a ajuda do gato da família.

A filha mais velha, Gabriela, estava com parte da cabeça para fora da terra e conseguiu gritar por socorro. A jovem foi levada ao hospital com perfurações em todo o corpo, incluindo pulmões, de acordo com a prima.

Família de Fabiana. Foto: Arquivo pessoal

Horas se passaram nos trabalhos de buscas, que tinham ajuda dos parentes das vítimas. Em um certo momento, o gatinho da família que também estava presente, farejou um determinado ponto dos escombros.

Os bombeiros decidiram examinar o local e assim encontraram o corpo de Gustavo, que não resistiu à tragédia. Além dele, os bombeiros encontraram o corpo de Bernardo, também sem vida. Pai e filho foram enterrados nesta quinta-feira (17).

Gato da família farejou escombros e indicou local do corpo de empresário em Petrópolis — Foto: Arquivo pessoal

Os parentes, agora, têm esperança de encontrar o corpo de Fabiana, que segue desaparecido. Desde a descoberta dos corpos de Gustavo e Bernardo, os agentes não voltaram mais ao local.

Nesta sexta-feira, o número de mortos na tragédia de Petrópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro, chegou a 122. As Forças Armadas foram acionadas para ajudar nas buscas e na reconstrução da cidade.

Com informações de Yahoo e G1

The post Gatinho ajuda bombeiros a encontrarem sua família desaparecida em Petrópolis appeared first on CONTI outra.

✇ CONTI outra

Gatinho cego encanta a web com seus magnéticos olhos de ‘lua cósmica’

Por CONTI outra — 17 de Fevereiro de 2022, 00:06

Um gatinho chamado “Pico” se tornou celebridade nas redes sociais nos últimos dias devido a uma característica que o faz parecer ter vindo de outro mundo: ele tem um hipnotizante “olhar cósmico”.

O felino de 9 anos tem glaucoma bilateral, o que fez com que seus olhos verdes se tornassem duas esferas nubladas que se parecem com bolas de cristal.

Uma das tutoras de Pico é a canadense Monica, de 17 anos. Ela contou que há cerca de cinco anos o animal foi diagnosticado com a doença, que leva à cegueira. Monica e sua família o adotaram depois que o bichinho foi atropelado por um carro e passou três dias em coma.

Apesar da cegueira, Pico é um gato saudáve, segundo Monica. “Ele é muito exigente com a comida. Não pode ser nenhum tipo de sabor de carne, tem que ser atum ou peixe”, disse a jovem.

O gatinho também “adora atenção”. “Se ninguém estiver lá, ele vai chorar, então eu sempre faço carinho nele e dou carinhos para que ele fique feliz. Ele é o gato mais amoroso que existe e me segue em todos os lugares que vou na casa”, acrescentou.

Mesmo que a condição ocular de Pico implique em cuidados extras de seus tutores, incluindo colírios diários, Mônica conta que ver o mundo através de seus olhos opalescentes vale a pena. “É fofo e eu o amo tanto que nunca o substituiria!”

***
Redação Conti Outra, com informações de Isto É
Fotos: Reprodução/Redes sociais.

The post Gatinho cego encanta a web com seus magnéticos olhos de ‘lua cósmica’ appeared first on CONTI outra.

❌